Convidados Confirmados

CURSO PRÉ-CONGRESSO

JUAREZ QUARESMA

UFPA/UEPA
BRASIL

CARMELITA RIBEIRO FILHA CORIOLANO

Ministério da Saúde
BRASIL

JUREMA GUERRIERI BRANDÃO

BRASIL

CIRO MARTINS GOMES

UnB, Ministério da Saúde
BRASIL

ALEXANDRE CASIMIRO DE MACEDO

Ministério da Saúde
BRASIL

RICARDO JOSÉ DE PAULA SOUZA E GUIMARÃES

IEC
BRASIL

ALINE CARRALAS QUEIROZ DE LEÃO

EMILIO RIBAS
BRASIL

JOSÉ VALDEZ RAMALHO MADRUGA

CRT-DST/AIDS SÃO PAULO
BRASIL

PATRÍCIA RADY

CRT DST AIDS
BRASIL

ALVARO FURTADO COSTA

FMUSP/HC E CRT/PESQUISA
BRASIL

DANIELA VINHAS BERTOLINI

CRT DST/AIDS SÃO PAULO
BRASIL

DANIELE BARBOSA DE ALMEIDA MEDEIROS

BRASIL

CONSUELO SILVA DE OLIVEIRA

INSTITUTO EVANDRO CHAGAS
BRASIL

FLÁVIA BRAVO SANTOS NASCENTES DA SILVA

SBIm
BRASIL

RENATO KFOURI

BRASIL

SOLANGE DOURADO DE ANDRADE

FMT-HVD
BRASIL

JUAREZ CUNHA

SBIm
BRASIL

MÔNICA LEVI

SBIm
BRASIL

ISABELLA BALLALAI

SBIM
BRASIL

ROSALYND MOREIRA

PEDRO PEREIRA DE OLIVEIRA PARDAL

BRASIL

FLÁVIO APARECIDO TERASSINI

São Lucas
BRASIL

CARLOS ROBERTO DE MEDEIROS

INSTITUTO BUTANTAN
BRASIL

AROLDO ARRAES

JOHNE SOUZA COELHO

UFPA
BRASIL

FRANCISCO OSCAR DE SIQUEIRA FRANÇA

FAC. MEDICINA USP
BRASIL

FLÁVIO SANTOS DOURADO

Ministério da Saúde
BRASIL

JORGE LUIZ DA ROCHA

FIOCRUZ
BRASIL

GISELA UNIS

H San Partenon SES/RS
BRASIL

ANDREA MACIEL DE OLIVEIRA ROSSONI

UFPR
BRASIL

BETINA MENDEZ ALCANTARA GABARDO

CHC - UFPR
BRASIL

MAURO NISKIER SANCHEZ

Universidade de Brasília
BRASIL

ROBERTA MOREIRA WICHMANN

BRASIL

FERNANDO AUGUSTO DIAS E SANCHES

UFRJ
BRASIL

MÔNICA KRAMER DE NORONHA ANDRADE

UFRJ- ENSP/FIOCRUZ
BRASIL

FERNANDA DOCKHORN COSTA

CGDR/DCCI/SVS/MS
BRASIL

DANIELE GOMES DELL' ORTI

BRASIL

FARLEY LILIANA ROMERO VEGA

CGDR/DCCI/SVS/MS
COLOMBIA

ANA YECÊ DAS NEVES PINTO

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

DILMA DO SOCORRO MORAES DE SOUZA

UFPA
BRASIL

VERA DA COSTA VALENTE

BRASIL

ROSÂNGELA MARIA DA SILVA RIBEIRO

BRASIL

JOAQUIM PINTO NUNES NETO

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

BERNARDO PORTO MAIA

MARCELO SIMÃO FERREIRA

UFU
BRASIL

JOSÉ ANGELO LAULETTA LINDOSO

FMUSP e IIER
BRASIL

JOSE ERNESTO VIDAL

PERU

RAIMUNDA DO SOCORRO SILVA AZEVEDO

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

LIVIA CARICIO MARTINS

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

SYLVIA LEMOS

AMANDA NAZARETH LARA

HC- FM USP
BRASIL

KARINA TAKESAKI MIYAJI

ANA PAULA ROCHA VEIGA

IIEmilio Ribas
BRASIL

TÂNIA DO SOCORRO DE SOUZA CHAVES

IEC/SVS/MS- UFPA
BRASIL

MARIA CLEONICE AGUIAR JUSTINO

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

FERNANDO TOBIAS SILVEIRA

BRASIL

SEBASTIÃO ALDO VALENTE

BRASIL

JUAREZ QUARESMA

Medico Patologista, Doutor em Patologia, Livre-Docente pelo Departamento de Patologia da USP, Professor Titular da Universidade do Estado do Pará e Professor Associado IV da Universidade Federal do Pará.

CARMELITA RIBEIRO FILHA CORIOLANO

Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade Católica de Petrópolis (1989). Atualmente é Coordenadora Geral de Doenças em Eliminação, do Departamento de Vigilância das Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis da Secretaria de Vigilância em Saúde - Ministério da Saúde/CGDE/DCCI/SVS/MS. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: Epidemiologia, tracoma, hanseníase, reações hansênicas, prevenção e reabilitação de incapacidade física e grupos de autocuidado. Tem experiência em gestão pública com atuação em planejamento, monitoramento e avaliação de programas e projetos.

JUREMA GUERRIERI BRANDÃO

CIRO MARTINS GOMES

Professor Efetivo de Dermatologia da Universidade de Brasília, UnB; Consultor Técnico da Coordenação Geral de Vigilância das Doenças em Eliminação do Ministério da Saúde (CGDE/DCCI/SVS/ MS)

ALEXANDRE CASIMIRO DE MACEDO

O palestrante possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Ceará (2010), Aprimoramento Profissional em Análises Clínicas / Laboratório de Saúde Pública pelo Instituto Lauro de Souza Lima (2013) e Doutorado em Biotecnologia pela Rede Nordeste de Biotecnologia (2019). Dentre as atividades desenvolvidas durante o curso superior, destacam-se a atuação na área da Farmácia Hospitalar e a atuação nas atividades de pesquisa, ensino e extensão na Hanseníase. Durante o Programa de Aprimoramento Profissional da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo participou de cursos técnicos em hanseníase e atuou nos laboratórios de Imunologia, Imunogenética, Microbiologia, Hanseníase Experimental, Análises Clínicas, Micologia e Anatomia Patológica do Instituto Lauro de Souza Lima tendo sido bolsista da Fundação de Desenvolvimento Administrativo. Atualmente é Farmacêutico Consultor Técnico na Coordenação Geral de Vigilância das Doenças em Eliminação (CGDE) do Departamento de Vigilância das Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (CGDE/DCCI/SVS/MS).

RICARDO JOSÉ DE PAULA SOUZA E GUIMARÃES

Graduação em Ciências Biológicas pela UNITAU, mestrado em Sensoriamento Remoto pelo INPE e doutorado em Biomedicina pelo IEPSC-BH. Atualmente é Tecnologista Pleno 2 e Responsável pelo Laboratório de Geoprocessamento do IEC; Professor Permanente do PPGEVS/IEC e Professor Colaborador do Programa de PPGA/IFRO.Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geotecnologias, SERE, SIG, etc.

ALINE CARRALAS QUEIROZ DE LEÃO

Médica pela Universidade do Estado do Pará. Infectologista pelo Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Mestra e Doutoranda em Ciências, pelo programa de Doenças Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da USP. Supervisora de equipe médica do Ambulatório do Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Médica sub-investigadora de estudos clínicos da Casa da Pesquisa - CRT DST/AIDS SP

JOSÉ VALDEZ RAMALHO MADRUGA

Mestre em Infectologia pela UNIFESP Diretor e Pesquisador da Casa da Pesquisa do CRT-DST/AIDS - São Paulo Coordenador do Comitê de AIDS da SBI

PATRÍCIA RADY

Médica formada pela PUC Sorocaba Médica Clínica geral e Infectologista Mestre em Ciências pela UNIFESP Médica Pesquisadora da Casa da Pesquisa do CRT-AIDS-SP Membro da SBI (sociedade brasileira de Infectologia) e da IAS (international Aids society) Estágio de Prep sob demanda em Paris 2018

ALVARO FURTADO COSTA

- Médico pela Universidade do Estado de São Paulo, Faculdade de Medicina (USP) - Infectologista pela Universidade do Estado de São Paulo - Médico Infectologista do Hospital das Clínicas da Universidade do Estado de São Paulo - Médico do Centro de Referência e Treinamento DST/Aids – SP - Médico subinvestigador da Unidade de Casa da Pesquisa do CRT /AIDS

DANIELA VINHAS BERTOLINI

Pediatra e Infectopediatra, Doutora em Ciências, pelo Programa de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (Instituto da Criança - Hospital das Clinicas da USP), Coordenadora Técnica da Equipe da Pediatria do Centro de Referência em DST/Aids do Programa Estadual de São Paulo, Médica Infectopediatra do Programa Municipal de IST/Aids de São Paulo.

DANIELE BARBOSA DE ALMEIDA MEDEIROS

CONSUELO SILVA DE OLIVEIRA

PEDIATRA MESTRE EM DOENÇAS TROPICAIS - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARA PESQUISADORA CLINICA DA SEÇÃO DE ARBOVIROLOGIA E FEBRES HEMORRÁGICAS DOCENTE DO CURSO MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE ESTADO DO PARA

FLÁVIA BRAVO SANTOS NASCENTES DA SILVA

Pediatra Diretora da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) Membro da comissão de Revisão de calendários e consensos da SBIm Membro dos grupos de trabalho em imunizações da SOPERJ e do CREMERJ

RENATO KFOURI

Pediatra Infectologista Diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações Presidente do Departamento de Imunizações da Sociedade Brasileira de Pediatria

SOLANGE DOURADO DE ANDRADE

Pediatra infectologista na Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado. Doutora em Doenças Infecciosas. Coordenadora do Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais do Amazonas. Representante da Sociedade Brasileira de Imunizações no Amazonas.

JUAREZ CUNHA

Pediatra e Intensivista Pedíátrico Presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações- SBIm Médico da Diretoria da Vigilância em Saúde – SMS Porto Alegre Membro dos Comitês de Cuidados Primários e Infectologia – SPRS Membro da Comissão Nacional Especializada em Vacinas - FEBRASGO

MÔNICA LEVI

Médica Pediatra Presidente da Comissão de Revisão de Calendários da SBIm Diretora da SBIm Médica responsável pelo setor de Medicina de Viagem da Clínica CEDIPI

ISABELLA BALLALAI

Pediatra Vice presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações – SBIm Membro do Grupo Consultivo da Vaccine Safety Net – OMS Presidente do GT Vacinas e Imunizações do Cremerj Membro da Comissão de Vacinas da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) Diretora médica da Vaccini

ROSALYND MOREIRA

PEDRO PEREIRA DE OLIVEIRA PARDAL

Médico formado pela Universidade Federal do Pará (1972), Especialização, Mestrado (2002) e Doutorado em Doenças Tropicais pelo Núcleo de Medicina Tropical da Universidade Federal do Pará (2014). Atualmente aposentado como professor da Universidade Federal do Pará. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Medicina Tropical, atuando principalmente nos seguintes temas: animais peçonhentos,

FLÁVIO APARECIDO TERASSINI

É biólogo, professor e pesquisador e trabalha com animais peçonhentos desde o ano de 2000. Já ministrou centenas de cursos e palestras sobre o tema. Já fez muitas expedições pela Amazônia para pesquisar e coletar estes animais peçonhentos e nunca foi picado. Já publicou 4 livros, já descobriu mais de 6 espécies novas de artrópodes e é apaixonado pela natureza e por contribuir com o aprendizado.

CARLOS ROBERTO DE MEDEIROS

Médico pela FMUSP, residência médica em Clínica Médica e em Alergia e Imunologia Clínica (HCFMUSP) e doutorado em Ciências pela FMUSP. Atualmente é pesquisador do Laboratório de Ecologia e Evolução do Instituto Butantan, médico do Núcleo de Doenças Transmitidas por Vetores e Zoonoses/COVISA da PMSP, gerente médico do CEATOX do ICr HCFMUSP e professor do Centro Universitário São Camilo.

AROLDO ARRAES

Preceptor da Residência de Cirurgia do Hospital Universitário João de Barros Barreto Especialização em Saúde publica / Fundação Oswaldo Cruz Especialização em Hansenologia / SBH Pôs graduação em Dermatologia pelo ISBRAE / DF Mestrado em Ciências Biológicas / UFPA

JOHNE SOUZA COELHO

Graduado em Biologia pela UFPA (1989), em Medicina pela UFPA (1996), especialista em Toxicologia pela UFPA (2006) e mestre em Doenças Tropicais pela UFPA (2015). Docente efetivo da UFPA desde 1990. Experiência na área de Doenças Tropicais, atuando principalmente nos seguintes temas: escorpionismo, escorpionismo na Amazônia, artrópodes peçonhentos, escorpiões e escorpiões de importância médica.

FRANCISCO OSCAR DE SIQUEIRA FRANÇA

Graduação em Medicina pela Universidade de São Paulo em 1979. Doutorado em 1997 e Livre-Docência em 2006 em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Desde 2011 é Docente e Professor Associado do Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e desde 2018 é Coordenador do Núcleo de Apoio às Atividades de Cultura e Extensão denominado Núcleo de Medicina Tropical (NUMETROP) deste Departamento, que realiza atividades de assistência, ensino e pesquisa em Santarém (Pará). Foi médico do Hospital Vital Brazil do Instituto Butantan da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, de 1984 a 2011, tendo exercido cargo de chefia e de vice-chefia. Experiência na área de Epidemiologia, Clínica, Diagnóstico e Terapêutica de Acidentes por Animais Peçonhentos e em Doenças Infecciosas e Parasitárias na Atenção Primária em Saúde. Assessor do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde do Estado de São Paulo na Área de Acidentes por Animais Peçonhentos desde 1986 até a presente data.

FLÁVIO SANTOS DOURADO

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade de Brasília (2003), especialista em Vigilância em Saúde Ambiental (2019) e mestre em Biologia Animal pela Universidade de Brasília (2006). Atualmente é consultor técnico do Programa Nacional de Controle de Acidentes por Animais Peçonhentos, do Ministério da Saúde. Tem experiência nas áreas de Proteômica, Farmacologia e Animais Peçonhentos.

JORGE LUIZ DA ROCHA

Médico Pneumologista e Tisiologista do Centro de Referência Professor Hélio Fraga/ENSP/Fiocruz e Hospital Estadual Santa Maria SES/RJ. Mestrado em Clínica Médica pela UFRJ.

GISELA UNIS

Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, mestrado e doutorado em Ciências Pneumológicas pela mesma universidade, especialização em Pneumologia Sanitária no Centro de Referência Hélio Fraga no Rio de Janeiro. Médica no Centro de Referência para Tuberculose e MNT do Hospital Sanatório Partenon, validadora de casos Tuberculose e MNT SITETB/ Ministério da Saúde e participante do Comitê de Ética da Escola de Saúde Pública /RS.

ANDREA MACIEL DE OLIVEIRA ROSSONI

Infectologista pediátrica do Hospital de Clínicas da UFPR. Doutora em infectologia pediátrica pela UFPR.

BETINA MENDEZ ALCANTARA GABARDO

Pediatra com mestrado e doutorado em medicina interna na área de tuberculose, atua na assistência no ambulatório de tuberculose na infância e adolescência do CHC - UFPR; membro do grupo de especialistas de Tuberculose na infância e Adolescência do MS; vice presidente do grupo de trabalho de Tuberculose na infância e adolescência - OPAS e membro do "Core Group" especialistas em Tuberculose na infância e adolescência da OMS; professora das Faculdade de Medicina Pequeno Príncipe em gestão da clínica em pediatria.

MAURO NISKIER SANCHEZ

Dr Mauro Sanchez possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Fluminense (1992), mestrado em Epidemiologia pela Escola Nacional de Saúde Pública - Fundação Oswaldo Cruz (1995) e doutorado em Epidemiologia - Johns Hopkins School of Hygiene and Public Health (2002). Teve experiênicia como consultor da OPAS, docente da UnB e trabalhou no Centers for Disease Control and Prevention (CDC) em Moçambique como epidemiologista e Diretor Científico. Atuou na área de pesquisa e epidemiologia do Programa Nacional de DST e Aids, na área de pesquisa do Programa Nacional de Controle da Tuberculose, atuando principalmente na área de epidemiologia da tuberculose e da co-infecção TB-HIV. Possui pós doutorado pelo CIDACS/Fiocruz e pela London School of Hygiene and Tropical Medicine. Coordena a área de epidemiologia, informação e informática da Rede TB. Atualmente é professor adjunto do Departamento de Saúde Coletiva da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Brasília, credenciado nos programas de pós-graduação em Medicina Tropical e Saúde Coletiva.

ROBERTA MOREIRA WICHMANN

Doutora em Economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com mestrado em Economia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Possui MBA em Economia e Avaliação de Tecnologias em Saúde pela Universidade de São Paulo (USP) e graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Foi professora visitante no Departamento de Saúde Coletiva da Universidade de Brasília (UnB). Foi consultora na área de avaliação de tecnologia em saúde, gestão do conhecimento e avaliação econômica no Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde. Foi coordenadora do GT de métodos e avaliadora ad hoc da Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde (REBRATS). Colaboradora e revisora da Rede para Políticas Informadas por Evidências EVIPNet Brasil. Atualmente é consultora internacional em desenvolvimento humano e social do Banco Mundial e professora do metrado em Economia do IDP. Atua também como pesquisadora colaboradora do Departamento de Saúde Pública na Universidade de Brasília (UnB) e é pós-doutoranda no Laboratório de Big Data e Análise Preditiva em Saúde do Departamento de Epidemiologia da Faculdade de Saúde Pública da USP. Integrante da rede IACOV-BR (Inteligência Artificial para Covid-19 no Brasil), que tem como objetivo desenvolver algoritmos de machine learning para o diagnóstico e prognóstico de covid-19 nas cinco regiões brasileiras. Atua principalmente nas áreas de econometria, economia da saúde, avaliações econômicas em saúde, políticas de saúde informadas por evidências, políticas públicas e políticas econômicas.

FERNANDO AUGUSTO DIAS E SANCHES

Graduado em Enfermagem pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e mestrado em Enfermagem pela mesma universidade (Inquérito tuberculínico/saúde do trabalhador). Atua no Centro de Pesquisa em Tuberculose - Programa Acadêmico de Tuberculose pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Foi coordenador/tutor da especialização de enfermagem em clínica médica modalidade residência na UERJ por cinco anos. Atualmente Preceptor do Programa de Enfermagem do Trabalho - modalidade residência UERJ. Consultor ad hoc na área de controle de infecção em tuberculose da CGDR/MS, Co-chair do Infection Prevention and Control Working Group from The International Union Against Tuberculosis and Lung Diseases (possui assento em assembléias da OMS). Coordenação da Área de Controle de Infecção da Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose e Coordenador Nacional da Rede Brasileira de Enfermagem por um Brasil livre da Tuberculose. Atuou como membro em comissões especiais de crise e processo decisório do Coronavírus dentro da UERJ, e atualmente dentro da Comissão de Crise em COVID-19 no Conselho Regional de Enfermagem Seção Rio de Janeiro. Membro da Comissão de Controle de Infecção da Policlínica Piquet Carneiro - UERJ. Recentemente participou como revisor técnico da publicação do livro "The first edition of Basic occupational safety and health for respiratory diseases: A desk guide for health facilities"

MÔNICA KRAMER DE NORONHA ANDRADE

Médica UFRJ e Pesquisadora ENSP-FIOCRUZ. Mestrado e Doutorado na Faculdade de Medicina UFRJ. Coordenação da Área de Controle de Infecção da Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose Representante do setor Academia na Secretaria Executiva da Parceria Brasileira contra a Tuberculose.

FERNANDA DOCKHORN COSTA

Graduada em medicina em pela Escola de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (2004) com residência médica em Clínica Médica pela Universidade Federal do Espírito Santo (2007). Possui mestrado em Clínica das Doenças Infecciosas pelo Núcleo de Medicina Tropical da Universidade de Brasília - UnB (2013). Trabalhou em Moçambique junto a Columbia University – NY (ICAP) na implementação do programa de HIV, prevenção de transmissão vertical e coinfecção TB-HIV nos diversos cenários do país (2007-2011). Possui experiência clínica no manejo de pacientes com HIV, coinfecção TB-HIV e tuberculose junto a um serviço de atenção especializada do Governo do Distrito Federal e experiência em saúde pública, junto ao Programa Nacional de Controle da Tuberculose nos diversos aspectos da doença, com foco na assistência, diagnóstico, tratamento e sua prevenção, principalmente tuberculose drogarresistente (TBDR) e coinfecção TB-HIV (2011-2020). Responsável por diversas publicações como autoria e colaboração, com especial destaque para a organização e autor colaborador do Manual de Recomendações para o Controle da Tuberculose do Brasil (edição 2019), autor colaborador do WHO operational handbook in tuberculosis. Module 3: Diagnosis (OMS 2020) e Organizador e autor colaborador do capítulo de tuberculose do Tratado de Infectologia, 6ª edição do Prof Roberto Focaccia (Editora Atheneu, 2020). Participou de diversos grupos de trabalho da Organização Mundial da Saúde (OMS), principalmente relacionados à TBDR, incluindo as recomendações mais recentes da OMS e faz parte da Global Laboratory initiative- GLI do StopTB Partneship/UNOPS, grupo técnico do StopTB Partneship que junto à OMS que trata de recomendações técnicas e de gestão sobre os diversos aspectos do diagnóstico da TB e da rede laboratorial. Atual coordenadora da Coordenação - Geral de Vigilância das Doenças de Transmissão Respiratória de Condições Crônicas, coordenação responsável pelas atividades de tuberculose, micoses endêmicas e micobactérias não tuberculosas do Ministério da Saúde.

DANIELE GOMES DELL' ORTI

Graduação em Enfermagem. Especialização em Gestão nas Ações de Controle da Tuberculose pela Universidade Federal de São Paulo- UNIFESP. Consultora técnica do Ministério da Saúde e membro da Rede Enf-TB.

FARLEY LILIANA ROMERO VEGA

Medica PhD em Infectologia e Medicina Tropical, Mestre em Saúde Pública, e atualmente consultora técnica da Coordenação Geral de Vigilância das Doenças de Transmissão Respiratória de Condições Crônicas/DCCI/SVS/MS.

ANA YECÊ DAS NEVES PINTO

Graduada em Medicina, Infectologista, Mestrado (UFPa.) e Doutorado em Medicina Tropical (FIOCRUZ). Pesquisadora em Saúde Pública do Instituto Evandro Chagas da Secretaria de Vigilância em Saúde/ Ministério da Saúde. Professora permanente do curso de Mestrado em Epidemiologia e Vigilância em Saúde. Coordenadora do setor de Protocolos Clínicos de Seguimento de portadores de Doença de Chagas do IEC. Coordenadora clínica do Setor de Atendimento Médico Unificado do IEC (Vigilância sindrômica febril ) do Serviço de Epidemiologia do IEC. Líder do grupo de pesquisa CNPq Doenças Negligenciadas e pesquisa Epidemiológica aplicada na Amazônia

DILMA DO SOCORRO MORAES DE SOUZA

Doutorado em Ciências pela Unifesp/EPM professora associada da Faculdade De Medicina Da Universidade Federal Do Pará Atual Presidente da SBC regional Pará -Biênio 2020/2021 Editora Chefa da Revista Brasileira de Hipertensão Arterial pesquisadora em doença de Chagas -CNPq

VERA DA COSTA VALENTE

ROSÂNGELA MARIA DA SILVA RIBEIRO

Graduada em Farmácia-Bioquímica pela Universidade Federal do Pará (UFPa), Atualmente é efetivo no Laboratório Central do Estado do Pará, onde atua como Coordenadora do Laboratório de Parasitologia, onde responde pelo Diagnóstico Sorológico e parasitológico da Doença de Chagas, Malária e Leishmanioses.

JOAQUIM PINTO NUNES NETO

Possui graduação em Biologia pela UFPA , mestrado e doutorado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários pela UFPA. É pesquisador do Instituto Evandro Chagas , Responsável Técnico do Laboratório de Entomologia Médica da Seção de Arbovirologia e Febres Hemorrágicas, professor titular Programa de Pós-Graduação de Biologia Parasitária na Amazônia da UEPA, membro da RELEVA/OPAS/OMS.

BERNARDO PORTO MAIA

MARCELO SIMÃO FERREIRA

- Professor Titular de Infectologia pela Universidade Federal de Uberlândia – MG - Ex-Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - Ex-Presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia

JOSÉ ANGELO LAULETTA LINDOSO

Professor do Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da FMUSP e Medico infectologista no Instituto de Infectologia Emilio Ribas. Consultor do Ministério da Saúde do Brasil e da Organização Panamericana da Sáude paras Leishmanioses.

JOSE ERNESTO VIDAL

- Doutor em Medicina - Médico do Serviço de Neurologia do Instituto de Infectologia Emílio Ribas - Médico do Serviço de Neurologia da Faculdade de Medicina da Universidade do Estado de São Paulo - Consultor do Ministério da Saúde do Brasil e da Organização Mundial de Saúde

RAIMUNDA DO SOCORRO SILVA AZEVEDO

Possui Doutorado em Virologia (2017) pelo Programa de Pós Graduação em Virologia (PPGV) do Instituto Evandro Chagas (IEC), Mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários (2004) pela Universidade Federal do Pará. Médica, Pesquisadora em Saúde Pública do IEC/SVS/MS, Editor Associado da Revista Pan-Amazônica de Saúde (RPAS), Professor do Programa de Pós Graduação em Epidemiologia e Vigilância Em Saúde (PPGEVS) do IEC, Membro do Comitê Interno do Programa de Iniciação Científica (PIBIC) do IEC. Desenvolveu, juntamente com a equipe do Instituto Evandro Chagas, a tese de doutoramento "Investigação sobre as Infecções Humanas por Vírus Zika" que demonstrou a associação entre a infecção pelo ZIKV e a microcefalia e outras más formações congênitas, bem como realizou a identificação do primeiro óbito associado ao ZIKV no mundo, sendo premiada (1º lugar) na 16ª EXPOEPI (2019). Tem experiência em doenças tropicais, especialmente nas Arboviroses destacando-se as de importância em Saúde Pública, como dengue, doença por Vírus Zika (ZIKV), febre do Nilo Ocidental, febre chikungunya, febre amarela, febre do Mayaro, febre por Oropouche e arboviroses neuroinvasivas.

LIVIA CARICIO MARTINS

Graduação em Farmácia Bioquímica pela Universidade Federal do Pará (2002), mestrado e doutorado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários pela Universidade Federal do Pará (2004 e 2009). Desde 2011 exerce o cargo de Pesquisadora em Saúde Pública na Seção de Arbovirologia e Febres Hemorrágicas (SAARB) do Instituto Evandro Chagas/SVS/MS.

SYLVIA LEMOS

AMANDA NAZARETH LARA

Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, Residência Médica em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela FHEMIG e Complementação Especializada em Imunizações e Medicina do Viajante pelo HC- FMUSP. Doutora em Ciências pelo Programa de Doenças Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo-FMUSP , com período sanduíche no Research Institute of McGill University (Montreal, Canadá). Atualmente é médica assistente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo no Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais – CRIE-HC desde 2012 e uma das responsáveis pelo Ambulatório dos Viajantes do HC-FMUSP.

KARINA TAKESAKI MIYAJI

ANA PAULA ROCHA VEIGA

Médica Infectologista e Coordenadora do Centro de referência de Imunobiológicos especiais (CRIE) do Instituto de Infectologia Emilio Ribas . Doutorado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo . Professora da Faculdade de Ciências Médicas de Santos - UNILUS ( responsável pelas disciplinas de imunologia e imunopatologia e de Clínica Medica - internato II e professora da disciplina de Infectologia) . Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em doenças infecciosas, imunopatologia das doenças infecciosas, imunização e medicina de viagem.

TÂNIA DO SOCORRO DE SOUZA CHAVES

Médica infectologista Pesquisadora em Saúde Pública Instituto Evandro Chagas/SVS/MS Docente da FAMED/UFPA Docente MED/CESUPA Consultora das Sociedades Científicas de Infectologia e Imunizações Presidente da Sociedade LatinoAmericana del Viajero

MARIA CLEONICE AGUIAR JUSTINO

Médica Pediatra, Mestre em Doenças Tropicais, Doutora em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas, Coordenadora do Núcleo de Pesquisa Clínica da seção de Virologia do Instituto Evandro Chagas/SVS/MS. Professora Adjunto da Universidade Federal do Pará e Unifamaz.

FERNANDO TOBIAS SILVEIRA

SEBASTIÃO ALDO VALENTE

REDE-TB

JUAREZ QUARESMA

UFPA/UEPA
BRASIL

CARMELITA RIBEIRO FILHA CORIOLANO

Ministério da Saúde
BRASIL

JUREMA GUERRIERI BRANDÃO

BRASIL

CIRO MARTINS GOMES

UnB, Ministério da Saúde
BRASIL

ALEXANDRE CASIMIRO DE MACEDO

Ministério da Saúde
BRASIL

RICARDO JOSÉ DE PAULA SOUZA E GUIMARÃES

IEC
BRASIL

ALINE CARRALAS QUEIROZ DE LEÃO

EMILIO RIBAS
BRASIL

JOSÉ VALDEZ RAMALHO MADRUGA

CRT-DST/AIDS SÃO PAULO
BRASIL

PATRÍCIA RADY

CRT DST AIDS
BRASIL

ALVARO FURTADO COSTA

FMUSP/HC E CRT/PESQUISA
BRASIL

DANIELA VINHAS BERTOLINI

CRT DST/AIDS SÃO PAULO
BRASIL

DANIELE BARBOSA DE ALMEIDA MEDEIROS

BRASIL

CONSUELO SILVA DE OLIVEIRA

INSTITUTO EVANDRO CHAGAS
BRASIL

FLÁVIA BRAVO SANTOS NASCENTES DA SILVA

SBIm
BRASIL

RENATO KFOURI

BRASIL

SOLANGE DOURADO DE ANDRADE

FMT-HVD
BRASIL

JUAREZ CUNHA

SBIm
BRASIL

MÔNICA LEVI

SBIm
BRASIL

ISABELLA BALLALAI

SBIM
BRASIL

ROSALYND MOREIRA

PEDRO PEREIRA DE OLIVEIRA PARDAL

BRASIL

FLÁVIO APARECIDO TERASSINI

São Lucas
BRASIL

CARLOS ROBERTO DE MEDEIROS

INSTITUTO BUTANTAN
BRASIL

AROLDO ARRAES

JOHNE SOUZA COELHO

UFPA
BRASIL

FRANCISCO OSCAR DE SIQUEIRA FRANÇA

FAC. MEDICINA USP
BRASIL

FLÁVIO SANTOS DOURADO

Ministério da Saúde
BRASIL

JORGE LUIZ DA ROCHA

FIOCRUZ
BRASIL

GISELA UNIS

H San Partenon SES/RS
BRASIL

ANDREA MACIEL DE OLIVEIRA ROSSONI

UFPR
BRASIL

BETINA MENDEZ ALCANTARA GABARDO

CHC - UFPR
BRASIL

MAURO NISKIER SANCHEZ

Universidade de Brasília
BRASIL

ROBERTA MOREIRA WICHMANN

BRASIL

FERNANDO AUGUSTO DIAS E SANCHES

UFRJ
BRASIL

MÔNICA KRAMER DE NORONHA ANDRADE

UFRJ- ENSP/FIOCRUZ
BRASIL

FERNANDA DOCKHORN COSTA

CGDR/DCCI/SVS/MS
BRASIL

DANIELE GOMES DELL' ORTI

BRASIL

FARLEY LILIANA ROMERO VEGA

CGDR/DCCI/SVS/MS
COLOMBIA

ANA YECÊ DAS NEVES PINTO

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

DILMA DO SOCORRO MORAES DE SOUZA

UFPA
BRASIL

VERA DA COSTA VALENTE

BRASIL

ROSÂNGELA MARIA DA SILVA RIBEIRO

BRASIL

JOAQUIM PINTO NUNES NETO

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

BERNARDO PORTO MAIA

MARCELO SIMÃO FERREIRA

UFU
BRASIL

JOSÉ ANGELO LAULETTA LINDOSO

FMUSP e IIER
BRASIL

JOSE ERNESTO VIDAL

PERU

RAIMUNDA DO SOCORRO SILVA AZEVEDO

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

LIVIA CARICIO MARTINS

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

SYLVIA LEMOS

AMANDA NAZARETH LARA

HC- FM USP
BRASIL

KARINA TAKESAKI MIYAJI

ANA PAULA ROCHA VEIGA

IIEmilio Ribas
BRASIL

TÂNIA DO SOCORRO DE SOUZA CHAVES

IEC/SVS/MS- UFPA
BRASIL

MARIA CLEONICE AGUIAR JUSTINO

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

FERNANDO TOBIAS SILVEIRA

BRASIL

SEBASTIÃO ALDO VALENTE

BRASIL

LUCIANO PAMPLONA DE GÓES CAVALCANTI

UFC
BRASIL

WANDERSON KLEBER DE OLIVEIRA

BRASIL

ETHEL LEONOR NOIA MACIEL

UFES
BRASIL

CARLA PAGLIARI

Faculdade de Medicina-USP
BRASIL

DANIELE FREITAS HENRIQUES

BRASIL

OTÁVIO SARMENTO PIERI

Instituto Oswaldo Cruz
BRASIL

FERNANDO SCHEMELZER DE MORAES BEZERRA

UFCE
BRASIL

NECI MATOS SOARES

Univ. Federal da Bahia
BRASIL

RICARDO TOSHIO FUJIWARA

UFMG
BRASIL

NAZARÉ ATHAÍDE

SESMA
BRASIL

MELISSA FALCÃO

BRASIL

MARIA APARECIDA SHIKANAI YASUDA

UNIVERSIDADE DE São Paulo
BRASIL

PAULO ROBERTO ABRÃO

EPM - UNIFESP
BRASIL

HELOISA MARCELIANO NUNES

INSTITUTO EVANDRO CHAGAS
BRASIL

JOANNA LUCIA DE ALMEIDA ALEXANDRE

INSTITUTO AGGEU MAGALHÃES
BRASIL

PALOMA HELENA FERNANDES SHIMABUKURO

FIOCRUZ
BRASIL

SINVAL PINTO BRANDÃO FILHO

BRASIL

RODRIGO LINS FRUTUOSO

OPAS/OMS
BRASIL

NÉSIO FERNANDES DE MEDEIROS JUNOR

SESA/ES
BRASIL

GREICE MADELEINE IKEDA DO CARMO

MINISTÉRIO DA SAÚDE
BRASIL

FABIANO GERALDO PIMENTA

SMSA BELO HORIZONTE
BRASIL

DENISE VILARINHO TAMBOURGI

Instituto Butantan
BRASIL

SHEILA RODRIGUES RODOVALHO

PAHO/WHO
BRASIL

MARTA SABOYA

OPS/OMS
COLOMBIA

EXPEDITO LUNA

FM-USP
BRASIL

CARLOS GRAEFF TEIXEIRA

UFES
BRASIL

CINTYA DE OLIVEIRA SOUZA

BRASIL

FEDERICO COSTA

ISC/UFBA
ARGENTINA

MARCELO DANIEL SEGALERBA BOURDETTE

UNB
BRASIL

FRANCISCO LUZIO DE PAULA RAMOS

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

THOR OLIVEIRA DANTAS

JOÃO CARLOS JAROCHINSKI SILVA

UFRR
BRASIL

PAULO CESAR PEITER

Fundação Oswaldo Cruz
BRASIL

OSVALDO DE SOUSA LEAL JÚNIOR

UFAC
BRASIL

LIVIA MEDEIROS NEVES CASSEB

Instituto Rvandro Chagas
BRASIL

LILIANE ALMEIDA CARNEIRO

BRASIL

FLÁVIO DE QUEIROZ TELLES FILHO

UFPR
BRASIL

ALESSANDRO COMARÚ PASQUALOTTO

UFCSPA
BRASIL

FRANCISCA REGINA OLIVEIRA CARNEIRO

UEPA
BRASIL

MARIA CLEONICE AGUIAR JUSTINO

BRASIL

THIAGO VASCONCELOS DOS SANTOS

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

REGINALDO PEÇANHA BRAZIL

Instituto Oswaldo Cruz
BRASIL

VANETE THOMAZ SOCCOL

UFPR
BRASIL

KLEYDSON BONFIM ANDRADE

MINISTÉRIO DA SAÚDE
BRASIL

TIEMI ARAKAWA

BRASIL

YOLANDA DE BARROS

SESA -CE
BRASIL

JULIANA VEIGA COSTA RABELO

SMSA-BELO HORIZONTE
BRASIL

PEDRO DAIBERT DE NAVARRO

SECRETARIA DE SAÚDE DE BH
BRASIL

THALES FRANCISCO MOTA CARVALHO

UFMG
BRASIL

LUANA MICHELLY APARECIDA DA COSTA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
BRASIL

DOMINGOS ALVES

FMRP -USP
BRASIL

PAULO CESAR BASTA

Fundação Oswaldo Cruz
BRASIL

PAULO VICTOR DE SOUSA VIANA

Fiocruz
BRASIL

LAURA MARIA VIDAL NOGUEIRA

UEPA
BRASIL

IDA VIKTORIA KOLTE

SRINAND SREEVATSAN

Michigan State University
INDIA

JULIO SCHARFSTEIN

IBCCF-UFRJ
BRASIL

MARIA ALMIRON

OPAS/OMS
PARAGUAI

JARBAS BARBOSA

IVO CASTELO BRANCO COELHO

BRASIL

ANGÉLICA ESPINOSA MIRANDA

Ministério da Saúde
BRASIL

MARCELO PILLONETO

PUCPR / LACENPR
BRASIL

DANIELLE MURICI BRASILIENSE

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

HIDERALDO CABEÇA

AUGUSTO CÉSAR PENALVA DE OLIVEIRA

Instituto I. Emílio Ribas
BRASIL

MARCO ANTONIO DE AVILA VITORIA

OMS
BRASIL

HELENA BRÍGIDO

Universidade Federal Pará
BRASIL

ANETE TRAJMAN

UFRJ
BRASIL

FRANK COBELENS

Amsterdam UMC
HOLANDA

JONATHAN GOLUB

ESTADOS UNIDOS DA AMERICA

JOSE ROBERTO LAPA E SILVA

UFRJ
BRASIL

ANDREA MARCHIOL

DNDi
ARGENTINA

ISRAEL MOLINA

FIOCRUZ
ESPANHA

SILVANA MARIA ELOI SANTOS

UFMG/UNIFENS/FIOCRUZMINAS
BRASIL

ALDA MARIA DA-CRUZ

IOC/FIOCRUZ e FCM/UERJ
BRASIL

MARTA DE LANA

UFOP Univ Fed. Ouro Preto
BRASIL

GLAUCIA DINIZ ALESSIO

IRR- Fiocruz Minas
BRASIL

CARLA MAGDA ALLAN SANTOS DOMINGUES

Pesquisadora independente
BRASIL

LÚCIA REGINA MONTEBELLO PEREIRA

Ministério da Saúde
BRASIL

EDICLEI LIMA DO CARMO

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

ITALMAR TEODORICO NAVARRO

UNIVERSIDADE DE LONDRINA
BRASIL

MÔNICA CRISTINA DE MORAES SILVA

Instituto Evandro Chagas/
BRASIL

FRANCISCO BORGES COSTA

UEMA
BRASIL

SEBASTIÁN MUNÕZ-LEAL

Universidad de Concepción
CHILE

ÁLVARO ADOLFO FACCINI MARTÍNEZ

UTMB
COLOMBIA

MARCOS BOULOS

USP
BRASIL

FERNANDA MARIA DA ROCHA

PASESA PASCUALA QUISPE TORREZ

Hospital Radamés Nardini
BRASIL

KARIS RODRIGUES

UFRJ/UNESA
BRASIL

MARIA CISALPINA CANTÃO DA SILVA

ALEPA
BRASIL

JESUS G VALENZUELA

JORGE AUGUSTO DE OLIVEIRA GUERRA

FMTHVD
BRASIL

MARLIANE BATISTA CAMPOS

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

CLÁUDIA MARIA DE CASTRO GOMES

UNIVERSIDADE DE SÂO PAULO
BRASIL

MÁRCIA DALASTRA LAURENTI

Universidade de São Paulo
BRASIL

FERNANDA CARVALHO DE QUEIROZ MELLO

UFRJ
BRASIL

MARIA HELENA FÉRES SAAD

Fundação Oswaldo Cruz/IOC
BRASIL

MOISÉS PALACI

IVY BASTOS RAMIS DE SOUZA

FURG
BRASIL

MIGUEL VIVEIROS

IHMT - Univ NOVA Lisboa
PORTUGAL

ANA PAULA JUNQUEIRA KIPNIS

Universidade Federal de G
BRASIL

NIKOLAI PETROVSKY

Vaxine Pty Ltd
AUSTRALIA

THEOLIS COSTA BARBOSA BESSA

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ
BRASIL

FERNANDO ROGÉRIO PAVAN

UNESP
BRASIL

KATIANY RIZZIERI CALEFFI FERRACIOLI

UEM
BRASIL

MARCUS VINICIUS NORA DE SOUZA

FIOCRUZ
BRASIL

PEDRO EDUARDO ALMEIDA SILVA

FURG
BRASIL

MARCIO V. B. DIAS

ICB-USP
BRASIL

CRISTIANA TOSCANO

Un. Federal de Goias/UFG
BRASIL

OTAVIO RANZANI

ISGlobal / USP
BRASIL

JÚLIO HENRIQUE ROSA CRODA

Fundação Oswaldo Cruz
BRASIL

LINO NEVES DA SILVEIRA

BRASIL

CARMEN SILVIA BRUNIERA DOMINGUES

MS - SVS - DCCI
BRASIL

LUIZ FÁBIO MAGNO FALCÃO

UEPA
BRASIL

HELLEN THAIS FUZII

UFPA
BRASIL

MARIA ALICE FREITAS QUEIROZ

BRASIL

LEILA SAWADA

BRASIL

JOSÉ MAURO PERALTA

UFRJ
BRASIL

MARIA FANTINATTI FERNANDES DA SILVA

Fundação Oswaldo Cruz
BRASIL

RONALDO CESAR BORGES GRYSCHEK

FMUSP
BRASIL

SILVANA CARNEVALE

MARGARETH DALCOLMO

Fiocruz
BRASIL

ELIANA VIEIRA PINTO DA SILVA

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

JANNIFER OLIVEIRA CHIANG

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

ROSÁLIA MORAIS TORRES

UFMG
BRASIL

ROBERTO MAGALHÃES SARAIVA

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ
BRASIL

ELISABETH FRANÇA

UFMG
BRASIL

LIGIA KERR

CAROLINA FAUSTO DE SOUZA COUTINHO

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS
BRASIL

ILIANO VIEIRA COUTINHO ABREU GOMES

UCSD
BRASIL

NAGILA FRANCINETE COSTA SECUNDINO

IRR - FIOCRUZ/ MINAS
BRASIL

ANTONIO JORGE TEMPONE

YARA MARIA TRAUB-CSEKO

BRASIL

LUCAS CHRISTIAN DE SOUSA-PAULA

FIOCRUZ-PE
BRASIL

MIRIA GRUNVALD

Clínica Lobo
BRASIL

JORGE KALIL

BRASIL

ISABELA NEVES DE ALMEIDA

UFOP
BRASIL

JOÃO RUBEN LUCAS MOTA PERDIGÃO

FFUL/iMed.ULisboa
PORTUGAL

DENISE GARRETT

Sabin Vaccine Institute
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA

WUELTON MARCELO MONTEIRO

BRASIL

FAN HUI WEN

Instituto Butantan
BRASIL

JAMES LEE CRANEY

Fiocruz ILMD
BRASIL

SÉRGIO LUIZ BESSA LUZ

Fiocruz Amazônia - ILMD
BRASIL

FLOR ERNESTINA MARTINEZ ESPINOSA

BRASIL

ANTÔNIO MARCOS MOTA MIRANDA

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

KLEBER GIOVANNI LUZ

UFRN
BRASIL

JOÃO CARLOS PINA SARAIVA FILHO

BRASIL

MARCELO ADRIANO DA CUNHA E SILVA VIEIRA

Instituto de Doenças Trop
BRASIL

CARLOS HENRIQUE NERY COSTA

BRASIL

ROSELY MARIA ZANCONE OLIVEIRA

Fiocruz
BRASIL

FLÁVIA JACQUELINE ALMEIDA

SANTA CASA DE SP
BRASIL

ANA CAROLINA MARCO DE LA BARRA

BRASIL

PAUL JENSEN

FAI
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA

MD, PHD

FMUSP
BRASIL

JÖRG HEUKELBACH

UFC
ALEMANHA

ALBERTO NOVAES RAMOS JÚNIOR

UFC/FAMED
BRASIL

PAOLA MARCHESINI

Ministério da Saúde
BRASIL

ELISABETH CARMEN DUARTE

Universidade de Brasília
BRASIL

MARTA HELOISA LOPES

Faculdade Medicina USP
BRASIL

ILMA PASTANA FERREIRA

UEPA
BRASIL

MARIA DE NAZARÉ ALVES DE LIMA

DEMÓCRITO MIRANDA

CELINA MARTELLI

IAM/FIOCRUZ-PE
BRASIL

VIVIAN AILT

BRASIL

MIONI THIELI FIGUEIREDO MAGALHÃES DE BRITO

UFPA
BRASIL

MARCELO HENRIQUE SANTOS PAIVA

UFPE/FIOCRUZ-PE
BRASIL

PAULO PIMENTA

GABRIELA OLIVEIRA PAIVA

ANA CRISTINA BAHIA NASCIEMNTO

UFRJ
BRASIL

RODRIGO FABIANO DO CARMO SAID

OPAS/BRASIL
BRASIL

ALESSANDRO LEONARDO ALVARES MAGALHÃES

SECRETARIA DE APARECIDA
BRASIL

FERNANDO BOZZA

Fundação Oswaldo Cruz
BRASIL

ELIANA APARECIDA MORI HONAIN

Prefeitura de Araraquara
BRASIL

ALESSANDRE DE JESUS BELTRÃO GUIMARÃES

Hospital Barros Barreto
BRASIL

ANA CRISTINA GALES

UNIFESP
BRASIL

ALEXANDRE PREHN ZAVASCKI

UFRGS
BRASIL

GABRIEL TROVA CUBA

UNIFESP
BRASIL

CHRISTOVAM BARCELLOS

Fiocruz
BRASIL

MARIA AMÉLIA LOPES DOS SANTOS

Uepa
BRASIL

CARLA ANDRÉA AVELAR PIRES

BRASIL

LAVÍNIA SCHULER-FACCINI

UFRGS
BRASIL

JULIUS CAESAR MENDES SOARES MONTEIRO

UFPA E UNIFAMAZ
BRASIL

MIRLEIDE CORDEIRO DOS SANTOS

RITA CATARINA MEDEIROS DE SOUSA

UFPA
BRASIL

RICARDO DE PAULA VASCONCELOS

HCFMUSP
BRASIL

PATRICIA KARLA SANTOS RAMOS

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

CÉLIA MARIA FERREIRA GONTIJO

BRASIL

ANA CAROLINA STOCCO DE LIMA

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

EDER DO AMARAL MONTEIRO

SESPA
BRASIL

BRUNA DANIELE LISBOA MOTA

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

BÁRBARA ARETHA CARNEIRO ALMEIDA

BRASIL

HEITOR EVANGELISTA

UERJ
BRASIL

MARLUCIA DA SILVA GARRIDO

FVS-RCP
BRASIL

ROSSANA COIMBRA

MATSIE MPHAHLELE

The Aurum Institute
REPUBLICA DA AFRICA DO SUL

MARIA LUCIA ROSSETTI

ULBRA
BRASIL

LIDA JOUCA DE ASSIS FIGUEREDO

UFMG
BRASIL

RICHARD STEINER SALVATO

UFRGS
BRASIL

PHILIP SUFFY

ERICA CHIMARA SILVA

Instituto Adolfo Lutz
BRASIL

VALDES ROBERTO BOLLELA

FMRP-USP
BRASIL

MARIA CRISTINA S. LOURENÇO

BRASIL

GUILHERME DE SOUSA RIBEIRO

FIOCRUZ E UFBA
BRASIL

MARCOS KRIGUER

SILVANA SPÍNDOLA DE MIRANDA

UFMG
BRASIL

ROBERTO DIAS DE OLIVEIRA

UEMS
BRASIL

DANIEL CRUZ CORDEIRO

CENBRAP
BRASIL

RODRIGO NOGUEIRA ANGERAMI

UNICAMP
BRASIL

DAVID BLOK

HAROLDO JOSÉ DE MATOS

CESUPA/IEC
BRASIL

VALÉRIA LIMA CARVALHO

CLAY ANDERSON NUNES CHAGAS

UEPA
BRASIL

VERA REGINA DA CUNHA MENEZES PALÁCIO

IRNA CARLA DO ROSÁRIO SOUZA CARNEIRO

UFPA e UEPA
BRASIL

GISELLE MARIA RACHID VIANA

BRASIL

DANIELA FERNANDES RAMOS

FURG
BRASIL

EDILENE OLIVEIRA DA SILVA

UFPA
BRASIL

LUCIANA DO RÊGO LIMA QUEIROZ

BRASIL

HIRO GOTO

BRASIL

VANIA LUCIA RIBEIRO DA MATTA

FMUSP
BRASIL

WILDO NAVEGANTES DE ARAUJO

Universidade de Brasília
BRASIL

PEDRO RODRIGUES CURI HALLAL

UFPel
BRASIL

ESTER SABINO

Univesidade de Sao Paulo
BRASIL

DANIELA BUOSI ROHLFS

Ministério da Saude
BRASIL

PÂMELA CRISTINA GASPAR

Ministério da Saúde
BRASIL

CLAUDIA MENDONÇA BEZERRA

SES-CE
BRASIL

JOSAFÁ GONÇALVES BARRETO

UFPA
BRASIL

RICARDO ISHAK

BRASIL

CARLOS ROBERTO BRITES ALVES

UFBA
BRASIL

JORGE CASSEB

Faculdade de Medicina-USP
BRASIL

DANIELLE FERREIRA DE MAGALHÃES SOARES

UFMG
BRASIL

NELSON DA CRUZ GOUVEIA

FMUSP
BRASIL

CLÁUDIO TADEU DANIEL-RIBEIRO

INSTITUTO OSWALDO CRUZ
BRASIL

SUIANE NEGREIROS

SECRETARIA SAUDE ACRE
BRASIL

MARCELO URBANO FERREIRA

USP
BRASIL

EDMUNDO CARLOS GRISARD

UFSC
BRASIL

ADRIANA SOUSA TAPAJÓS

SESPA
BRASIL

KELEN DA COSTA BARBOSA

SESMAB
BRASIL

PATRÍCIA RODRIGUES SANINE

CGDR/DCCI/SVS/MS
BRASIL

JOILDA SILVA NERY

ISC/UFBA
BRASIL

HELVO SLOMP JÚNIOR

UFRJ
BRASIL

ALINE VIDAL

CLEMAX SAN'ANNA

UFRJ
BRASIL

CLAUDETE APARECIDA ARAÚJO CARDOSO

UFF
BRASIL

ANNA CRISTINA CALÇADA CARVALHO

IOC - Fiocruz
BRASIL

MÁRCIA CORTEZ BELLOTTI DE OLIVEIRA

UFRJ E FTESM
BRASIL

SHEILA LUCENA

HOSPITAL MUNICIPAL
BRASIL

RICHARD CHAISSON

Johns Hopkins University
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA

MARCELO CORDEIRO

LUIZ CARLOS JUNIOR ALCANTARA

IOC/FIOCRUZ-RJ
BRASIL

FELIPE GOMES NAVECA

Fiocruz ILMD
BRASIL

CARLOS DAVID ARAUJO BICHARA

Amaral Costa Medicina Dia
BRASIL

MARIA LUIZA BAZZO

UFSC/EBSERH
BRASIL

DANIEL WAGNER DE CASTRO LIMA SANTOS

UFMA
BRASIL

RAFAELLA ALBUQUERQUE E SILVA

Ministério da Saúde
BRASIL

MARGARETE DO SOCORRO MENDONÇA GOMES

SVS/AP
BRASIL

MARTHA MUTIS

Fiocruz
COLOMBIA

IRACINA MAURA DE JESUS

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

ELIANE BRABO DE SOUSA

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

ROSIVALDO DE ALCÂNTARA MENDES

BRASIL

BRUNO SANTANA CARNEIRO

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

JULIANA CONCEIÇÃO DIAS GARCEZ

UNIFAMAZ/IEC/UEPA
BRASIL

CANDIDA MARIA ABRAHÃO DE OLIVEIRA

INSTITUTO EVANDRO CHAGAS
BRASIL

LIZOMAR DE JESUS MAUÉS PEREIRA

BRASIL

ALEX JUNIOR SOUZA DE SOUZA

FMVZ/USP
BRASIL

LUISA CARÍCIO MARTINS

MÁRCIA CRISTINA FREITAS DA SILVA

UFPA
BRASIL

GIVAGO DA SILVA SOUZA

UFPA
BRASIL

MARIA DA CONCEIÇÃO NASCIMENTO PINHEIRO

UFPA
BRASIL

MARIA HELENA NEVES LOBO SILVA FILHA

IAM-FIOCRUZ
BRASIL

FERNANDO MONTEIRO

IOC-Fiocruz
BRASIL

LUCAS TIRLONI

NIH
BRASIL

MARCUS H. F. SORGINE

PEDRO L OLIVEIRA

UFRJ
BRASIL

RAQUEL S M GODOY

Instituto René Rachou
BRASIL

ALEJANDRO LUQUETTI OSTERMAYER

Universidade Federal de G
BRASIL

ANDRÉA SILVESTRE DE SOUSA

Fiocruz
BRASIL

BEN MARAIS

RODRIGO STABELI

Fundação Oswaldo Cruz
BRASIL

CARLOS ORSI MARTINHO

Questão de Ciência
BRASIL

MARIANA B. F. VARELLA

Portal Drauzio Varella
BRASIL

CLÁUDIO LISIAS MAFRA DE SIQUEIRA

UFV
BRASIL

ANA FREITAS RIBEIRO

INSTITUTO DE INFECTOLOGIA
BRASIL

NANCY BELLEI

UNIFESP
BRASIL

MILTON OZÓRIO MORAES

CLEONICE AGUIAR

ALEXANDRE LINHARES

INSTITUTO EVANDRO CHAGAS
BRASIL

ANA RUTH ARAÚJO

MINISTÉRIO DA SAÚDE
BRASIL

LUCIANO MOREIRA

MELISSA PALMIERI

SMS SP
BRASIL

MARCO AURÉLIO PALAZZI SAFADI

Santa Casa de São Paulo
BRASIL

JOSÉ BENTO PEREIRA LIMA

AGNÉS FLEURY

UNAM
FRANÇA

ANTONIO CARLOS ROSÁRIO VALLINOTO

BRASIL

MARLUCE MATOS DE MORAES

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

VÂNIA SARMENTO

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

EMMERSON CARLOS FRANCO DE FARIAS

FSCMPA
BRASIL

MARIA ALICE V. DE MELO SANTOS

Fiocruz Pernambuco/IAM
BRASIL

JAIR FERNANDES VIRGÍNIO

BRASIL

ADEMIR MARTINS

SÉRGIO CIMERMAN

SOC.BRAS. DE INFECTOLOGIA
BRASIL

ALEXANDRE NAIME BARBOSA

Infectologia - UNESP
BRASIL

ANDRÉ KALIL

University of Nebraska
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA

HO YEH LI

HCFMUSP/ OPAS
BRASIL

ANTONIO SILVA LIMA NETO

UNIVERSIDADE DE FORTALEZA
BRASIL

SULLY DE SOUZA SAMPAIO

ILMD/ Fiocruz Amazônia
BRASIL

LOURDES MARIA GARCEZ DOS SANTOS

INSTITUTO EVANDRO CHAGAS
BRASIL

ANABEL SINCHI

ARGENTINA

LUIZ TADEU MORAES FIGUEIREDO

BRASIL

VIVIANE OLIVEIRA

Fiocruz e Ufba
BRASIL

HELDER NAKAYA

Hospital Israelita Albert
BRASIL

JOSÉ DAVID URBAEZ BRITO

Secretaria de Saúde do DF
BRASIL

ELTON CARLOS DE ALMEIDA

Ministério da Saúde
BRASIL

SIRLENE CAMINADA

CVE-CCD-SES-SP
BRASIL

GLÁUCIO MOSIMANN JÚNIOR

Instituto Couto Maia
BRASIL

FERNANDA FERNANDES

HCFMRP USP
BRASIL

ALEXANDRE SERAFIM

HOSPITAL MATERNO INFANTIL
BRASIL

EROS ANTÔNIO DE ALMEIDA

Unicamp
BRASIL

FERNANDA DE SOUZA NOGUEIRA SARDINHA MENDES

INI / FIOCRUZ
BRASIL

MAURO FELIPPE FELIX MEDIANO

FIOCRUZ
BRASIL

ANA LUCIA TELES RABELLO

Fiocruz
BRASIL

LUCIANA DE ALMEIDA SILVA TEIXEIRA

UFTM
BRASIL

FRANCISCA MIRIANE BATISTA

UFPI/CIATEN
BRASIL

JOSÉ CARLOS VELOSO PEEREIRA DA SILVA

Rede TB
BRASIL

LUCIANA PEREIRA KAMEL

BRASIL

JULIANA REICHE

CEDAPS
BRASIL

GISELLE ISRAEL

CCAP TB Brasil
BRASIL

EZIO TÁVORA DOS SANTOS FILHO

REDE-TB
BRASIL

RICARDO ALEXANDRE ARCÊNCIO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
BRASIL

MARIA RITA BERTOLOZZI

Universidade de São Paulo
BRASIL

CINTIA VIEIRA DO NASCIMENTO

UFMG
BRASIL

LAIS MARA CAETANO DA SILVA CORCINI

UFSM
BRASIL

NISHIKIORI NOBUYUKI

WHO
JAPÃO

INÊS GARCIA BAENA

World Health Organization
ESPANHA

TYCHA BIANCA SABAINI PAVAN

BRASIL

ANTÔNIO RUFFINO NETTO

FMRP-USP
BRASIL

REGINA FIORATI

Universidade de São Paulo
BRASIL

EDISON CARLOS

Instituto Trata Brasil
BRASIL

ELISEU ALVES WALDEMAN

Fac de Saúde Pública/USP
BRASIL

MARIA DO PERPETUO SOCORRO COSTA CORREA

Sociedade Brasileira de I
BRASIL

MAIKO LUIS TONINI

BRASIL

GIOVANNI BATTISTA MIGLIORI

WHO Collaborating Centre
ITALIA

MARCIA CASTRO

Harvard University
BRASIL

RICARDO XIMENES

ISIS DE OLIVEIRA FIDELLES COSTA

BRASIL

DICKSON CIRO NASCIMENTO DE BRITO

BRASIL

ELAINNE CHRISTINE DE SOUZA GOMES

IAM/ Fiocruz
BRASIL

EMÍLIA CAROLLE AZEVEDO DE OLIVEIRA

IAM/FIOCRUZ-PE
BRASIL

EDSON ABDALA

BRASIL

GUILHERME SANTORO LOPES

BRASIL

RAQUEL SILVEIRA BELLO STUCCHI

FCM UNICAMP
BRASIL

WORNEI SILVA MIRANDA BRAGA

FMT-HVD
BRASIL

ALCEU DOS SANTOS SILVA KARIPUNA

UNIFAP / PROJETO AKARI
BRASIL

ANA MARIA R. DA S. VENTURA

INSTITUTO EVANDRO CHAGAS
BRASIL

LUCIANO ANDRADE MOREIRA

Fiocruz-MG
BRASIL

MARIA DE LOURDES VIUDE

SES-SP
BRASIL

PATRICIA BARTHOLOMAY OLIVEIRA

Ministério da Saúde
BRASIL

HAIANA SCHINDLER

MARÍLIA BRASIL XAVIER

NMT/UFPA
BRASIL

LUANA NEPOMUCENO GONDIM COSTA LIMA

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

AMIRALDO DA SILVA PINHEIRO

SES-PA
BRASIL

TACIANA FERNANDES SOUZA BARBOSA COELHO

Instituto Evandro Chagas
BRASIL

FELICIDADE MOTA PEREIRA

LACEN/BA
BRASIL

FELIPE CAMPOS DE MELO IANI

FUNDAÇÃO EZEQUIEL DIAS
BRASIL

MARTA GIOVANETTI

Oswaldo Cruz Foundation
ITALIA

PRISCILA ROSALBA DOMINGOS DE OLIVEIRA

IOTHCFMUSP
BRASIL

ALBERTO CHEBABO

HUCFF/UFRJ
BRASIL

JOÃO RENATO REBELLO PINHO

HIAE/FMUSP
BRASIL

RENATA CRISTINA MESSORES RUDOLF

UFSC
BRASIL

KAREN MIRNA LORO MOREJON

HCFMRP-USP
BRASIL

CONSTÂNCIA FLÁVIA JUNQUEIRA AYRES LOPES

FIOCRUZ
BRASIL

JEFFREY POWELL

Yale University
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA

FERNANDO GENTA

Fiocruz
BRASIL

RAFAEL MACIEL DE FREITAS

FIOCRUZ-RJ
BRASIL

MARIA JESÚS PINAZO

ISGlobal-Hospital Clínic
ESPANHA

JUAREZ QUARESMA

Medico Patologista, Doutor em Patologia, Livre-Docente pelo Departamento de Patologia da USP, Professor Titular da Universidade do Estado do Pará e Professor Associado IV da Universidade Federal do Pará.

CARMELITA RIBEIRO FILHA CORIOLANO

Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade Católica de Petrópolis (1989). Atualmente é Coordenadora Geral de Doenças em Eliminação, do Departamento de Vigilância das Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis da Secretaria de Vigilância em Saúde - Ministério da Saúde/CGDE/DCCI/SVS/MS. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: Epidemiologia, tracoma, hanseníase, reações hansênicas, prevenção e reabilitação de incapacidade física e grupos de autocuidado. Tem experiência em gestão pública com atuação em planejamento, monitoramento e avaliação de programas e projetos.

JUREMA GUERRIERI BRANDÃO

CIRO MARTINS GOMES

Professor Efetivo de Dermatologia da Universidade de Brasília, UnB; Consultor Técnico da Coordenação Geral de Vigilância das Doenças em Eliminação do Ministério da Saúde (CGDE/DCCI/SVS/ MS)

ALEXANDRE CASIMIRO DE MACEDO

O palestrante possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Ceará (2010), Aprimoramento Profissional em Análises Clínicas / Laboratório de Saúde Pública pelo Instituto Lauro de Souza Lima (2013) e Doutorado em Biotecnologia pela Rede Nordeste de Biotecnologia (2019). Dentre as atividades desenvolvidas durante o curso superior, destacam-se a atuação na área da Farmácia Hospitalar e a atuação nas atividades de pesquisa, ensino e extensão na Hanseníase. Durante o Programa de Aprimoramento Profissional da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo participou de cursos técnicos em hanseníase e atuou nos laboratórios de Imunologia, Imunogenética, Microbiologia, Hanseníase Experimental, Análises Clínicas, Micologia e Anatomia Patológica do Instituto Lauro de Souza Lima tendo sido bolsista da Fundação de Desenvolvimento Administrativo. Atualmente é Farmacêutico Consultor Técnico na Coordenação Geral de Vigilância das Doenças em Eliminação (CGDE) do Departamento de Vigilância das Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (CGDE/DCCI/SVS/MS).

RICARDO JOSÉ DE PAULA SOUZA E GUIMARÃES

Graduação em Ciências Biológicas pela UNITAU, mestrado em Sensoriamento Remoto pelo INPE e doutorado em Biomedicina pelo IEPSC-BH. Atualmente é Tecnologista Pleno 2 e Responsável pelo Laboratório de Geoprocessamento do IEC; Professor Permanente do PPGEVS/IEC e Professor Colaborador do Programa de PPGA/IFRO.Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geotecnologias, SERE, SIG, etc.

ALINE CARRALAS QUEIROZ DE LEÃO

Médica pela Universidade do Estado do Pará. Infectologista pelo Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Mestra e Doutoranda em Ciências, pelo programa de Doenças Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da USP. Supervisora de equipe médica do Ambulatório do Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Médica sub-investigadora de estudos clínicos da Casa da Pesquisa - CRT DST/AIDS SP

JOSÉ VALDEZ RAMALHO MADRUGA

Mestre em Infectologia pela UNIFESP Diretor e Pesquisador da Casa da Pesquisa do CRT-DST/AIDS - São Paulo Coordenador do Comitê de AIDS da SBI

PATRÍCIA RADY

Médica formada pela PUC Sorocaba Médica Clínica geral e Infectologista Mestre em Ciências pela UNIFESP Médica Pesquisadora da Casa da Pesquisa do CRT-AIDS-SP Membro da SBI (sociedade brasileira de Infectologia) e da IAS (international Aids society) Estágio de Prep sob demanda em Paris 2018

ALVARO FURTADO COSTA

- Médico pela Universidade do Estado de São Paulo, Faculdade de Medicina (USP) - Infectologista pela Universidade do Estado de São Paulo - Médico Infectologista do Hospital das Clínicas da Universidade do Estado de São Paulo - Médico do Centro de Referência e Treinamento DST/Aids – SP - Médico subinvestigador da Unidade de Casa da Pesquisa do CRT /AIDS

DANIELA VINHAS BERTOLINI

Pediatra e Infectopediatra, Doutora em Ciências, pelo Programa de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (Instituto da Criança - Hospital das Clinicas da USP), Coordenadora Técnica da Equipe da Pediatria do Centro de Referência em DST/Aids do Programa Estadual de São Paulo, Médica Infectopediatra do Programa Municipal de IST/Aids de São Paulo.

DANIELE BARBOSA DE ALMEIDA MEDEIROS

CONSUELO SILVA DE OLIVEIRA

PEDIATRA MESTRE EM DOENÇAS TROPICAIS - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARA PESQUISADORA CLINICA DA SEÇÃO DE ARBOVIROLOGIA E FEBRES HEMORRÁGICAS DOCENTE DO CURSO MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE ESTADO DO PARA

FLÁVIA BRAVO SANTOS NASCENTES DA SILVA

Pediatra Diretora da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) Membro da comissão de Revisão de calendários e consensos da SBIm Membro dos grupos de trabalho em imunizações da SOPERJ e do CREMERJ

RENATO KFOURI

Pediatra Infectologista Diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações Presidente do Departamento de Imunizações da Sociedade Brasileira de Pediatria

SOLANGE DOURADO DE ANDRADE

Pediatra infectologista na Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado. Doutora em Doenças Infecciosas. Coordenadora do Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais do Amazonas. Representante da Sociedade Brasileira de Imunizações no Amazonas.

JUAREZ CUNHA

Pediatra e Intensivista Pedíátrico Presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações- SBIm Médico da Diretoria da Vigilância em Saúde – SMS Porto Alegre Membro dos Comitês de Cuidados Primários e Infectologia – SPRS Membro da Comissão Nacional Especializada em Vacinas - FEBRASGO

MÔNICA LEVI

Médica Pediatra Presidente da Comissão de Revisão de Calendários da SBIm Diretora da SBIm Médica responsável pelo setor de Medicina de Viagem da Clínica CEDIPI

ISABELLA BALLALAI

Pediatra Vice presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações – SBIm Membro do Grupo Consultivo da Vaccine Safety Net – OMS Presidente do GT Vacinas e Imunizações do Cremerj Membro da Comissão de Vacinas da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) Diretora médica da Vaccini

ROSALYND MOREIRA

PEDRO PEREIRA DE OLIVEIRA PARDAL

Médico formado pela Universidade Federal do Pará (1972), Especialização, Mestrado (2002) e Doutorado em Doenças Tropicais pelo Núcleo de Medicina Tropical da Universidade Federal do Pará (2014). Atualmente aposentado como professor da Universidade Federal do Pará. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Medicina Tropical, atuando principalmente nos seguintes temas: animais peçonhentos,

FLÁVIO APARECIDO TERASSINI

É biólogo, professor e pesquisador e trabalha com animais peçonhentos desde o ano de 2000. Já ministrou centenas de cursos e palestras sobre o tema. Já fez muitas expedições pela Amazônia para pesquisar e coletar estes animais peçonhentos e nunca foi picado. Já publicou 4 livros, já descobriu mais de 6 espécies novas de artrópodes e é apaixonado pela natureza e por contribuir com o aprendizado.

CARLOS ROBERTO DE MEDEIROS

Médico pela FMUSP, residência médica em Clínica Médica e em Alergia e Imunologia Clínica (HCFMUSP) e doutorado em Ciências pela FMUSP. Atualmente é pesquisador do Laboratório de Ecologia e Evolução do Instituto Butantan, médico do Núcleo de Doenças Transmitidas por Vetores e Zoonoses/COVISA da PMSP, gerente médico do CEATOX do ICr HCFMUSP e professor do Centro Universitário São Camilo.

AROLDO ARRAES

Preceptor da Residência de Cirurgia do Hospital Universitário João de Barros Barreto Especialização em Saúde publica / Fundação Oswaldo Cruz Especialização em Hansenologia / SBH Pôs graduação em Dermatologia pelo ISBRAE / DF Mestrado em Ciências Biológicas / UFPA

JOHNE SOUZA COELHO

Graduado em Biologia pela UFPA (1989), em Medicina pela UFPA (1996), especialista em Toxicologia pela UFPA (2006) e mestre em Doenças Tropicais pela UFPA (2015). Docente efetivo da UFPA desde 1990. Experiência na área de Doenças Tropicais, atuando principalmente nos seguintes temas: escorpionismo, escorpionismo na Amazônia, artrópodes peçonhentos, escorpiões e escorpiões de importância médica.

FRANCISCO OSCAR DE SIQUEIRA FRANÇA

Graduação em Medicina pela Universidade de São Paulo em 1979. Doutorado em 1997 e Livre-Docência em 2006 em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Desde 2011 é Docente e Professor Associado do Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e desde 2018 é Coordenador do Núcleo de Apoio às Atividades de Cultura e Extensão denominado Núcleo de Medicina Tropical (NUMETROP) deste Departamento, que realiza atividades de assistência, ensino e pesquisa em Santarém (Pará). Foi médico do Hospital Vital Brazil do Instituto Butantan da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, de 1984 a 2011, tendo exercido cargo de chefia e de vice-chefia. Experiência na área de Epidemiologia, Clínica, Diagnóstico e Terapêutica de Acidentes por Animais Peçonhentos e em Doenças Infecciosas e Parasitárias na Atenção Primária em Saúde. Assessor do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde do Estado de São Paulo na Área de Acidentes por Animais Peçonhentos desde 1986 até a presente data.

FLÁVIO SANTOS DOURADO

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade de Brasília (2003), especialista em Vigilância em Saúde Ambiental (2019) e mestre em Biologia Animal pela Universidade de Brasília (2006). Atualmente é consultor técnico do Programa Nacional de Controle de Acidentes por Animais Peçonhentos, do Ministério da Saúde. Tem experiência nas áreas de Proteômica, Farmacologia e Animais Peçonhentos.

JORGE LUIZ DA ROCHA

Médico Pneumologista e Tisiologista do Centro de Referência Professor Hélio Fraga/ENSP/Fiocruz e Hospital Estadual Santa Maria SES/RJ. Mestrado em Clínica Médica pela UFRJ.

GISELA UNIS

Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, mestrado e doutorado em Ciências Pneumológicas pela mesma universidade, especialização em Pneumologia Sanitária no Centro de Referência Hélio Fraga no Rio de Janeiro. Médica no Centro de Referência para Tuberculose e MNT do Hospital Sanatório Partenon, validadora de casos Tuberculose e MNT SITETB/ Ministério da Saúde e participante do Comitê de Ética da Escola de Saúde Pública /RS.

ANDREA MACIEL DE OLIVEIRA ROSSONI

Infectologista pediátrica do Hospital de Clínicas da UFPR. Doutora em infectologia pediátrica pela UFPR.

BETINA MENDEZ ALCANTARA GABARDO

Pediatra com mestrado e doutorado em medicina interna na área de tuberculose, atua na assistência no ambulatório de tuberculose na infância e adolescência do CHC - UFPR; membro do grupo de especialistas de Tuberculose na infância e Adolescência do MS; vice presidente do grupo de trabalho de Tuberculose na infância e adolescência - OPAS e membro do "Core Group" especialistas em Tuberculose na infância e adolescência da OMS; professora das Faculdade de Medicina Pequeno Príncipe em gestão da clínica em pediatria.

MAURO NISKIER SANCHEZ

Dr Mauro Sanchez possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Fluminense (1992), mestrado em Epidemiologia pela Escola Nacional de Saúde Pública - Fundação Oswaldo Cruz (1995) e doutorado em Epidemiologia - Johns Hopkins School of Hygiene and Public Health (2002). Teve experiênicia como consultor da OPAS, docente da UnB e trabalhou no Centers for Disease Control and Prevention (CDC) em Moçambique como epidemiologista e Diretor Científico. Atuou na área de pesquisa e epidemiologia do Programa Nacional de DST e Aids, na área de pesquisa do Programa Nacional de Controle da Tuberculose, atuando principalmente na área de epidemiologia da tuberculose e da co-infecção TB-HIV. Possui pós doutorado pelo CIDACS/Fiocruz e pela London School of Hygiene and Tropical Medicine. Coordena a área de epidemiologia, informação e informática da Rede TB. Atualmente é professor adjunto do Departamento de Saúde Coletiva da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Brasília, credenciado nos programas de pós-graduação em Medicina Tropical e Saúde Coletiva.

ROBERTA MOREIRA WICHMANN

Doutora em Economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com mestrado em Economia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Possui MBA em Economia e Avaliação de Tecnologias em Saúde pela Universidade de São Paulo (USP) e graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Foi professora visitante no Departamento de Saúde Coletiva da Universidade de Brasília (UnB). Foi consultora na área de avaliação de tecnologia em saúde, gestão do conhecimento e avaliação econômica no Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde. Foi coordenadora do GT de métodos e avaliadora ad hoc da Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde (REBRATS). Colaboradora e revisora da Rede para Políticas Informadas por Evidências EVIPNet Brasil. Atualmente é consultora internacional em desenvolvimento humano e social do Banco Mundial e professora do metrado em Economia do IDP. Atua também como pesquisadora colaboradora do Departamento de Saúde Pública na Universidade de Brasília (UnB) e é pós-doutoranda no Laboratório de Big Data e Análise Preditiva em Saúde do Departamento de Epidemiologia da Faculdade de Saúde Pública da USP. Integrante da rede IACOV-BR (Inteligência Artificial para Covid-19 no Brasil), que tem como objetivo desenvolver algoritmos de machine learning para o diagnóstico e prognóstico de covid-19 nas cinco regiões brasileiras. Atua principalmente nas áreas de econometria, economia da saúde, avaliações econômicas em saúde, políticas de saúde informadas por evidências, políticas públicas e políticas econômicas.

FERNANDO AUGUSTO DIAS E SANCHES

Graduado em Enfermagem pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e mestrado em Enfermagem pela mesma universidade (Inquérito tuberculínico/saúde do trabalhador). Atua no Centro de Pesquisa em Tuberculose - Programa Acadêmico de Tuberculose pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Foi coordenador/tutor da especialização de enfermagem em clínica médica modalidade residência na UERJ por cinco anos. Atualmente Preceptor do Programa de Enfermagem do Trabalho - modalidade residência UERJ. Consultor ad hoc na área de controle de infecção em tuberculose da CGDR/MS, Co-chair do Infection Prevention and Control Working Group from The International Union Against Tuberculosis and Lung Diseases (possui assento em assembléias da OMS). Coordenação da Área de Controle de Infecção da Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose e Coordenador Nacional da Rede Brasileira de Enfermagem por um Brasil livre da Tuberculose. Atuou como membro em comissões especiais de crise e processo decisório do Coronavírus dentro da UERJ, e atualmente dentro da Comissão de Crise em COVID-19 no Conselho Regional de Enfermagem Seção Rio de Janeiro. Membro da Comissão de Controle de Infecção da Policlínica Piquet Carneiro - UERJ. Recentemente participou como revisor técnico da publicação do livro "The first edition of Basic occupational safety and health for respiratory diseases: A desk guide for health facilities"

MÔNICA KRAMER DE NORONHA ANDRADE

Médica UFRJ e Pesquisadora ENSP-FIOCRUZ. Mestrado e Doutorado na Faculdade de Medicina UFRJ. Coordenação da Área de Controle de Infecção da Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose Representante do setor Academia na Secretaria Executiva da Parceria Brasileira contra a Tuberculose.

FERNANDA DOCKHORN COSTA

Graduada em medicina em pela Escola de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (2004) com residência médica em Clínica Médica pela Universidade Federal do Espírito Santo (2007). Possui mestrado em Clínica das Doenças Infecciosas pelo Núcleo de Medicina Tropical da Universidade de Brasília - UnB (2013). Trabalhou em Moçambique junto a Columbia University – NY (ICAP) na implementação do programa de HIV, prevenção de transmissão vertical e coinfecção TB-HIV nos diversos cenários do país (2007-2011). Possui experiência clínica no manejo de pacientes com HIV, coinfecção TB-HIV e tuberculose junto a um serviço de atenção especializada do Governo do Distrito Federal e experiência em saúde pública, junto ao Programa Nacional de Controle da Tuberculose nos diversos aspectos da doença, com foco na assistência, diagnóstico, tratamento e sua prevenção, principalmente tuberculose drogarresistente (TBDR) e coinfecção TB-HIV (2011-2020). Responsável por diversas publicações como autoria e colaboração, com especial destaque para a organização e autor colaborador do Manual de Recomendações para o Controle da Tuberculose do Brasil (edição 2019), autor colaborador do WHO operational handbook in tuberculosis. Module 3: Diagnosis (OMS 2020) e Organizador e autor colaborador do capítulo de tuberculose do Tratado de Infectologia, 6ª edição do Prof Roberto Focaccia (Editora Atheneu, 2020). Participou de diversos grupos de trabalho da Organização Mundial da Saúde (OMS), principalmente relacionados à TBDR, incluindo as recomendações mais recentes da OMS e faz parte da Global Laboratory initiative- GLI do StopTB Partneship/UNOPS, grupo técnico do StopTB Partneship que junto à OMS que trata de recomendações técnicas e de gestão sobre os diversos aspectos do diagnóstico da TB e da rede laboratorial. Atual coordenadora da Coordenação - Geral de Vigilância das Doenças de Transmissão Respiratória de Condições Crônicas, coordenação responsável pelas atividades de tuberculose, micoses endêmicas e micobactérias não tuberculosas do Ministério da Saúde.

DANIELE GOMES DELL' ORTI

Graduação em Enfermagem. Especialização em Gestão nas Ações de Controle da Tuberculose pela Universidade Federal de São Paulo- UNIFESP. Consultora técnica do Ministério da Saúde e membro da Rede Enf-TB.

FARLEY LILIANA ROMERO VEGA

Medica PhD em Infectologia e Medicina Tropical, Mestre em Saúde Pública, e atualmente consultora técnica da Coordenação Geral de Vigilância das Doenças de Transmissão Respiratória de Condições Crônicas/DCCI/SVS/MS.

ANA YECÊ DAS NEVES PINTO

Graduada em Medicina, Infectologista, Mestrado (UFPa.) e Doutorado em Medicina Tropical (FIOCRUZ). Pesquisadora em Saúde Pública do Instituto Evandro Chagas da Secretaria de Vigilância em Saúde/ Ministério da Saúde. Professora permanente do curso de Mestrado em Epidemiologia e Vigilância em Saúde. Coordenadora do setor de Protocolos Clínicos de Seguimento de portadores de Doença de Chagas do IEC. Coordenadora clínica do Setor de Atendimento Médico Unificado do IEC (Vigilância sindrômica febril ) do Serviço de Epidemiologia do IEC. Líder do grupo de pesquisa CNPq Doenças Negligenciadas e pesquisa Epidemiológica aplicada na Amazônia

DILMA DO SOCORRO MORAES DE SOUZA

Doutorado em Ciências pela Unifesp/EPM professora associada da Faculdade De Medicina Da Universidade Federal Do Pará Atual Presidente da SBC regional Pará -Biênio 2020/2021 Editora Chefa da Revista Brasileira de Hipertensão Arterial pesquisadora em doença de Chagas -CNPq

VERA DA COSTA VALENTE

ROSÂNGELA MARIA DA SILVA RIBEIRO

Graduada em Farmácia-Bioquímica pela Universidade Federal do Pará (UFPa), Atualmente é efetivo no Laboratório Central do Estado do Pará, onde atua como Coordenadora do Laboratório de Parasitologia, onde responde pelo Diagnóstico Sorológico e parasitológico da Doença de Chagas, Malária e Leishmanioses.

JOAQUIM PINTO NUNES NETO

Possui graduação em Biologia pela UFPA , mestrado e doutorado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários pela UFPA. É pesquisador do Instituto Evandro Chagas , Responsável Técnico do Laboratório de Entomologia Médica da Seção de Arbovirologia e Febres Hemorrágicas, professor titular Programa de Pós-Graduação de Biologia Parasitária na Amazônia da UEPA, membro da RELEVA/OPAS/OMS.

BERNARDO PORTO MAIA

MARCELO SIMÃO FERREIRA

- Professor Titular de Infectologia pela Universidade Federal de Uberlândia – MG - Ex-Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - Ex-Presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia

JOSÉ ANGELO LAULETTA LINDOSO

Professor do Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da FMUSP e Medico infectologista no Instituto de Infectologia Emilio Ribas. Consultor do Ministério da Saúde do Brasil e da Organização Panamericana da Sáude paras Leishmanioses.

JOSE ERNESTO VIDAL

- Doutor em Medicina - Médico do Serviço de Neurologia do Instituto de Infectologia Emílio Ribas - Médico do Serviço de Neurologia da Faculdade de Medicina da Universidade do Estado de São Paulo - Consultor do Ministério da Saúde do Brasil e da Organização Mundial de Saúde

RAIMUNDA DO SOCORRO SILVA AZEVEDO

Possui Doutorado em Virologia (2017) pelo Programa de Pós Graduação em Virologia (PPGV) do Instituto Evandro Chagas (IEC), Mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários (2004) pela Universidade Federal do Pará. Médica, Pesquisadora em Saúde Pública do IEC/SVS/MS, Editor Associado da Revista Pan-Amazônica de Saúde (RPAS), Professor do Programa de Pós Graduação em Epidemiologia e Vigilância Em Saúde (PPGEVS) do IEC, Membro do Comitê Interno do Programa de Iniciação Científica (PIBIC) do IEC. Desenvolveu, juntamente com a equipe do Instituto Evandro Chagas, a tese de doutoramento "Investigação sobre as Infecções Humanas por Vírus Zika" que demonstrou a associação entre a infecção pelo ZIKV e a microcefalia e outras más formações congênitas, bem como realizou a identificação do primeiro óbito associado ao ZIKV no mundo, sendo premiada (1º lugar) na 16ª EXPOEPI (2019). Tem experiência em doenças tropicais, especialmente nas Arboviroses destacando-se as de importância em Saúde Pública, como dengue, doença por Vírus Zika (ZIKV), febre do Nilo Ocidental, febre chikungunya, febre amarela, febre do Mayaro, febre por Oropouche e arboviroses neuroinvasivas.

LIVIA CARICIO MARTINS

Graduação em Farmácia Bioquímica pela Universidade Federal do Pará (2002), mestrado e doutorado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários pela Universidade Federal do Pará (2004 e 2009). Desde 2011 exerce o cargo de Pesquisadora em Saúde Pública na Seção de Arbovirologia e Febres Hemorrágicas (SAARB) do Instituto Evandro Chagas/SVS/MS.

SYLVIA LEMOS

AMANDA NAZARETH LARA

Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, Residência Médica em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela FHEMIG e Complementação Especializada em Imunizações e Medicina do Viajante pelo HC- FMUSP. Doutora em Ciências pelo Programa de Doenças Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo-FMUSP , com período sanduíche no Research Institute of McGill University (Montreal, Canadá). Atualmente é médica assistente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo no Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais – CRIE-HC desde 2012 e uma das responsáveis pelo Ambulatório dos Viajantes do HC-FMUSP.

KARINA TAKESAKI MIYAJI

ANA PAULA ROCHA VEIGA

Médica Infectologista e Coordenadora do Centro de referência de Imunobiológicos especiais (CRIE) do Instituto de Infectologia Emilio Ribas . Doutorado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo . Professora da Faculdade de Ciências Médicas de Santos - UNILUS ( responsável pelas disciplinas de imunologia e imunopatologia e de Clínica Medica - internato II e professora da disciplina de Infectologia) . Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em doenças infecciosas, imunopatologia das doenças infecciosas, imunização e medicina de viagem.

TÂNIA DO SOCORRO DE SOUZA CHAVES

Médica infectologista Pesquisadora em Saúde Pública Instituto Evandro Chagas/SVS/MS Docente da FAMED/UFPA Docente MED/CESUPA Consultora das Sociedades Científicas de Infectologia e Imunizações Presidente da Sociedade LatinoAmericana del Viajero

MARIA CLEONICE AGUIAR JUSTINO

Médica Pediatra, Mestre em Doenças Tropicais, Doutora em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas, Coordenadora do Núcleo de Pesquisa Clínica da seção de Virologia do Instituto Evandro Chagas/SVS/MS. Professora Adjunto da Universidade Federal do Pará e Unifamaz.

FERNANDO TOBIAS SILVEIRA

SEBASTIÃO ALDO VALENTE

LUCIANO PAMPLONA DE GÓES CAVALCANTI

Biólogo, com especialização, mestrado e doutorado em epidemiologia. Docente dos cursos de medicina da Universidade Federal do Ceara e Centro Universitário Christus. Coordenador do Programa de Pós-graduação em Patologia da UFC.

WANDERSON KLEBER DE OLIVEIRA

Doutor e mestre em epidemiologia. Com 23 anos de formação na área de saúde e atuação em instituições de saúde estaduais, municipais e federais. Destacando a função de Secretário Nacional de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (SVS/MS), durante a gestão dos Ministros Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich de 2019 a maio de 2020. Atualmente é Secretário de Serviços Integrados do STF.

ETHEL LEONOR NOIA MACIEL

Possui Graduação em Enfermagem pela Universidade Federal do Espírito Santo, Mestrado em Enfermagem de Saúde Pública pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Doutorado em Saúde Coletiva/Epidemiologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Pós-doutorado em Epidemiologia pela Johns Hopkins University. É Professora Titular da UFES e Presidente da Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose

CARLA PAGLIARI

Bióloga, Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina da USP, Livre Docente pelo Programa de Micologia do Instituto de Medicina Tropical, Faculdade de Medicina da USP. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq Responsável pelo Setor de Imunohistoquímica do Laboratório da Disciplina de Patologia de Moléstias Transmissíveis da FMUSP Orientadora permanente de mestrado e doutorado no programa de pós-graduação em Ciências da Saúde do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual-SP e orientadora pontual de mestrado e doutorado no programa de pós-graduação em Dermatologia da FMUSP Experiência no estudo de mecanismos imunes de doenças infecciosas, através da ferramenta de imunohistoquímica em tecido humano. A principal linha de pesquisa é o estudo da resposta imune in situ em micoses de acometimento tegumentar, como a cromoblastomicose, Lacaziose e paracoccidioidomicose.

DANIELE FREITAS HENRIQUES

OTÁVIO SARMENTO PIERI

Pesquisador Titular em Saúde Pública do Instituto Oswaldo Cruz, Fiocruz. Realiza estudos principalmente sobre eco-epidemiologia e controle da esquistossomose e geohelmintoses em crianças de idade escolar e participa de comitês assessores visando à eliminação dessas doenças infecciosas da pobreza como problema de saúde pública.

FERNANDO SCHEMELZER DE MORAES BEZERRA

DR. OTAVIO SARMENTO PIERI Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1970), mestrado em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1980) e doutorado em Ciências Biológicas pela Universidade de Sussex, Inglaterra (1985). É Pesquisador Titular em Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz. Tem experiência nas áreas de Parasitologia, com ênfase em Helmintologia Humana, e de Saúde Coletiva, com ênfase em Epidemiologia. Realiza estudos principalmente sobre eco-epidemiologia e controle da esquistossomose e geohelmintoses em crianças de idade escolar e participa de comitês assessores visando à eliminação dessas doenças infecciosas da pobreza como problema de saúde pública.

NECI MATOS SOARES

Doutorado em Biologia Celular e Molecular, pela Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, Professora Titular da Faculdade de Farmácia, Universidade Federal da Bahia, Bolsista de Produtividade em Pesquisa, CNPq 2. Desenvolve projetos de pesquisas nas linhas de imunopatogenia e diagnostico das doenças parasitárias, com ênfase na infecção por Strogyloides stercoralis. Professora Permanente dos Programas de Pós-Graduação Processos Interativos em Órgãos e Sistemas e da Pós-Graduação em Farmácia, UFBA

RICARDO TOSHIO FUJIWARA

Possui graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1999) e doutorado em Parasitologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2003). Pós-doutorado realizado na The George Washington University (2005). Atualmente é Professor Associado no Departamento de Parasitologia da Universidade Federal de Minas Gerais. Membro afiliado da Academia Brasileira de Ciências (2012-2016). Vice-presidente da Sociedade Brasileira de Parasitologia.Tem experiência na área de Parasitologia e Medicina Tropical, com ênfase no desenvolvimento de ferramentas (diagnóstico, vacinas e fármacos) para o controle de doenças negligenciadas. Bolsista de Produtividade CNPq Nivel 1B.

NAZARÉ ATHAÍDE

Possui Bacharelado em Enfermagem pela Escola de Enfermagem Magalhães Barata (EEMB) / Fundação Educacional do Estado do Pará ­ FEPP, com Especialização em Enfermagem Obstétrica pela Universidade Federal de Pernambuco e em Saúde Pública pela ENSP / FIOCRUZ e Licenciatura em Disciplinas Especializadas 2º Grau pela Universidade Federal do Pará. Atualmente, é Coordenadora Municipal do Programa de Imunizações, em Belém­Pará. Em 2012, foi Chefe da Divisão de Atenção Básica do Município de Belém. Já atuou na área hospitalar, bem como na acadêmica. Tem experiência em Docência de Nível Superior e em Consultoria na área de Vigilância em Saúde, tendo desenvolvido ações em conjunto com o Governo do Estado do Pará, a Organização Pan­Americana de Saúde (OPAS) e Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) nas áreas de Vigilância em Saúde e Imunizações. Já participou de vários projetos de pesquisa em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos / BioManguinhos e o Ministério da Saúde, entre outros Órgãos. Além disso, possui sólida experiência na área de gestão e serviços de saúde, com habilidade na elaboração de instrumentos e projetos na abrangência do Sistema Único de Saúde (SUS)

MELISSA FALCÃO

Infectologista da Vigilância Epidemiológica de Feira de Santana/BA Mestrado em Saude Coletiva

MARIA APARECIDA SHIKANAI YASUDA

Professora Senior da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, e Pesquisadora do Laboratório de Investigação em Imunologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP Área de atuação Micoses endêmicas e Doença de Chagas em imunodeprimidos

PAULO ROBERTO ABRÃO

Possui graduação em medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1991), residência médica na disciplina de infectologia da Universidade Federal de São Paulo (1994), mestrado em Infectologia pela Universidade Federal de São Paulo (2000) e doutorado em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo (2013). Atualmente é medico assistente da Universidade Federal de São Paulo, coordenador do ambulatório de HIV e hepatites virais (1994). Médico do ambulatório de HIV e hepatites virais do Centro de Referência e Treinamento em DST-aids de São Paulo (2006-2018). Membro do comitê técnico assessor para controle das hepatites virais do Ministério da Saúde (2011). Orientador do Programa de Pós Graduação da Disciplina de Infectologia EPM-UNIFESP (2017). Professor Adjunto da Disciplina de Infectologia da UNIFESP (2018). Coordenador do Comitê de Hepatites Virais da Sociedade Brasileira de Infectologia (2018). Tem experiência na área de Medicina, atuando principalmente nos seguintes temas: prevenção, epidemiologia, diagnóstico, clínica e tratamento da infecção pelo hiv/aids, hepatites virais e coinfecções/comorbidades; elastografia hepática.

HELOISA MARCELIANO NUNES

Médica formada pela Universidade Federal do Pará (UFPA), em 1979; Mestre em Doenças Tropicais pelo Núcleo e Medicina Tropical da UFPA, em 2005 e Doutora em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários pela UFPA, em 2016. Pesquisadora, chefe da Seção de Hepatologia do Instituto Evandro Chagas, da Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde. Professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Virologia e do Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia e Vigilância em Saúde do IEC. Tem experiência na área da Medicina, com ênfase em Hepatologia, atuando principalmente nos temas sobre Hepatites Virais e Hidatidose.

JOANNA LUCIA DE ALMEIDA ALEXANDRE

Doutora em Ciências com ênfase em Epidemiologia molecular e Parasitologia, da pós graduação de Biociências e Biotecnologia em Saúde em IAM/FIOCRUZ-PE, com participação no Doutorado sanduíche na Charles University, em Praga, República Tcheca (2018), no Departamento de parasitologia, pelo programa Ciências sem fronteiras do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

PALOMA HELENA FERNANDES SHIMABUKURO

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de São Carlos (1999), mestrado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (2002) e doutorado em Programa de Pós-graduação em Saúde Pública - Coordenadoria de Controle de Doenças/SES-SP (2007). É pesquisadora na FIOCRUZ-Minas e uma das curadoras da Coleção de Flebotomíneos. Tem experiência em Entomologia, atuando principalmente nos seguintes temas: entomologia médica, sistemática de vetores, eco-epidemiologia de doenças transmissíveis.

SINVAL PINTO BRANDÃO FILHO

RODRIGO LINS FRUTUOSO

Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Ceará e Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade de Brasília. Atualmente Consultor Nacional na Unidade Técnica de Vigilância, Preparação e Resposta à Emergências da Organização Pan-Americana da Saúde - OPAS/OMS. Entre 2019 e 2020, atuou como Coordenador Geral de Emergências em Saúde Pública, do Departamento de Saúde Ambiental, do Trabalhador e Emergências em Saúde Pública, da Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde. Entre 2016 e 2017, atuou como Coordenador da Sala Nacional de Coordenação e Controle para o Enfrentamento ao Aedes e Suas Consequências do Plano Nacional de Enfrentamento a Microcefalia

NÉSIO FERNANDES DE MEDEIROS JUNOR

Médico sanitarista, especialista em Medicina Preventiva e Social e em Adm. em Saúde. Graduado em Medicina pela Escola Latino-americana de Medicina, revalidado no Brasil pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG. Foi Presidente da Fundação Escola de Saúde Pública e Secretário Municipal da Saúde de Palmas-TO. Atualmente é Secretário de Saúde do Espírito Santo e Vice-Presidente do CONASS.

GREICE MADELEINE IKEDA DO CARMO

Graduada em Medicina Veterinária, mestre em saúde pública, com enfoque em epidemiologia. Epidemiologista de campo, formada pelo EpiSUS-Avançado, 2a turma 2001-2003. Servidora do Ministério da Saúde, atua há 20 anos no SUS. Atualmente coordena as ações de vigilância epidemiológica da covid-19, influenza e outros vírus respiratórios na Secretaria de Vigilância Saúde, do Ministério da Saúde.

FABIANO GERALDO PIMENTA

Mestre em Saúde Pública pela FIOCRUZ, Curso de Especialização em Epidemiologia e Controle de Endemias, Secretário Municipal de Saúde de Belo Horizonte 2013-2016, Secretário Municipal Adjunto de Saúde de Belo Horizonte , 2012-2013 e 2017; Subsecretário de Promoção e Vigilância em Saúde de Belo Horizonte, 2017 - atual; Secretário Nacional de Vigilância em Saúde -2006-2007

DENISE VILARINHO TAMBOURGI

Possui graduação em Biologia pelo Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, mestrado em Imunologia pela Universidade de São Paulo e doutorado em Imunologia pela Universidade de São Paulo, com estágio na Faculdade de Medicina da Universidade de Yale (1992). Atualmente é Pesquisadora do Instituto Butantan e Pesquisadora 1B do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Vice-Coordenadora do Centro de Excelência para Descoberta de Alvos Moleculares (FAPESP/Instituto Butantan), umas das investigadoras principais do Centro de Toxinas, Resposta-Imune e Sinalização Celular (Cepid da FAPESP). É orientadora junto aos programas de pós-graduação do Depto de Imunologia do ICB-USP, do programa de pós-graduação em Biotecnologia USP/IPT/Instituto Butantan, e de pós-graduação em Toxinologia do Instituto Butantan. É presidente da Sessão Panamericana da Sociedade Internacional de Toxinologia, membro dos conselhos diretivos das Sociedades Internacional e Brasileira de Toxinologia. Tem experiência na área de Imunologia, com ênfase em Imunoquímica, atuando principalmente nos seguintes temas: Interações de toxinas animais e de microorganismos com o Sistema Complemento e células do sistema imunes; Mecanismos moleculares envolvidos na patogênese do envenenamento por aranhas Loxosceles; Caracterização imunoquímica e funcional das toxinas de venenos animais; Estudos sobre a imunogenicidade de venenos e toxinas animais e imunossupressão.

SHEILA RODRIGUES RODOVALHO

Bióloga, mestre em ecologia. Trabalhou no Ministério da Saúde de 201a a 2018 no Programa Nacional de Prevenção e Controle da Malária do Ministério da Saúde e atualmente trabalha na Organização Pan Americana da Saúde como Consultora Nacional em Malária e Doenças Tropicais Negligenciadas.

MARTA SABOYA

Martha Saboyá, bacteriologa y laboratorista clínico, egresada del programa de epidemiología de campo de Colombia. Tiene una Maestría en Salud Pública y un Doctorado en Salud Pública. Actualmente es asesora en epidemiología de las enfermedades infecciosas desatendidas de la Organización Panamericana de la Salud con sede en Washington, DC, Estados Unidos de América.

EXPEDITO LUNA

Graduação em medicina (UFPE), mestrado em saúde coletiva (FCM-UNICAMP), doutorado em medicina preventiva (FM-USP). Docente do Departamento de Medicina Preventiva da FM-USP, lotado no Instituto de Medicina Tropical, na área de epidemiologia de doenças infecciosas.

CARLOS GRAEFF TEIXEIRA

Professor Titular Livre, Departamento de Patologia e Núcleo de Doenças Infecciosas, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Espírito Santo. Mestre (1986) em Doenças Infecciosas pela Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Doutor (1991) em Medicina Tropical pelo Instituto Oswaldo Cruz, FIOCRUZ-RJ.

CINTYA DE OLIVEIRA SOUZA

FEDERICO COSTA

Bacharel em Ciências Biológicas formado pela Universidade Nacional de Rio Cuarto (UNRC, 2003), possui mestrado em Controle de Pragas e Impacto Ambiental pela Universidade Nacional de San Martín (UNSM, 2007) em Buenos Aires, Argentina. Doutor em Biotecnologia e Medicina Investigativa pelo Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz (2010). Pesquisador visitante do Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz onde desenvolve pesquisas na área de eco-epidemiologia da leptospirose (2011-2014). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal da Bahia no Instituto de Saúde Coletiva, onde também atua como Professor Permanente da Pós-Graduação em Saúde Coletiva. É Professor Permamente da Pós-Graduação em Ecologia: Teoria, Aplicação e Valores. É pesquisador visitante da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, e da Universidade de Liverpool. Desenvolve-se como conselheiro da Organização Mundial da Saúde na estimação de carga mundial da leptospirose. Tem experiência interdisciplinar em determinantes Ecológicos e Sociais da saúde, Epidemiologia, Biotecnologia, Revisão Sistemática de Literatura e Estratégias de prevenção de doenças.

MARCELO DANIEL SEGALERBA BOURDETTE

Doutorado em curso pelo Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências Ambientais (PPGCA), Universidade de Brasília (FUP-UnB). Mestre em Ciências Florestais pela Universidade de Brasília (2014). Diploma em Manejo e Conservação de Recursos Naturais (México, 2007). Especialização em Administração e Manejo de Unidades de Conservação pela Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG (2003). Graduação: Licenciado em Gestão Agropecuária (Montevidéu-Uruguai, 2000). Foi pesquisador do Laboratório de Fauna e Unidades de Conservação, Universidade de Brasília (2012-2017). É membro da Comissão Mundial de Áreas Protegidas (CMAP/Brasil) da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN). Entre 2010-2011, atuo como prestador de Serviços Técnicos na área de Vigilância em Saúde de populações expostas a contaminantes químicos (VIGIPEQ) da Coordenação Geral de Vigilância em Saúde Ambiental (CGVAM), Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador DSAST/SVS/MS. No ano 2017, iniciou como prestador de Serviços Técnicos para a Unidade Técnica de Vigilância das Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar (UVHA), Coordenação Geral de Doenças Transmissíveis (CGDT/DEVIT/SVS/MS), trabalhando na Vigilancia Epidemiológica da Brucelose Humana e doença de Creutzfeldt-Jakob (DCJ). Desde o ano 2019 trabalha no GT-Saúde Única, Coordenação Geral de Vigilância de Zoonoses e Doenças de Transmissão Vetorial (CGZV/SVS/MS) na Vigilancia Epidemiológica da Brucelose Humana e doença de Creutzfeldt-Jakob (DCJ), apoiando também, todo o relativo com o tema: Saúde Única.

FRANCISCO LUZIO DE PAULA RAMOS

Francisco Lúzio de Paula Ramos, médico formado pela UFPA no ano de 1984. Trabalhou na Secretaria de Saúde do Estado do Pará de 1985 a 1987. Foi professor substituto de Microbiologia e Imunologia da UFPA de 1992 a 1994. É pesquisador do Instituto Evandro Chagas desde fevereiro de 1987, onde chefiou a Seção de Bacteriologia e Micologia em dois períodos e atualmente é chefe do Serviço de Epidemiologia desde 2013. Fez especialização em medicina tropical na USP no ano de 1991. É mestre em clínicas das doenças tropicais pela UFPA, título adquirido no ano de 2005. É professor do curso de medicina do Centro de Ensino Superior do Pará (CESUPA). É membro da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores Regional Pará (SOBRAMES). Autor dos livros Letras Apaixonadas (poesias) em 2011; Os Meninos dos Sonhos de Cruzeiros (romance) 2017, ambos pela editora Paka-Tatu; Inhangapi: Um Passeio Pelo Paraiso (Romance) em 2019; e Abordagem à Síndrome Febril Tendo a Análise do Hemograma como Ponto de Partida (Científico) em 2020, Editora Appris; Participação na Antologia Poética: Poetize 2015 Concurso Nacional Novos Poetas; Menção Honrosa no Concurso de Poesias “Cidade de Belém” versão 2018, pela Academia Paraense de Letras, com o poema “Sede de Outubro”.

THOR OLIVEIRA DANTAS

JOÃO CARLOS JAROCHINSKI SILVA

João Carlos Jarochinski Silva é Professor adjunto do curso de Relações Internacionais da Universidade Federal de Roraima (UFRR) e do Programa de Pós-graduação em Sociedade e Fronteiras. Diretor do Centro de Ciências Humanas (CCH/UFRR) e Coordenador da Cátedra Sérgio Vieira de Mello (CSVM/UFRR). Pós-doutor pelo Núcleo de Estudos de População "Elza Berquó" (NEPO/Unicamp). Doutor em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), com ênfase em Relações Internacionais, e período sanduíche no Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa (Igot-UL). Dedica-se a temas relacionados às migrações internacionais e ao refúgio desde 2007.

PAULO CESAR PEITER

MSc e PhD em Geografia Humana pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ingressou na FIOCRUZ em 1994 primeiramente como pesquisador visitante do Departamento de Endemias Samuel Pessoa, ENSP, atualmente integra o quadro de servidores da Fundação no Laboratório de Doenças Parasitárias do Instituto Oswaldo Cruz, onde desenvolve pesquisas em Geografia da Saúde, Saúde nas Fronteiras, Malária nas Fronteiras, Território, Ambiente e Saúde e Vigilância em Saúde. É professor permanente do Programa de Medicina Tropical do IOC e do Programa de Saúde Pública e Meio Ambiente da ENSP. É membro do Grupo Retis de Pesquisa da UFRJ desde 2000 e do Laboratório Misto Internacional - LMI - Sentinela, desde 2018 uma parceria entre o IRD (França), a UNB e a FIOCRUZ.

OSVALDO DE SOUSA LEAL JÚNIOR

MÉDICO FORMADO PELA UFPE (1998) E COM MESTRADO PELA UFBA (2002). PROFESSOR ADJUNTO IV DA UFAC. PRECEPTOR DO PRM DE MEDICINA DE FAMÍLIA E COMUNIDADE (HC/ UFAC). MEMBRO DA ACADEMIA ACREANA DE MEDICINA. MÉDICO DA SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE. EX-SECRETÁRIO DE ESTADO DE SAÚDE DO ACRE (2007 A 2010) E DO MUNICÍPIO DDE RIO BRANCO/AC (2011-2012). DURANTE A PANDEMIA ATUOU EM AÇÕES DE TELEMONITORAMENTO, COORDENOU O COMITÊ MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO À COVID-19 DE RIO BRANCO E ATUALMENTE É MEMBRO DO COMITÊ ESTADUAL DE ENFRENTAMENTO À COVID, COORDENA O COMITÊ TÉCNICO ESTADUAL DE INVESTIGAÇÃO DE EVENTOS ADVERSOS PÓS-VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 E É DIRETOR TÉCNICO-ASSISTENCIAL DO HOSPITAL DE CAMPANHA EM RIO BRANCO/AC.

LIVIA MEDEIROS NEVES CASSEB

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural da Amazônia (2005), graduação em Programa de Formação de Professores-Hab Biolologia pela Universidade Católica de Brasília (2007), mestrado (2009) e Doutorado (2015) em Patologia das Doenças Tropicais pela Universidade Federal do Pará. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Medicina Veterinária Preventiva e Imunologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Saúde única, raiva , arbovírus, diagnóstico sorológico e molecular e experimentação animal.

LILIANE ALMEIDA CARNEIRO

FLÁVIO DE QUEIROZ TELLES FILHO

Medico Infectologista Professor Associado do Departamento de Saude Coletiva, Hospital de Clínicas, UFPR Consultor do Grupo Tecnico de Micoses do Ministerio da Saude do Brasil Coordenador do Comitê de Micologia Médica SBI Coordenador do INFOCUS LATAM Brasil

ALESSANDRO COMARÚ PASQUALOTTO

Alessandro Pasqualotto chefia o Serviço de Infectologia da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. É professor de Infectologia e o pesquisador mais citado da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). É PQ 1C do CNPq e coordenador de INCT. Pasqualotto é fellow do European Confederation of Medical Mycology e possui MBA Executivo em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios pela FGV. Coordena a operação de diagnóstico molecular de COVID-19 por PCR em tempo real na Santa Casa. Mais detalhe em http://lattes.cnpq.br/3099569729964550

FRANCISCA REGINA OLIVEIRA CARNEIRO

Professora titular de Dermatologa da Universidade do Estado do Para Doutora em Dermatologia pela Universidade Federal de São Paulo Associada Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia

MARIA CLEONICE AGUIAR JUSTINO

THIAGO VASCONCELOS DOS SANTOS

Graduado em Enfermagem, Especialista em Saúde Publica, Mestre em Doenças Tropicais e Doutor em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários; Responsável pela Equipe de Entomologia do Laboratório de Leishmanioses 'Prof Dr Ralph Lainson' do Instituto Evandro Chagas; Pesquisa sobre a bioecologia e taxonomia de flebotomíneos;

REGINALDO PEÇANHA BRAZIL

Graduado em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1974), mestrado em Parasitologia - University of Liverpool (1976) , doutorado (PhD) em Parasitologia - University of Liverpool (1982) e Pós-Doutorado pela Liverpool School of Tropical Medicine (1988-89).Ex-Professor de Parasitologia na UFRJ - Ex-Professor Visitante na UFMa- Ex-Pesquisador do Instituto Renné-Rachou,MG -Atualmente é Pesquisador titular do Instituto Oswaldo Cruz no Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Parasitologia, com ênfase em Parasitologia Humana, atuando principalmente nos seguintes temas: Eco-epidemiologia das leishmanioses, fauna e ecologia de flebotomineos, interação flebotomíneos/Leishmania , ecologia química de flebotomíneos e flebotomíneos fosseis.

VANETE THOMAZ SOCCOL

Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade Federal do Paraná (1978), mestrado em Ciências (Bioquímica) pela Universidade Federal do Paraná (1981) e doutorado em Parasitologie Faculté de Médicine – Université Montpellier I (1993), e Pós Doutorado em Parasitologia Molecular pelo IRD, França, 1998. Atualmente é professor Sênior da Universidade Federal do Paraná. Tem experiência na área de Parasitologia, Engenharia Sanitária e Biologia Molecular atuando principalmente em Leishmania e leishmaniose, Trypanosoma cruzi e doença de Chagas.

KLEYDSON BONFIM ANDRADE

Enfermeiro pela UFBA, Especialista em Informática em Saúde pela UNIFESP, Mestre em Saúde Coletiva/Epidemiologia pelo ISC-UFBA, e Doutorando em Saúde Pública/Epidemiologia pela FSP-USP. Consultor técnico da Coordenação-geral de Vigilância das Doenças de Transmissão Respiratória de Condições Crônicas do Ministério da Saúde.

TIEMI ARAKAWA

YOLANDA DE BARROS

Graduada em Enfermagem pela Universidade de Fortaleza, Pós Graduada em Enfermagem do Trabalho pela Universidade Estadual do Ceará, Especialista em Transplante de Órgãos pela Universidade Estadual do Ceará e Mestre em Ciências Médico- Cirúrgicas pela Universidade Federal do Ceará. Atualmente Coordenadora dos programas de Tuberculose e Hanseníase do Estado do Ceará.

JULIANA VEIGA COSTA RABELO

Enfermeira, especialista em Saúde Pública pela Escola de Enfermagem/Universidade Federal de Minas Gerais(UFMG) e Mestre em Ciências da Saúde: Medicina Tropical e Infectologia/Faculdade de Medicina(UFMG). Atua na Coordenação dos Programas de Controle da Hanseníase e Tuberculose em Belo Horizonte/MG. Docente na Faculdade Ciências Médicas/MG. Integrante do Grupo de Pesquisa em Micobacterioses/UFMG.

PEDRO DAIBERT DE NAVARRO

Doutor em Ciências da Saúde - Infectologia e Medicina Tropical. Professor da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais. Integrante do Grupo de Pesquisa em Micobacterias da UFMG. Atua na Coordenação do Programa de Controle da Tuberculose de Belo Horizonte.

THALES FRANCISCO MOTA CARVALHO

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), mestre em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e bacharel em Sistemas de Informação pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). Tem interesse nas áreas de aprendizado de máquina, bioinformática, otimização combinatória e algoritmos.

LUANA MICHELLY APARECIDA DA COSTA

Bacharela em Engenharia de Sistemas pela Universidade Estadual de Montes Claros, Mestra em Ciências na área de Bioengenharia na USP (Modelagem Operacional Baseada em Agentes aplicada à Tuberculose) e Doutoranda na Medicina (Clínica Médica) pela USP-FMRP, trabalhando com tele acompanhamento das pessoas acometidas pela Hanseníase. Co-autora dos softwares registrados VDOT e Meu Diário de Quarentena.

DOMINGOS ALVES

Atualmente é professor associado no Departamento de Medicina Social da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, USP. Também atua como Professor colaborador no Center For Health Techology and Services Research (CINTESIS) da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. É líder do “Laboratório de Inteligência em Saúde” (LIS) cadastrado e certificado no diretório de grupos do CNPq.

PAULO CESAR BASTA

Paulo Cesar Basta é médico e Doutor em Saúde Pública. É professor e pesquisador sênior da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Atualmente, Dr. Basta coordena os grupos de pesquisa “Ambiente, Diversidade e Saúde” e “Epidemiologia e Controle da Tuberculose em Terras Indígenas”. Suas pesquisas se dedicam à saúde, aos direitos e à promoção da cultura dos povos indígenas no Brasil. Dr. Basta também tem experiência com trabalhos de campo nos estados do Amazonas, Pará, Roraima e Mato Grosso do Sul, na Amazônia brasileira, realizando pesquisas sobre vigilância de doenças transmissíveis, estado nutricional e saúde e meio ambiente, com foco na contaminação por mercúrio e seus impactos. Paulo Cesar Basta is M.D. and DsC. in Public Health. He works as a professor and senior researcher at the Oswaldo Cruz Foundation (Fiocruz). Currently, Dr. Basta coordinates the research group "Environment, Diversity, and Health" and "Epidemiology and Control of Tuberculosis in Indigenous territories of Brazil." His researches are dedicated to health, rights, and the promotion of the culture of indigenous peoples in Brazil. Dr. Basta also has fieldwork experience in the Amazonas, Pará, Roraima and Mato Grosso do Sul states, in the Brazilian Amazon, performing research on communicable disease surveillance, nutritional status, and health and environment, focusing on mercury contamination and its impacts.

PAULO VICTOR DE SOUSA VIANA

Paulo Victor Viana é enfermeiro com doutorado em epidemiologia pela Fundação Oswaldo Cruz. Atua como pesquisador do Centro de Referência Professor Helio Fraga, Fundação Oswaldo Cruz (CRPHF/Fiocruz) em pesquisas em tuberculose em populações vulnerabilizadas, por exemplo as populações indígenas.

LAURA MARIA VIDAL NOGUEIRA

IDA VIKTORIA KOLTE

SRINAND SREEVATSAN

SRINAND SREEVATSAN is Associate Dean for Research and Graduate Studies, and Professor of Pathobiology and Diagnostic Investigation. Dr. Srinand Sreevatsan has dedicated his scientific career to zoonotic disease investigations at the cellular and molecular level. He is interested in the ecology and molecular evolution of infectious agents and how they are modulated by changes in host and environmental niches. Sreevatsan's research is highly interdisciplinary and encompasses all aspects of cellular, molecular pathogen-host interactions and epidemiology, ecology of infectious disease, and collaborations across the country and the globe. A translational aspect of his studies is the development of novel unambiguous disease detection platforms and applications into immunoprophylaxis. Sreevatsan's scientific inquiry has focused on the world’s greatest infectious diseases, such as those caused by mycobacteria, prions, and influenza A. Pathobiological or biomedical studies in Sreevatsan's lab are designed to answer transmission questions and identify the most representative strains/molecules for optimal vaccine development. His research findings have further lent to the development of genome-wide SNP analyses in MTB Complex and enhanced understanding of disease character and outcome and velocity of pathogen spread. Over the last 15 years, Sreevatsan's research has taken a turn toward translational science. He has applied basic molecular evolutionary genomics and pathogenesis information to diagnostics and vaccine development. One major focus area has been in applications of high-resolution genomics and proteomics to identify pathogen-specific biomarkers for early detection and tracking of mycobacterial infections in animals and humans. A second area of emphasis is the development of pathogen/receptor specific ligands to enable detection, as well drug targeting. Sreevatsan has developed a pipeline of methods to select and validate DNA aptamers for this purpose. In addition to a strong scientific program, Sreevatsan has developed a strong interdisciplinary, international collaboration on mycobacterial diseases of animals and humans.

JULIO SCHARFSTEIN

Professor Titular do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências, Julio Scharfstein graduou-se em Química (1972) pelo Israel Institute of Technology (Technion) e obteve seu doutorado na Universidade de Nova Iorque (1974-1978). Supervisionado pelo Prof. Victor Nussenzweig, um renomado imunologista brasileiro erradicado nos EUA, Julio Scharfstein descobriu a C4-bp (“C4-binding protein”), uma proteína do plasma humano que regula o sistema Complemento. Em 1978, retornou ao Brasil, vinculando-se ao Laboratório de Imunogenética do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, onde iniciou a sua linha de pesquisa sobre a imunopatogênese da Doença de Chagas. As investigações sobre propriedades imunológicas de glicoproteínas do Trypanosoma cruzi conduziriam à descoberta da cruzipaína, principal cisteíno-protease do parasita. Caracterizada pela sua equipe como fator de virulência, a cruzipaína potencializa a invasão de células cardíacas, além de contribuir no processo de replicação intracelular do T. cruzi. Durante a década de 90, após clonagem gênica e expressão da cruzipaína e de uma isoforma com propriedades enzimáticas distintas (cruzipaína-2), os estudos sobre estrutura-função dominaram a produção científica da equipe. Alternando estudos em imunologia com bioquímica, a equipe do IBCCF descobriu na virada do século que a função da cruzipaína é regulada por uma proteína do T. cruzi cuja sequência de DNA era até desconhecida. Batizada como chagasina em homenagem ao Prof. Carlos Chagas Filho, fundador do IBCCF, a chagasina teve sua estrutura 3-D resolvida através de NMR, em estudo colaborativo realizado no CNRMN/UFRJ. O impacto do estudo foi valorizado pela evidência que a chagasina é o protótipo de uma família de inibidores de cisteíno-proteases conservada em diversos protozoários. Em outro achado pioneiro, a equipe do Prof. Scharfstein demonstrou que as formas infectivas do T. cruzi valem-se da formação de bradicinina pela cruzipaína para potencializar sua infectividade às custas da sinalização de receptores de bradicinina expressos por células cardiovasculares. Ilustrando a os efeitos dicotômicos sistema calicreína-cinina (KKS) na imunopatogênese da Doença de Chagas, sua equipe demonstrou que células dendríticas ativadas pela bradicinina estimulam a geração de de linfócitos efetores T CD4 e CD8 tipo-1 (imunoprotetores). Empregando microscopia intravital em combinação com estudos em camundongos transgênicos, a equipe do IBCCF-UFRJ investigou de maneira sistemática o papel do Sistema Calicreína-Cinina nos mecanismos de integração entre resposta imune inata e adaptativa. Ampliando o leque destas investigações, seu grupo demonstrou que a ativação de receptores da bradicinina (B2R) modulam a resposta imune em animais infectados por Leishmania e Porphyromonas gingivalis- agente etiológico da periodontite. Em seguida, sua equipe demonstrou que os tripomastigotas aproveitam-se da formação de edema inflamatório (eixo mastócito/bradicinina) no tecido cardíaco para turbinar sua infectividade através de mecanismos de sinalização conjunta de receptores de bradicinina e endotelina. Outro exemplo indicando que a ativação da via de contato/KKS altera o balanço da relação patógeno-hospedeiro veio de estudos colaborativos recentemente publicados mostrando que o vírus da Dengue aumenta sua replicação em células endoteliais às custas da sinalização de receptores endoteliais da bradicinina. O Prof. Julio Scharfstein é Pesquisador 1A do CNPq /Bolsista CNE/FAPERJ. Reconhecendo a originalidade e qualidade de sua produção científica, a Sociedade Brasileira de Protozoologia (SBPZ) lhe concedeu o prêmio Samuel Pessoa em 2018.

MARIA ALMIRON

Coordenadora da equipe de Detecção, Verificação e Avaliação de Risco do Departamento de Emergências da OPAS em Washington e Coordenadora interina da Unidade de Vigilância, Preparação e Resposta a Emergências da OPAS em Brasília. Inicie mia carreira na OPAS em Washington em 2003 com a emergência do SARS, trabalhei na OPAS na área de doenças emergentes, alerta e resposta e nos últimos 8 anos, incluído os últimos dos anos no Brasil, na área de emergência e desastres.

JARBAS BARBOSA

IVO CASTELO BRANCO COELHO

ANGÉLICA ESPINOSA MIRANDA

Médica ginecologista, doutora em saúde pública. Professora do Departamento de Medicina Social da Universidade Federal do Espírito Santo e atualmente Coordenadora geral de vigilância das Infecções Sexualmente Transmissíveis no Ministério da Saúde.

MARCELO PILLONETO

Graduação em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Federal do Paraná (1992) e mestrado em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Federal do Paraná (2001). Doutorado em Ciências da Saúde na PUCPR em 2015. Atualmente é Professor Titular da Escola de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Coordenador do Curso de Especialização em Bacteriologia Clínica. Atua intensamente na área de resistência antimicrobiana. É microbiologista do Setor de Bacteriologia Molecular do LACEN-PR. Possui especialização em Bacteriologia. Atua como coordenador do Comitê Geral do BrCAST (Brazilian Committee on Antimicrobial Susceptibility Test) - Gestão 2021/2022. Membro da Câmara Técnica de Resistência Microbiana em Serviços de Saúde - (CATREM) da ANVISA. Consultor externo do Ministério da Saúde para o Programa de Monitoramento de Resistência Antimicrobiana - BR-GLASS.

DANIELLE MURICI BRASILIENSE

Pesquisadora em Saúde Pública da Seção de Bacteriologia e Micologia do Instituto Evandro Chagas, doutora em Biologia Parasitária na Amazônia pela Universidade do Estado do Pará. Atualmente coordena o Laboratório de Patógenos Especiais e atua em pesquisa e vigilância na área de resistência aos antimicrobianos.

HIDERALDO CABEÇA

AUGUSTO CÉSAR PENALVA DE OLIVEIRA

Médico Neurologista, Doutor em Neurociências, Coordenador Grupo de Pesquisa em Neurociências do Instituto de Infectologia Emílio Ribas.

MARCO ANTONIO DE AVILA VITORIA

Dr. Marco Vitoria é atualmente o coordenador da area de assistência e tratamento do Departamento de HIV e Hepatites Virais da Organização Mundial de Saúde (OMS) em Genebra, Suíça. Trabalha na OMS desde 2003, fornecendo suporte técnico na elaboração de diretrizes globais de tratamento do HIV e no treinamento e avaliação de programas nacionais de combate ao HIV/AIDS em países com recursos limitados. De 1998 a 2003, trabalhou no Programa Nacional de DST/AIDS do Ministério da Saúde do Brasil.

HELENA BRÍGIDO

Médica Infectologista. Docente da Universidade Federal do Pará e do Centro Universitário do Pará. Mestre e Doutora em Medicina Tropical.

ANETE TRAJMAN

Professora Titular de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da UFRJ Professora Visitante da McGill University, Canadá.

FRANK COBELENS

JONATHAN GOLUB

JOSE ROBERTO LAPA E SILVA

Médico pela UFRJ (1973), mestre em Pneumologia e Tisiologia (UFRJ 1982), doutor em Imunopatologia Pulmonar (National Heart & Lung Institute Londres 1991), pós-doutor (Institut Pasteur de Paris 1991-1992, 1999). Professor Titular de Pneumologia da Faculdade de Medicina da UFRJ, Coordenador do Programa de PG em Clínica Médica da UFRJ (2005-2018), bolsista de produtividade 1A do CNPq (1994-2026)

ANDREA MARCHIOL

Médica Internista com graduação a Universidade Nacional de Rosário - Master em medicina tropical e saúde comunitária. Trabalho desde o ano 1999 com a doença de Chagas, nos projetos de MSF em vários países da América Latina - Honduras, Guatemala, Bolívia - Paraguai e Colombia. Desde o ano 2015 trabalho na DNDi como responsável dos projetos de acesso para Chagas na região como gerente de projeto

ISRAEL MOLINA

Chefe da Unidade de Medicina Tropical e Saúde Internacional do Hospital Universitário Vall d'Hebron em Barcelona, Espanha. Israel é PhD em Medicina pela Universidad de Barcelona e especialista em Doenças Infecciosas. Israel tem pesquisado doenças tropicais no campo na Guiné Equatorial, Angola e Brasil. Israel é Professor do Mestrado em Medicina Tropical da Universidade de Barcelona e coordenador do Módulo de Doenças Infecciosas do Diploma de Medicina Tropical e Saúde Internacional da UAB. Nos últimos anos, tem se concentrado em tentar encontrar opções de tratamento para a doença de Chagas.

SILVANA MARIA ELOI SANTOS

Professora Titular aposentada Faculdade de Medicina UFMG. Professora Curso Medicina UNIFENAS-BH Pesquisadora conveniada FIOCRUZ MINAS.

ALDA MARIA DA-CRUZ

Médica, infectologista. Pesquisadora em Saúde Pública da FIOCRUZ e chefe do Laboratório Interdisciplinar de Pesquisas Médicas do Instituto Oswaldo Cruz. Professora associada da Disciplina de Parasitologia da Faculdade Ciências Médicas/UERJ. Membro tiular da Academia de Medicina do Rio de Janeiro. Pesquisadora 1D do CNPq e Cientista do Nosso Estado da FAPERJ.

MARTA DE LANA

Marta de Lana Homepage CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/4257306673350065 Profa. Emérita e Voluntária da UFOP, bolsista 1B do CNPq, membro efetivo dos Programas de Pós-Graduação Ciências Biológicas (NUPEB) e Ciências Farmacêuticas (CiPHARMA) da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Graduada em Farmácia/Análises Clínicas, Mestrado e Doutorado em Parasitologia pela UFMG; Pós-Doutorado no Institute de la Recherche pour le Dévelopment (IRD), Fr; Foi Profa. Titular de Parasitologia Clínica da Escola de Farmácia, membro das Câmaras de Assessoramento de Ciências Biológicas e Biotecnologia (CBB) e da Câmara de Saúde (CDS) da FAPEMIG, Chefe do Biotério Central da UFOP (1998 a 2009) e Vice-Diretora da Escola de Farmácia (1985-1989; 1997-2001), Diretora da Escola de Farmácia da UFOP (2009-2013), Coordenadora Institucional pela UFOP das REDES Mineira de Bioterismo e REDE de Ensaios Toxicológicos e Farmacológicos de Insumos e Produtos Terapêuticos. Tem experiência na área de Parasitologia, com ênfase em Protozoologia Parasitária Humana, atuando principalmente em biologia de Trypanosoma cruzi, modelo cão para o estudo da doença de Chagas, quimioterapia da doença de Chagas, epidemiologia molecular do T. cruzi, clínica e terapêutica da doença de Chagas humana, epidemiologia e controle da doença de Chagas. Foi incluída entre os 5 pesquisadores mineiros, 40 brasileiros e 80 do mundo líderes de grupo sobre o estudo da doença de Chagas no artigo Gonzáles-Alcaide et al. (2012). Rev.Inst. Med. Trop. São Paulo, 54(4), 219-228. É membro do Corpo Editotial de três revistas científicas, Topic Editor de Pharmaceutics, Revisora de 28 revistas científicas (Texto informado pelo autor)

GLAUCIA DINIZ ALESSIO

Graduação em Ciências Biológicas, pela Universidade Federal de Ouro Preto (2010). Mestrado (2013) e Doutorado (2017) em Ciências Biológicas, no Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, pela Universidade Federal de Ouro Preto, em colaboração com o Instituto René Rachou/Fiocruz MG. Área de concentração do Mestrado e Doutorado: Imunobiologia de Protozoários. Professora substituta de Parasitologia (2019- Maio de 2021), nos cursos de Farmácia, Bioquímica, Enfermagem e Medicina da Universidade Federal de São João Del Rei- Campus Centro-Oeste Dona Lindu, Divinópolis/MG. Pós-Doutorado pelo Instituto René Rachou/Fiocruz MG, no Grupo Integrado de Pesquisas em Biomarcadores. Possui experiência na área de Parasitologia e Imunologia, atuando principalmente nos seguintes temas: doença de Chagas, métodos de diagnóstico e monitoração pós-terapêutica, citometria de fluxo e genética do Trypanosoma cruzi. Sua principal linha de investigação aborda o desenvolvimento de novos métodos de diagnóstico diferencial para a doença de Chagas.

CARLA MAGDA ALLAN SANTOS DOMINGUES

Carla Magda Allan Santos Domingues é epidemiologista, Doutora em Medicina Tropical – Universidade de Brasília, mestre em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo – USP, com especialização em epidemiologia pela USP/SP; pela Universidade do Sul da Flórida, Estados Unidos e pela Universidade Johns Hopkins, Estados Unidos. Foi Diretora Adjunta do Departamento de Vigilância Epidemiológica, do Ministério da Saúde, no período de 2009 a 2011 e coordenou o Programa do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, responsável pela organização da política nacional de vacinação da população brasileira, no período de 2011 a 2019

LÚCIA REGINA MONTEBELLO PEREIRA

Lúcia Regina Montebello Pereira lucia.montebello@gmail.com; lucia.montebello@saude.gov.br ID: CNPq https://lattes.cnpq.br/8095152406086127 ID: ORCID https://orcid.org/0000-0001-5412-7101 Médica Veterinária - UNESP (Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho”),Campus de Botucatu - SP; Mestre - Área Gestão em Saúde pela FIOCRUZ; Possui duas especializações em Saúde Pública: FIOCRUZ e UNB; Publicou vários artigos nacional e internacional; Foi docente na Faculdade Estadual de Medicina do Piauí; Foi membro titular no Fórum dos Conselhos Federais da Área da Saúde; Foi membro titular na Comissão Nacional de Saúde Pública Veterinária do CFMV; Atuou como profissional na área da ciência da saúde junto a Secretaria Estadual de Saúde do Piauí e Fundação Municipal de Saúde do Municipio de Teresina/PI; Hoje, consultora técnica da Organização Pan Americana da Saúde junto a Coordenação Geral de Vigilância em Zoonoses e Doenças Transmitidas por Vetores/ Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis da Secretaria de Vigilância em Saúde/Ministério da Saúde, desde 2003.

EDICLEI LIMA DO CARMO

Graduado em Ciências Biológicas, modalidade Bacharelado em Biologia, pós graduado a nível de mestrado (2001) e doutorado (2011) em Ciências Biológicas, área de Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários pela Universidade Federal do Pará. Atualmente atua como pesquisador efetivo do Instituto Evandro Chagas-Pará. Possui experiência na área de Parasitologia, com ênfase em Protozoologia de Parasitos, atuando principalmente nos seguintes temas: epidemiologia e diagnóstico de toxoplasmose.

ITALMAR TEODORICO NAVARRO

Professor na Universidade Estadual de Londrina Pesquisador CNPq na área de Saúde Pública e Zoonoses

MÔNICA CRISTINA DE MORAES SILVA

Mestre em Genética e Biologia Molecular. Doutora em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários. Pesquisadora em Saúde Pública do Instituto Evandro Chagas.

FRANCISCO BORGES COSTA

Francisco Borges Costa está como professor permanente do Programa de Pós-graduação em Ciência Animal - PPGCA da Universidade Estadual do Maranhão - UEMA e Pesquisador Sênior. Doutorou-se em 2014 pelo Programa de Pós-Graduação - PPG em Epidemiologia Experimental Aplicada às Zoonoses da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - FMVZ da Universidade de São Paulo - USP com foco em Epidemiologia da Febre Maculosa e seus vetores no Maranhão. Atua na Área de Medicina Veterinária Preventiva ministrando as disciplinas Doenças Parasitárias dos Animais Domésticos na graduação e Zoonoses Transmitidas por Artrópodes no PPGCA com experiência em: doenças transmitidas por vetores em áreas de transição Amazônia-Cerrado, sistemática de carrapatos, biologia molecular e cultivo celular.

SEBASTIÁN MUNÕZ-LEAL

Médico Veterinário da Universidade de Concepción no Chile, com doutorado em Epidemiologia Experimental Aplicada às Zoonoses na Universidade de São Paulo. Atualmente é professor assistente da Faculdade de Ciências Veterinárias da Universidade de Concepción, em Chillán, Chile, onde ministra as disciplinas de zoologia y ornitologia. A sua expertise recai na taxonomia de carrapatos da família Argasidae, e no estudo das doenças transmitidas por carrapatos dessa família. Ele tem desenvolvido pesquisas sobre a eco epidemiologia de espiroquetas do género Borrelia, envolvendo coletas de carrapatos, capturas de aves, morcegos e roedores em países de América Central e do Sul. Ele é revisor ad hoc em 13 revistas científicas e editor associado em duas delas. Ele tem publicado 95 artigos científicos em revistas nacionais e internacionais. Atualmente, a sua pesquisa foca na fauna de carrapatos do Chile, a sua distribuição, taxonomia e papel como vetores de doenças.

ÁLVARO ADOLFO FACCINI MARTÍNEZ

Possui graduação em Medicina pela Universidad Militar Nueva Granada (Bogotá, Colômbia, 2011), mestrado em Ciências Biológicas pela Pontificia Universidad Javeriana (Bogotá, Colômbia, 2014), e doutorado em Doenças Infecciosas pela Universidade Federal do Espírito Santo (2020). Atualmente é pesquisador internacional visitante do Departamento de Patologia da University of Texas Medical Branch (Galveston, TX, USA). Tem experiência na área de medicina, com ênfase em Doenças Infecciosas e Parasitarias.

MARCOS BOULOS

Professor Sênior da Faculdade de Medicina da USP Superintendente da Superintendência de Controle de Endemias da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo Membro do "Advisory Group of Neglected Tropical Diseases" da Organização Mundial da Saúde

FERNANDA MARIA DA ROCHA

PASESA PASCUALA QUISPE TORREZ

Médica infectologista PhD em doenças Infecciosas pela FMUSP

KARIS RODRIGUES

Mestrado em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Doutroado em Biologia Parasitária pelo Instituto Oswaldo Cruz Infectologista do Centro de Informação em Saúde para Viajantes Certificate in Travel Health (CTH) Professora Adjunta Doenças Infecciosas e Parasitárias Departamento de Doenças Infecciosas e Parasitárias Universidade Federal do Rio de Janeiro Professora Titular de Doenças Infecciosas e Parasitárias e Microbiologia Universidade Estácio de Sá Membro da Sociedade Latino Americana de Medicina de Viagem (SLAMVI) e da Sociedade Internacional de Medicina de Viagem (ISTM)

MARIA CISALPINA CANTÃO DA SILVA

Socióloga, especialista em Gestão de Clinica pelo Hospital Sírio Libanês/São Paulo. Especialista em Metodologia de Pesquisa/ Faculdade de Ciências Sociais/UFPA . Ex-coordenadora da Coordenação Estadual de Hepatites Virais do Pará /SESPA. Atualmente Assessora Parlamentar da Saúde no Gabinete da Deputada Dra. Heloisa Guimarães/ ALEPA.

JESUS G VALENZUELA

JORGE AUGUSTO DE OLIVEIRA GUERRA

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Amazonas (1983), mestrado em Medicina Tropical pela Fundação Oswaldo Cruz (1996) e doutorado em Doenças Tropicais e Infeciosas pela Universidade do Estado do Amazonas (2009). Atualmente é docente do programa de pós graduação em Doenças Tropicais e Infeciosas pela Universidade do Estado do Amazonas e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Aplicadas à Dermatologia da Universidade do Estado do Amazonas e também do curso graduação em medicina medicina da FAMETRO, médico - Secretaria Municipal de Saúde de Manaus e médico pesquisador da FUNDAÇÃO DE MEDICINA TROPICAL DR. HEITOR VIEIRA DOURADO. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Doenças Infecciosas e Parasitárias, atuando principalmente nos seguintes temas: Leishmaniose cutânea, mucosa e visceral, Doença de Chagas na Amazônia.

MARLIANE BATISTA CAMPOS

Possui graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica pela Universidade Federal do Pará (1999), Doutorado em Doenças Tropicais do Núcleo de Medicina Tropical (UFPa). É pesquisadora em Saúde Pública do Instituto Evandro Chagas -Ministério da Saúde/SVS. Tem experiência na área de Parasitologia, com ênfase em Protozoologia Parasitária Humana, atuando principalmente nos seguintes temas: Diagnóstico e Imunopatogenia da Leishmaniose Tegumentar Americana, Relação parasito-célula hospedeira; Ensaios in vitro com Leishmania sp.

CLÁUDIA MARIA DE CASTRO GOMES

Pesquisadora da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Doutorado em Ciências (Biologia da Relação Patógeno-Hospedeiro) pela Universidade de São Paulo e pós-doutorado pelo Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da USP. Orientadora do Programa de Fisiopatologia Experimental da FMUSP. Responsável por disciplina de pós-graduação Patologia das Grandes Endemias Brasileiras na FMUSP. Tem vasta experiência na área de Parasitologia, Protozoologia, com ênfase em Imunopatogenia das leishmanioses, se destacando no desenvolvimento estudos da resposta imune celular in situ no espectro da LTA e em estudos que demonstram a importância do parasita na determinação de diferentes formas clínicas da doença humana. Atua na área de diagnóstico laboratorial das Leishmanioses, desenvolvendo trabalhos de identificação específica de cepas de Leishmania causadoras da LTA em áreas endêmicas do norte e Nordeste do pais. Pesquisadora principal de Projetos Temáticos FAPESP, que possibilitou a realização de convênios e cooperação com grupos de instituições nacionais e internacionais. Atua como assessora ad hoc de agências de fomento à pesquisa. É revisora de periódicos indexados.

MÁRCIA DALASTRA LAURENTI

Possui graduação em Ciências Biológicas - Modalidade Médica pela Universidade de Santo Amaro (1981), mestrado em Patologia Experimental e Comparada pela Universidade de São Paulo (1993), doutorado em Patologia Experimental e Comparada pela Universidade de São Paulo (1998) e Livre Docência pelo Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP (2010). Atualmente é Professora Associada do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Medicina e Medicina Veterinária, com ênfase em Anatomia Patológica e Patologia Clínica, atuando principalmente nos seguintes temas: leishmaniose visceral e tegumentar humana, canina e experimental abordando a imunopatologia da infecção, diagnóstico, tratamento e imunização. Responsável pelo Laboratório de Patologia de Moléstias Infeciosas da FMUSP (LIM-50), Vice-Coordenadora do Programa de Pós Graduação em Fisiopatologia Experimental da FMUSP, Membro da Comissão de Pós Graduação da FMUSP, Membro do Conselho de Departamento de Patologia da FMUSP, Presidente da Comissão de Pesquisa do Departamento de Patologia da FMUSP, e Membro da Comissão de Pesquisa da FMUSP.

FERNANDA CARVALHO DE QUEIROZ MELLO

PROFESSORA DE TISIOPNEUMOLOGIA DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO PRESIDENTE DA SOCIEDADE DE PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

MARIA HELENA FÉRES SAAD

Atualmente é Pesquisadora em Saúde Pública do Instituto Oswaldo Cruz, da Fundação Oswaldo Cruz. Nos estudos acadêmicos, concluiu o Mestrado em 1991. Especialização em extração de lipídios de nervos de pacientes com hanseníase em Viena, Áustria em 1992 (seis meses). Doutorado em Ciências (Microbiologia e Imunologia), com estudos de tipagem fenotípica e molecular de Micobactérias não Tuberculose pela Universidade Federal do Rio de Janeiro concluído em 1997, com bolsa sanduiche do CNPq, em Cornell University (1992-1995), New York, USA. Pesquisadora visitante em 1996 no Institute Pasteur, Paris, França. Estágios de curto prazo no Institute of Tropical Medicine, Antwerpia, Belgium, no em 2005. Desde 2002 coordena projetos de pesquisa, inclusive três internacionais nos períodos de 2005 a 2007 com os Ministérios de Ciência e Tecnologia Brazil x Alemanha (DAAD). É consultora, da FAPES, da Prociência (UERJ), do PPSUS/DCIT/SCTIE, parecerista para periódicos nacionais e internacionais. Publicou mais de 50 artigos em periódicos especializados e mantém atividade em eventos científicos. Presidente do Comitê Organizador de simpósios na área de Doenças Bacterianas e Fúngicas (SIMBAF) coordenando seis eventos. Orientou, integral ou compartilhada, a formação de docentes e cientistas em dissertações de mestrado e teses de doutorado e pós doutorado, nas áreas de microbiologia, imunologia e educação. Atua na área de biomarcadores imunológicos com vistas ao diagnóstico e marcadores moleculares em populações selecionadas, com ênfase em tuberculose. Na área de ensino atua como docente no Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical do Instituto Oswaldo Cruz. Atuou auxiliando no desenvolvimento de materiais educativos e de tecnologias sociais articulando ciência, arte e saúde. Nas atividades profissionais interage com vários colaboradores, nacional e internacional, em pesquisa e autoria de trabalhos científicos em: imuno-diagnóstico da tuberculose, tipagem molecular em populações selecionadas, clonagem gênica, expressão de proteínas, resposta imune celular e humoral e estudos de Transcriptomica. Tem por linha básica de pesquisa cujo Grupo de Pesquisa intitulado, Micobacterioses: marcadores imunológicos e moleculares.

MOISÉS PALACI

IVY BASTOS RAMIS DE SOUZA

Graduada em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Católica de Pelotas, Especialista em Análises Clínicas pela Faculdade CBES, Mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande e Doutora em Biotecnologia pela Universidade Federal de Pelotas. Realizou estágio doutoral (sanduíche) na Universidade de Ghent (Bélgica) e pós-doutorado na Universidade Federal do Rio Grande. Atualmente é professora adjunta na Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande (FAMED-FURG) e coordenadora adjunta do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da FURG. Participa da Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose (REDE-TB), integrando a área de coordenação de micobacterioses. Participa como docente do Núcleo de Pesquisa em Microbiologia Médica (NUPEMM/FURG). É responsável técnica pelo diagnóstico laboratorial da tuberculose e micobacterioses no Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. Têm experiência nas áreas de Bacteriologia e Biologia Molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: tuberculose, micobacteriose, diagnóstico laboratorial, epidemiologia molecular e resistência.

MIGUEL VIVEIROS

Professor Catedrático em Ciências Biomédicas - Microbiologia Médica, Vice-Director e Presidente do Conselho Pedagógico do Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa. Dedica-se ao estudo e desenvolvimento de novas ferramentas de diagnóstico e terapias alternativas para o tratamento de doenças infeciosas resistentes a fármacos, como tuberculose multirresistente. Especial

ANA PAULA JUNQUEIRA KIPNIS

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Goiás, mestrado e doutorado em Imunologia pela Universidade de São Paulo. Pós- doutorado na Colorado State University- CO- USA, sendo bolsista do NIH. Estágio senior/ pos Doc no Einstein Hospital of Medicine, New York, USA (2012). Atualmente é professor Titular da Universidade Federal de Goiás

NIKOLAI PETROVSKY

Nikolai Petrovsky is Professor of Medicine at Flinders University, an Endocrinologist at Flinders Medical Centre and Research Director of Vaxine Pty Ltd, an Adelaide-based biotechnology company focused on vaccine development. He has held multiple vaccine research grants from the US National Institutes of Health and has authored over 200 peer-reviewed research papers and reviews. He has won several prestigious awards including an Ernst & Young Entrepreneur of the Year Award in 2010. He is currently in the final stages of developing a recombinant protein-based vaccine against COVID-19 known as Covax-19 and Spikogen.

THEOLIS COSTA BARBOSA BESSA

Graduação em Ciências Biológicas (UFBA), pós-graduação em Pesquisa Clínica (PROADI-SUS), mestrado em Imunologia e doutorado em Patologia Humana (UFBA), pós-doutorado pelo European Institute of Oncology, (Milão, Itália). Vice-líder do Grupo de Pesquisa Clínica Fiocruz em Tuberculose e vice-coordenadora da área de vacinas da REDE-TB.

FERNANDO ROGÉRIO PAVAN

Professor Associado e Livre-Docente em Microbiologia pela FCF/UNESP. Pesquisador 1D do CNPq. Coordenou Projeto Jovem Pesquisador da FAPESP publicando em diversas revistas como autor correspondente com destaque a publicação no Journal of Medicinal Chemistry (ACS). Vencedor do premio CAPES-TESE interfarma 2018 e Premio melhor TESE UNESP 2018 como orientador. Líder de grupo de Pesquisa do CNPq: Pesquisa de Novos Fármacos contra Tuberculose. Editor associado da revista Brazilian Journal of Microbiology e convidado das Revistas Frontiers in Microbiology, Frontiers in Cellular and Infection Microbiology e Pharmaceutics. Coordenador da área de Pesquisa de Fármacos contra Tuberculose da REDE-TB. Mantém diversas colaborações fixas por todo o país e no exterior como grupos do King´s College (Londres), Crick Institute (Londres), National Institute of Health (NIH/EUA) e University of Illinois at Chicago (EUA). Presidente da Comissão Permanente em Pesquisa (2016/2017), membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Biociências e Biotecnologia aplicadas à Farmácia (CAPES 7) da FCF/UNESP e orientador de mestrado e doutorado e supervisor de Pós-Doutorado do mesmo programa. Graduou-se em 2004 em Ciências Biomédicas. Defendeu o Mestrado e Doutorado em 2008 e 2011 na FCF/UNESP. Durante o doutorado realizou estágio "SANDUICHE" no "Institute for Tuberculosis Research" localizado na University of Illinois at Chicago/USA em 2010. Um dos artigos gerados no doutorado, como autor principal, conta hoje com mais de 200 citações. Em 2011 iniciou o pós-doutorado na FCF/UNESP concluído em 2012. Tem como principal linha de pesquisa a busca de novos fármacos contra Tuberculose ("TB drug discovery"). Fator H em Maio de 2021=27.

KATIANY RIZZIERI CALEFFI FERRACIOLI

Farmacêutica bioquímica, formada pela Universidade Estadual de Maringá, com mestrado em Biociências e Fisiopatologia e doutorado em Ciências da Saúde pela mesma universidade. Fez pós-doutorado no programa de Pós-Graduação em Biociências e Biotecnologia/FCF-UNESP-Araraquara, São Paulo. Atualmente é professora da cadeira de Bacteriologia Clínica pertencente ao Departamento de Análises Clínicas e Biomedicina da Universidade Estadual de Maringá. É líder do grupo de pesquisa no CNPq “Estudo de mecanismos de indução de resistência em micobactérias” e membro do grupo do NAPI da REDE Genômica do Paraná. Atua na área de Bacteriologia médica com ênfase nas linhas de pesquisas: diagnóstico laboratorial, detecção de resistência e epidemiologia da tuberculose, expressão gênica e proteômica, e estudo de novos compostos com ação em Mycobacterium tuberculosis e micobactérias não tuberculosas.

MARCUS VINICIUS NORA DE SOUZA

Mestrado em Química (UFMG); doutorado em Química - Universite de Paris XI - França com estágio na faculdade de farmácia da Universidade de Barcelona - Espanha. 3 Pós-doutorados: 1) University of Florida - USA; 2) UFJF - MG; 3) Genzyme - Boston - USA. Professor visitante (NIH) - Washington - USA. Líder do grupo de pesquisa SSCDT (Síntese de Substâncias no Combate à Doenças Tropicais) FIOCRUZ.

PEDRO EDUARDO ALMEIDA SILVA

Professor Titular de Microbiologia Médica da FURG. Coordenador da Área de Diagnóstico da REDE TB. Atua em projetos nas temáticas de diagnóstico, mecanismos de resistência aos antimicrobianos, desenvolvimento de novas plataformas diagnósticas e antimicrobianos relacionados ao Mycobacterium tuberculosis, M. avium e M. abscessus.

MARCIO V. B. DIAS

Graduação em ciências biológicas - UNESP - São José do Rio Preto 2004 Doutorado em Biofísica Molecular - UNESP - São José do Rio Preto 2007 Pos-doutorado no Departamento de Bioquímica da Universidade de Cambridge - 2007-2011 Jovem Pesquisador - Laboratório Nacional de Biociências - 2012-2014 Professor Doutor - ICB-USP 2014-2021 e Professor Associado em 2021 Professor Assistente Universidade de Warwick - 2019-2020 Professor Honorário - Universidade de Warwick - 2021

CRISTIANA TOSCANO

Possui graduação em Medicina pela Universidade de São Paulo (1994), mestrado em Doenças Infecciosas e Parasitárias também pela USP, doutorado em Epidemiologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e pós-doutorado em Avaliação de Tecnologias em Saúde pela UFRGS. Especialista em epidemiologia de campo pelo programa Epidemic Intelligence Service (EIS) do Centers for Disease Control and Prevention (CDC) de Atlanta, EUA e especialista em economia da saúde pela Universidade de York do Reino Unido. Atuou por mais de uma década em saúde pública internacional, com ênfase em epidemiologia de doenças imunopreveníveis e vacinação, tendo trabalhado em organizações internacionais em diversas instâncias – incluindo o CDC, a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) em Genebra. Desde 2010 é professora da Universidade Federal de Goiás (UFG), atualmente vice-chefe do departamento de saúde Coletiva. Participa de diversos comitês nacionais e internacionais da área de imunizações, como especialista incluindo o Comitê Técnico-Assessor para Vacinas e Vacinação (TAG) da Organizanção Pan-Americana da Saúde (Opas) e do Grupo de Trabalho para Vacinas COVID-19 do Grupo Estratégico Internacional de Experts em Vacinas e Vacinação (SAGE) da Organização Mundial da Saúde (OMS).

OTAVIO RANZANI

Otavio Ranzani é médico e epidemiologista, tendo como área principal de pesquisa infecções respiratórias, como pneumonia, tuberculose e COVID-19. É especialista em Medicina Intensiva pela USP e formação em epidemiologia na London School of Hygiene & Tropical Medicine.

JÚLIO HENRIQUE ROSA CRODA

Possui graduação em Medicina pela UFBA, residência médica em Infectologia e doutorado pela USP. É professor associado da Faculdade de Medicina da UFMS e Yale School of Public Health; e Especialista em C&T Produção e Inovação em Saúde Pública da FIOCRUZ, Mato Grosso do Sul. Foi diretor do DEIDT da SVS de 2019 a 2020. Atualmente é coordenador Adjunto da área de medicina II do CAPES.

LINO NEVES DA SILVEIRA

Médico, infectologista com residência médica pelo Instituto de Infectologia Emílio Ribas, mestrando do programa de pós-graduação em doenças infecciosas da Universidade Federal do Espírito Santo, pesquisa na área de transmissão vertical do HIV. Consultor técnico na Coordenação Geral de Vigilância das Infecções Sexualmente Transmissíveis, no Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis, da Secretaria de Vigilância em Saúde/Ministério da Saúde.

CARMEN SILVIA BRUNIERA DOMINGUES

Médica pediatra, sanitarista, mestre em ciências na área de epidemiologia e doutoranda em epidemiologia na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. Coordenadora das Ações para a Eliminação da Transmissão Vertical do HIV e Sífilis no Programa Estadual de IST/aids de São Paulo e Consultora no Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis do Ministério da Saúde atuando junto a Coordenação Geral de Infecções Sexualmente Transmissíveis, na área de Transmissão Vertical do HIV, Sífilis e Hepatites Virais.

LUIZ FÁBIO MAGNO FALCÃO

Atua na área de doenças infecciosas e parasitárias na Amazônia através de pesquisas transdisciplinares relacionadas à fisiopatologia de agentes infecciosos, correlacionando com os aspectos clínicos, laboratoriais, de imagem e reabilitação. Concluiu o Doutorado em Virologia pelo Instituto Evandro Chagas (2016) e Estágio Pós Doutoral (2020) pelo Programa de Pós Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários (PPGBAIP-ICB) da UFPA (CAPES 6). É Professor permanente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biologia Parasitária da Amazônia (PPGBPA UEPA/Instituto Evandro Chagas) e Professor efetivo da Universidade do Estado do Pará (UEPA). Atualmente é Coordenador Stricto Sensu da UEPA e membro do Conselho Superior e da Câmara de Assessoramento Científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Pará (FAPESPA). Colabora como revisor dos seguintes periódicos científicos: Frontiers in Microbiology (Fator de impacto 4.235), Reviews in Medical Virology (Fator de impacto 4.221), Mediators of Inflammation (Fator de impacto 3.758), Microbial Pathogenesis (Fator de impacto 2.914) e American Journal of Physical Medicine & Rehabilitation (Fator de impacto 1.838).

HELLEN THAIS FUZII

Possui graduação em Farmácia e bioquímica pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas Oswaldo Cruz, mestrado em Microbiologia, Imunologia e Parasitologia pela Universidade Federal de São Paulo e doutorado em Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente, é docente associado IV da Universidade Federal do Pará, é coordenadora do curso de pós-graduação em Doenças Tropicais – UFPA e coordena o laboratório de Imunopatologia do Núcleo de Medicina Tropical -UFPA. Atua na área de imunopatologia das doenças tropicais, com ênfase em resposta imunológica frente a agentes infecciosos e autoimunidade.

MARIA ALICE FREITAS QUEIROZ

LEILA SAWADA

Bacharel em Biomedicina pela Universidade Federal do Pará (UFPA, Brasil), Mestre em Life and Environmental Sciences, pelo departamento de Engenharia do Chiba Institute of Technology (Japão). Ph.D em Medical Science pelo departamento de Imunoterapêuticas da Tokyo Medical and Dental University. Pós-Doutorado em Virologia pelo Instituto Evandro Chagas. Atualmente atua como colaboradora pela Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Saúde (FIOTEC) no Instituto Evandro Chagas. No campo de pesquisa, tem experiência em sinalização molecular, resposta imunológica em infecções virais e diagnóstico de infecções virais.

JOSÉ MAURO PERALTA

Professor Emérito da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Possui graduação em Medicina pela Universidade Gama Filho (1975), mestrado (1979) e doutorado em Ciências (Microbiologia) (1986), ambos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pós-doutorado pela Georgia State University e Centers for Disease Control and Prevention (CDC), Atlanta, USA (1993-1995). Pesquisador do I do CNPq desde 1983. Presidente da Sociedade Brasileira de Parasitologia (eleito para o período de 2019 a 2021). Tem experiência nas áreas de Doenças Infecciosas e Imunologia, atuando principalmente no desenvolvimento e avaliação de métodos aplicados ao diagnóstico laboratorial de doenças infecciosas e na caracterização molecular de agentes infecciosos. Já orientou 26 teses de mestrado e 21 teses de doutorado. Publicou 145 trabalhos em revistas de reconhecimento internacional. Ingressou como docente da UFRJ em 1975. Atuou como Professor Titular de 1998 a 2018 e atualmente é Professor Colaborador Voluntário do Instituto de Microbiologia Paulo de Góes da UFRJ.

MARIA FANTINATTI FERNANDES DA SILVA

Doutora em ciências pelo programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical do IOC/Fiocruz, mestre em ciências pelo programa de Pós-Graduação em Biologia Parasitária do IOC/Fiocruz e graduada em Ciências Biológicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Atualmente, é bolsista Faperj Nota 10 de pós-doutorado e vem atuando na linha de pesquisa Parasitoses Intestinais de Importância Médica, com ênfase em giardíase, no Laboratório Interdisciplinar de Pesquisas Médicas (LIPMED)/Fiocruz. Tem estudado caracterização e epidemiologia molecular, resistência parasitária e patogênese da infecção por Giardia lamblia.

RONALDO CESAR BORGES GRYSCHEK

Professor Associado de Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da FMUSP Chefe do Laboratório de Investigação Médica (LIM 06) "Imunopatologia da Esquistossomose e outras enteroparasitoses", do Hospital das Clínicas da FMUSP Chefe da Seção Técnica de Helmintologia e Imunopatologia do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Responsável pelo Ambulatório de Esquistossomose e Enteroparasitoses do Hospital das Clínicas da FMUSP Orientador no Programa de Pós Graduação em Doenças Infecciosas e Parasitárias da FMUSP Orientador no Programa de Pós Graduação "Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro" do Instituto de Ciências Biomédicas da USP

SILVANA CARNEVALE

MARGARETH DALCOLMO

Margareth Dalcolmo , MD , PhD é pneumologista e pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz, Doutora em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo. Membro de Comissões Científicas das Sociedades Brasileiras de Pneumologia e Tisiologia e de Infectologia, da REDE TB de Pesquisa em Tuberculose e membro do Steering Committee do Grupo denominado RESIST TB, da Boston Medical School. Integra também o Exp

ELIANA VIEIRA PINTO DA SILVA

Eliana Viera Pinto da Silva, farmacêutica bioquímica graduada pela UFPA, doutorado pelo curso de Biologia dos Agentes Infecciosos e Parasitários (BAIP/UFPA), pesquisadora do Instituto Evandro Chagas, responsável técnica pelo laboratório de isolamento viral da Seção de Arbovirologia e Febres Hemorrágicas.

JANNIFER OLIVEIRA CHIANG

Arbovirologista da Seção de Arbovirologia e Febres Hemorrágicas do Instituto Evandro Chagas, com experiência na área de caracterização viral, testes sorológicos para diagnóstico de arbovírus e estudos experimentais.

ROSÁLIA MORAIS TORRES

Médica Professora Associada da Faculdade de Medicina da UFMG Coordenadora do Centro de Tecnologia em Saúde da Faculdade de Medicina da UFMG

ROBERTO MAGALHÃES SARAIVA

Pesquisador Titular em Saúde Pública do Instituto Nacional de Infectologia/ Fundação Oswaldo Cruz. Cardiologista com Doutorado pela UNIFESP.

ELISABETH FRANÇA

Elisabeth França, MD, ScD Professora Associada Convidada-PPSP/FM/UFMG Líder do Grupo de Pesquisa GPEAS/UFMG Coordenadora do Projeto D4H Brasil-Fase 2/Vital Strategies Belo Horizonte, Brasil

LIGIA KERR

CAROLINA FAUSTO DE SOUZA COUTINHO

Atualmente é Pesquisadora de Pós-Doutorado do Centro de Estudo de Política e Economia do Setor Público da Fundação Getúlio Vargas (CEPESP/FGV). É Doutora e Mestre em Epidemiologia em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP/FIOCRUZ), na área de concentração de Epidemiologia das Doenças Transmissíveis. Atuou como Pesquisadora Associada no Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (ICICT/FIOCRUZ), onde coordenou e desenvolveu pesquisas epidemiológicas com populações vulneráveis na interface com infecções sexualmente transmissíveis e saúde mental. Têm experiência na área de Saúde Pública, com ênfase em Epidemiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Epidemiologia, doenças infeciosas/ transmissíveis, prevenção e uso de substâncias psicoativas, saúde mental e populações vulneráveis.

ILIANO VIEIRA COUTINHO ABREU GOMES

Iliano Coutinho-Abreu received his B.S. in Biology and M.S. in Genetics from the Federal University of Pernambuco (Brazil). In 2011, Iliano Coutinho-Abreu finished his PhD in Entomology at Kansas State University, with the dissertation entitled “Molecular aspects of sand fly-based vaccine development”. In the same year, Dr. Coutinho-Abreu joined the Ray Lab at UC Riverside as a postdoc to investig

NAGILA FRANCINETE COSTA SECUNDINO

Possui graduação em Ciências biológicas (1995), Mestrado e Doutorado em ciências (2003) pelo Curso de Pós graduação em Biologia celular e Molecular da Fundação Oswaldo Cruz. Pós Doutoramento no National Institute of Health-NIH/ NIAID no Laboratory of Parasitic diseases, com ênfase em Parasitologia de insetos vetores transmissores de Leishmanioses. Atualmente e Pesquisadora do Centro de Pesquisas René Rachou/ Fiocruz atua com interacao Patogeno/vetor.

ANTONIO JORGE TEMPONE

YARA MARIA TRAUB-CSEKO

A palestrante fez seu doutorado na Columbia University em New York. É pesquisadora do Instituto Oswaldo Cruz, Fiocruz desde 1983, onde trabalha com vários aspectos da interação molecular entre o vetor Lutzomyia longipalpis, o principal vetor da leishmaniose visceral no Brasil, e patógenos, principalmente a Leishmania.

LUCAS CHRISTIAN DE SOUSA-PAULA

Biólogo pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (Sobral, Ceará) e mestre em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Pernambuco (Recife, Pernambuco). Atualmente é doutorando em Ciências no Instituto Aggeu Magalhães (Fiocruz Pernambuco). Possui experiência com artrópodes vetores de doenças e bioinformática aplicada à análise de dados moleculares, com ênfase nos seguintes tópicos: complexo de espécies de vetores de doenças; biologia de vetores; análise de dados moleculares; genética de populações; e sequenciamento de nova geração.

MIRIA GRUNVALD

Cardiologia por imagem - na Clínica Octávio Lobo, Clínica Iketani, Hospital Adventista de Belém e Hospital Unimed Prime Cardiologia intervencionista - Hospital das Clínicas Gaspar Viana ( responsável pela residência de Hemodinamica), Hospital Amazônia, Hospital Unimed Prime e Hospital Adventista de Belém

JORGE KALIL

Jorge Kalil é Professor Titular de Imunologia Clínica e Alergia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), diretor do serviço de mesmo nome no Hospital das clínicas e Diretor do Laboratório de Imunologia, Instituto do Coração. Ele é professor adjunto da Faculdade de Medicina da George Washington University, DC e, da Faculdade de Medicina da Case Western Reserve University, Cleveland, Ohio, ambas nos EUA. Representa o Brasil no Instituto de Engenharia Genética e Biotecnologia (ICGBE), órgão da ONU. Desde 2001, coordena o iii-Instituto de Investigação em Imunologia, um dos INCTs (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia). É pesquisador 1A do CNPq. Além disto, é codiretor do Centro de Excelência da FOCIS (Federação das Sociedades de Imunologia Clínica) em São Paulo, Diretor Presidente do Instituto Todos pela Saude (ItpS) e membro do Conselho da Plataforma USP/Instituto Pasteur. É membro do Data and Safety Management Board do governo norte- americano para supervisão de todas vacinas anti-COVID-19 testadas nos EUA e do IPG, Independent Production Group da iniciativa COVAX, OMS, CEPI e GAVI para aceleração de vacinas anti COVID no mundo. Graduado em Medicina (1977), é mestre em Imunologia e Imunogenética e Doutor em Ciências em Biologia Humana (Imunologia), ambos pela Universidade de Paris

ISABELA NEVES DE ALMEIDA

Biomédica. Mestre e Doutora em Medicina Tropical e Infectologia pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professora Adjunta de Microbiologia Clínica na Faculdade de Farmácia da Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP/MG. Atuou como professora Titular de Microbiologia Clínica, na Faculdade de Minas FAMINAS-BH de 2019 a 2020. A pesquisadora foi bolsista na categoria DTI-A no projeto INCT-TB (380279/2019-3) e atuou no Laboratório de Pesquisa em Micobactérias da UFMG. Atualmente, atua como professora microbiologista no Laboratório Piloto de Análises Clínicas da Escola de Farmácia da Universidade Federal de Ouro Preto - LAPAC. Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Cândidas e Candidíase.

JOÃO RUBEN LUCAS MOTA PERDIGÃO

J. Perdigão has joined the Retrovirus and Associated Infections Unit (URIA) within the Center for Molecular Pathogenesis of FFUL in 2005 as a post-graduate student until obtaining his PhD in 2013, after which he became a Post-Doctoral Fellow (FCT) at iMed.ULisboa. Since 2015 he is an Invited Professor at ECTS/ULHT where he teaches and coordinates the Parasitology and Mycology curricular unit that is part of the curriculum of the Integrated Master’s Degree in Pharmaceutical Sciences. He is, since 2019, PI and co-head of the Bacterial Pathogenomics and Drug Resistance Laboratory at the Research Institute for Medicines (iMed.ULisboa) from the University of Lisbon. The primary research relies on the study of the evolution of Mycobacterium tuberculosis multidrug resistant strains and genomic epidemiology/comparative genomics of clinical isolates circulating in Portugal and Portuguese-speaking countries such as Brazil, Angola, Guinea-Bissau or Mozambique. Additionally, the research area also includes the study of bacterial persistence/latency associated mechanisms leading to drug tolerance in vivo, including global transcriptomic profiling of different M. tuberculosis strains under latency models. Another area of interest lies upon the study of antimicrobial resistance and diversity of Gram-negative bacterial species (e.g. Klebsiella pneumoniae and Neisseria gonorrhoeae) using state of the art High Throughput Sequencing technologies (e.g. Illumina and PacBio).

DENISE GARRETT

Dra. Denise Garrett é vice-presidente de Epidemiologia Aplicada do Instituto de Vacinas Sabin em Washington, nos Estados Unidos. Nessa função, ela dirige uma equipe focada na geração de evidências epidemiológicas para informar a tomada de decisão sobre vacinas e aumentar o impacto da imunização. Desde que se ingressou no Sabin em 2015, ela liderou com sucesso vários projetos de pesquisa, incluindo estudos de eficácia e efetividade de vacinas em vários países. Antes de se ingressar no Sabin, a Dra. Denise trabalhou nos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos como médica epidemiologista por mais de 23 anos, onde se concentrou em doenças infecciosas, respondendo a surtos e epidemias, e liderando diversos projetos de pesquisa em vários países, incluindo o Brasil. Durante 2000-2007, Dra. Denise foi consultora do CDC para o Ministério da Saúde brasileiro, participando na implementação do Programa de Treinamento em Epidemiologia de Campo aplicado aos serviços do SUS - EPISUS. A Dra. Denise tem mais de 100 publicações profissionais em revistas científicas de alto impacto, e frequentemente apresenta e participa de painéis em conferências e congressos internacionais.

WUELTON MARCELO MONTEIRO

FAN HUI WEN

Médica infectologista, com doutorado em Saúde Coletiva. Trabalha no Instituto Butantan desde 1992, com experiência no atendimento a pacientes acidentados por animais peçonhentos, vigilância em saúde, produção e utilização de antivenenos. Atualmente é gerente de produção de imunoglobulinas derivadas de equinos.

JAMES LEE CRANEY

O Dr. James Lee Crainey fez graduação (1999) e doutorado (2004) na área de genética; estudando na Queen Mary, universidade de Londres. Entre 2004 e 2011 trabalhou como pós-doutorado na Queen Mary, na London School of Hygiene and Tropical Medicine e no Natural History Museum (Londres). No final de 2011, mudou-se para Manaus para começar a trabalhar como pesquisador visitante na Fiocruz, ILMD e desde 2019 o Dr. Crainey é servidor público em “Parasitos e Vetores de filarioses da Amazônia e seus respectivos endosimbiontes” neste mesmo instituto. Por mais de 20 anos, Dr. Crainey estudou a genética dos parasitas filariais e seus vetores. Desde que se mudou para Manaus, o interesse dele tem o foco nos parasitas filariais e seus vetores da região amazônica.

SÉRGIO LUIZ BESSA LUZ

Possui graduação em Ciências Biológicas, mestrado em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e doutorado em Biologia Parasitária pela Fundação Oswaldo Cruz . Atualmente é Pesquisador Titular da Fundação Oswaldo Cruz no Instituto Leônidas e Maria Deane em Manaus - Amazonas. Atua principalmente em ecologia de doenças transmissíveis na Amazônia. Ênfase em taxonomia de vetores de agentes patogênicos, nas ferramentas para diagnóstico molecular dos patógenos em vetores e em amostras clínicas e metodologias de controle de vetores.

FLOR ERNESTINA MARTINEZ ESPINOSA

ANTÔNIO MARCOS MOTA MIRANDA

Graduação em Licenciatura Plena em Biologia, Graduação em Medicina, Especialização em epidemiologia, Mestrado em Clínica das Doenças Tropicais e Doutorado em Saúde Coletiva. Atualmente é Médico - Pesquisador da Seção de Meio Ambiente e Coordenador do Ambulatório de Pesquisa Clínica em Saúde Ambiental no Serviço de Atendimento Unificado do Instituto Evandro Chagas. Participa do Programa de Pós-graduação no Mestrado de Epidemiologia e Vigilância em Saúde do Instituto Evandro Chagas como Docente Permanente e Orientador. É Docente e Orientador do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) - Campus Belém na Área de Saúde Pública e Membro do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos. Têm experiência na área de Saúde Pública e Toxicologia Humana - Ambiental de Metais e Agrotóxicos na Amazônia.

KLEBER GIOVANNI LUZ

Possui graduação em MEDICINA pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1986), mestrado em Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria pela Universidade Federal de São Paulo (1999) e doutorado em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Universidade de São Paulo (2006). Atualmente é professor Associado III da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Consultor internacional da Organização PanAmericana da Saúde para arboviroses - Washington. Tem experiência na área de Doenças Tropicais, atuando principalmente nos seguintes temas: doenças infecciosas e parasitárias, sepse, infecção hospitalar, arboviroses, hapatites virais e infecção pelo HTLV 1&2.

JOÃO CARLOS PINA SARAIVA FILHO

Médico Hematologista pela Universidade de São Paulo ( USP) Especialista em Transplante de Medula Óssea pelo Hospital Israelita Albert Einstein ( HIAE) Atualmente, atua como Médico Hematologista no Instituto de Hematologista e Hemoterapia de Belém (IHEBE) e no Hospital Ophir Loyola

MARCELO ADRIANO DA CUNHA E SILVA VIEIRA

Neurologista assistente do Instituto de Doenças Tropicais Natan Portella, em Teresina - Piauí Mestre em Ciências e Saúde e Doutor em Virologia. Coordenador do Programa de Vigilância dos Agravos Neurológicos da Fundação Municipal de Saúde de Teresina e da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí. Consultor técnico externo da Coordenação Geral de Arboviroses do Ministério da Saúde.

CARLOS HENRIQUE NERY COSTA

ROSELY MARIA ZANCONE OLIVEIRA

Possui graduação em Ciências Biológicas (Modalidade Médica) pela Organização Educacional Barão de Mauá (1977), mestrado em Biologia Parasitária pela Fundação Oswaldo Cruz (1985), doutorado em Ciências (Microbiologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1993) e Pós-doutorado pelo Centers for Disease Control and Prevention(1996), Atlanta USA. Atualmente é pesquisador titular da Fundação Oswaldo Cruz e atua como Vice-Diretora de Pesquisa do Instituto Nacional de Infectologia do INI. Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Micologia, atuando principalmente nos seguintes temas: histoplasmose, paracoccidioidomicose, candidíase, esporotricose onde sua maior atuação se volta para o diagnóstico laboratorial e epidemiologia destas micoses. É líder do grupo de pesquisa no CNPq intitulado Biologia Molecular aplicada ao Diagnóstico e Epidemiologia das Micoses Humanas e responsável pelo Laboratório Nacional de Referência em Micoses Sistêmicas associado a CGLAB/MS.

FLÁVIA JACQUELINE ALMEIDA

Professora assistente de pediatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de SP. Infectopediatra da Santa Casa de SP e do Hospital Infantil Sabará

ANA CAROLINA MARCO DE LA BARRA

Formada em medicina, pediatria e infectopediatria pela Escola Paulista de Medicina - UNIFESP. Médica do corpo clínico do Instituto de Infectologia Emilio Ribas e Telemedicina do Hospital Israelita Albert Einstein.

PAUL JENSEN

MD, PHD

Professora Associada do Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da USP Coordenadora do Ambulatório de Hepatites Virais da Divisão de Moléstias Infecciosas do Hospital das Clínicas da FMUSP Responsável pelo Laboratório de Investigação Médica em Virologia (LIM 52) -Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Diretora Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

JÖRG HEUKELBACH

Possui graduação em Medicina pela Universidade de Aachen (Alemanha), Diploma em Tropical Medicine and Public Health (DTMPH) e Master of Science in International Health (MScIH) pela Universidade Charité/Humboldt (Alemanha), além de Doutorado em Farmacologia pela Universidade de Aachen (Alemanha) e Pós-Doutorados pela Universidade de James Cook (Austrália) e pela Universidade de Düsseldorf (Alemanha). É Professor PROPAP da Universidade Federal do Ceará (Programa de Pós-graduação em Saúde Pública). Foi Adjunct Professor da Universidade James Cook (2006-2019). Foi Diretor-Presidente da Fundação de Educação e Saúde Mandacaru (Fortaleza - CE, 2002-2012). Publicou >300 artigos em revistas indexadas e capítulos de livros. É parecerista de 80 periódicos internacionais, incluindo as revistas New England Journal of Medicine e The Lancet. É Editor-in-Chief da revista One Health and Implementation Research, Editor Científico do Journal of Infection in Developing Countries, membro do corpo editorial de várias revistas científicas internacionais, e editor de vários livros. Atua principalmente na área de epidemiologia e controle de Doenças Tropicais Negligenciadas, no âmbito da abordagem One Health.

ALBERTO NOVAES RAMOS JÚNIOR

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ, 1995), especialização (Residência Médica) em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela UFRJ (1999), especialização (Título de Especialista) em Medicina de Família e Comunidade pela Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade & Associação Médica Brasileira (2004), mestrado em Saúde Coletiva (Epidemiologia) pela UFRJ (2001) e doutorado em Ciências Médicas (Epidemiologia e Avaliação em Saúde) pela Universidade Federal do Ceará (UFC, 2011). Professor Associado II da UFC (Faculdade de Medicina, Departamento de Saúde Comunitária). Ex-coordenador do Programa de Pós-graduação em Saúde Pública (mestrado acadêmico) da UFC (2012-2014, 2019-2020). Ex-coordenador do Doutorado em Saúde Coletiva pela UFC (2016-2019) modalidade associação ampla (UECE/UFC/UNIFOR) do qual foi membro do colegiado desde 2012. Membro do colegiado do Mestrado em Saúde Pública da UFC desde 2011, e desde 2015, do Doutorado. Membro e ex-coordenador (2011-2012, 2013-2014, 2015-2016) da Rede Brasileira de Atenção e Estudos em Co-Infecção Trypanosoma cruzi e HIV. Membro da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO). Membro da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (SBMT), da qual é sócio e ex-membro da Diretoria 2015-2017, com atuação nos GTs de Educação Médica, Atenção Primária à Saúde e Comunicação. Membro Fundador da Associação Cearense de Medicina de Família e Comunidade. Editor Associado das revistas Cadernos de Saúde Pública (ENSP-Fiocruz), Cadernos Saúde Coletiva (IESC-UFRJ), Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC) e PLoS Neglected Tropical Diseases. Membro do Conselho Editorial da Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção (UNISC) e membro do Corpo Editorial da Revista de Medicina da UFC e da Revista de Saúde Digital e Tecnologias Educacionais (UFC).

PAOLA MARCHESINI

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina (1983), mestrado em Medicina Comunitária - Universitat Heidelberg (Ruprecht-Karls) (1993) e doutorado em Demografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1999) e Princeton University(sanduiche). Atualmente fazendo pós-doutorado no Núcleo de Medicina Tropical da Universidade de Brasília. Trabalhou como consultora de malária na Organização Mundial de Saúde, Genebra, de 1999 a 2004 e na Organização Pan-Americana da Saúde em Brasília de 2005 a 2008.Trabalha desde 2008 no Programa Nacional de Controle de Malária do Ministério da Saúde do Brasil.

ELISABETH CARMEN DUARTE

Elisabeth Carmen Duarte é Doutora em Epidemiologia e Bioestatística pela McGill University - Montreal, Canadá (concluído em 2000), cuja tese foi intitulada: Previous exposure dependent factors related to protection against malaria in a Brazilian Amazon migrant population: an open cohort study. Possui Mestre em Epidemiologia e Bioestatística também pela McGill University - Montreal, Canadá (concluído em 1994), cuja dissertação foi intitulada: Randomized controled trial of Artesunate tablets plus Primaquine versus standard treatment (Quinine plus Tetracycline) of P. falciparum malaria. Possui especializações em Epidemiologia (UFMT, MT, Brasil) e Entomologia Médica (Pará, Brasil) e cursos de aperfeiçoamento em Análises de Sobrevida (Goiás, Brasil), Epidemiologia Social (Florença, Itália) e Inquérito de Saúde em Escolares (Ministrado pelo CDC - EUA). Possui graduação em Biologia pela Universidade Federal de Uberlândia (concluída em 1983). Atualmente é docente da Universidade de Brasília (UnB - Faculdade de Medicina / Área de Medicina Social) com inserção na graduação do Curso de Medicina e nos Mestrados e Doutorados em Medicina Tropical, com área de concentração em Epidemiologia das Doenças Infecciosas da Faculdade de Medicina da UnB. Possui experiência na área de métodos epidemiológicos, atuando principalmente nos seguintes temas: epidemiologia e controle das doenças infecciosas e parasitárias, epidemiologia social e desigualdades em saúde, estudo das causas de mortes evitáveis por ações dos serviços de saúde e avaliação da efetividade das ações e programas de saúde.

MARTA HELOISA LOPES

Professora Associada do Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da USP. Médica Responsável pelo Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE) do Hospital das Clínicas da FMUSP

ILMA PASTANA FERREIRA

Prf ILMA PASTANA FERREIRA, enfermeira, doutora pela Escola de Enfermagem Anna Nery/Universidade Federal do Rio de Janeiro, docente da Escola de Enfermagem Magalhães Barata da Universidade do Estado do Pará. Presidente da Associação Brasileira de Enfermagem, seção Pará, gestão 2020-2022. Vice-reitora da Universidade do Estado do Pará, gestão 2021-2025.

MARIA DE NAZARÉ ALVES DE LIMA

DEMÓCRITO MIRANDA

CELINA MARTELLI

Celina Maria Turchi Martelli Pesquisadora visitante no Instituto Aggeu Magalhães (Fiocruz-PE) e Bolsista de Produtividade do CNPq. Membro da Academia Brasileira de Ciências (2018) e da Academia Pernambucana de Ciências (2019). Formada em Medicina pela Universidade Federal de Goiás (1981); mestrado em epidemiologia pela London School of Hygiene & Tropical Medicine (Reino Unido) e PhD em saúde pública pela Universidade de São Paulo (USP). Membro do Instituto de Avaliação de Tecnologia em Saúde (IATS). Coordena Grupo de Pesquisa de Epidemia da Microcefalia, em Recife (PE), com projetos de pesquisa na área de infecção pelo vírus Zika desde 2015. Recebeu a nominação de revista Nature como uma das 10 cientistas mais importantes em 2016 e da TIME dentre as 100 pessoas mais influentes em 2017 na categoria de Pioneiros pela atuação na epidemia de Zika no Brasil. Área de pesquisa em epidemiologia das doenças infecciosas. ORCID# 0000-0002-2491-0688, http://lattes.cnpq.br/5867052489026059 Dr. Celina Maria Turchi Martelli is a visiting researcher at Instituto Aggeu Magalhães, FIOCRUZ-Pernambuco, Brazil, and a Member of the Brazilian Academy of Science (2018). Dr. Turchi Martelli’s research focuses mainly on the epidemiology of communicable diseases. She is one of the founders of the Microcephaly Epidemic Research Group (MERG), based in the Northeast of Brazil, that aims to investigating ZIKV infections in pregnant women and Congenital Zika Syndrome in children. She was awarded by Nature in 2016 as one of the 10 most important scientist and by the Time in 2017 as the 100 most influential people in the category of pioneers for the research activities during the Zika pandemic. She receives CNPq Scholarship in Research Productivity and a member of the Institute of Health Technology Evaluation (IATS- https://www.iats.com.br/)

VIVIAN AILT

Formada em Medicina pela Faculdade de Medicina da USP, com residência em Pediatria pela Faculdade de Medicina da USP, especialização em Epidemiologia para Serviços de Saúde pela Faculdade de Saúde Pública/USP, coordenadora do Núcleo de Doenças Transmitidas por Vetores e outras Zoonoses/Coordenadoria de Vigilância em Saúde – COVISA/SMS- SP, de 2009 a fevereiro de 2021. Participou das investigações e elaboração dos protocolos de vigilância da esporotricose no município de São Paulo. Atualmente, colaboradora da Divisão de Dengue, Chikungunya e Zika/Centro de Vigilância Epidemiológica“Prof. Alexandre Vranjac” – CVE/Coordenadoria de Controle de Doença/SES -SP

MIONI THIELI FIGUEIREDO MAGALHÃES DE BRITO

Possui graduação em Biomedicina pela Universidade Federal do Pará (1998), mestrado em Doenças Tropicais pela Universidade Federal do Pará (2005) , doutorado em Doenças Tropicais pela Universidade Federal do Pará (2011) e pós doutorado em Tecnologia Farmacêutica, pela Universidade Federal do Pará (2012). Atualmente é Professora Associado I, da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal do Pará, onde desenvolve projetos de extensão voltados à comunidades ribeirinhas, projetos de pesquisa em epidemiologia de Cryptococcus e Dermatófitos e atua nas disciplinas de Micologia e Epidemiologia, para a graduação. É pesquisadora visitante do Ambulatório de Dermatologia do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde da Universidade do Estado do Pará, atuando no Laboratório de Micologia. Faz parte do corpo docente permanente com a linha de diagnóstico micológico e tecnologias educacionais para Análises Clínicas e Micologia.e coordena o Programa de Pós Graduação em Análises Clínicas (PPGAC) - Mestrado Profissional em Análises Clínicas (MAC-PRO), do Instituto de Ciências Biológicas da UFPA.

MARCELO HENRIQUE SANTOS PAIVA

É professor de genética da Universidade Federal de Pernambuco (CAA-NCV) desde 2015, mestre (2006) e doutor em Ciências pela FIOCRUZ-PE (2013), com passagens pelo Centros de Controle de Doenças e Prevenção (CDC-Atlanta) e Universidade de Notre Dame (Indiana-EUA). É docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Entomologia (UFRPE) e do Programa em Biociências e Biotecnologia em Saúde da FIOCRUZ-PE. Tem desenvolvido projetos envolvendo ferramentas genômicas para o estudo da interação arbovírus-vetor e da resistência a inseticidas químicos em mosquitos.

PAULO PIMENTA

GABRIELA OLIVEIRA PAIVA

ANA CRISTINA BAHIA NASCIEMNTO

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Bahia (2003), mestrado em Ciências da Saúde, subárea Biologia Celular e Molecular pelo Instituto René Rachou (2006), doutorado em Biologia Celular e Molecular pelo Instituto Oswaldo Cruz (2010) e pós-doutorado na Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health (2012). Hoje é professora adjunta do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho e Jovem Cientista do Nosso Estado pela Faperj. Tem experiência na área de Biologia Celular e Molecular, Imunologia e Microbiologia. Atua principalmente nos seguintes temas: Morfologia externa e órgãos sensoriais de vetores; imunidade de insetos transmissores de patógenos humanos; interação trilateral entre vetores-patógenos-microbiota.

RODRIGO FABIANO DO CARMO SAID

Pós graduado em Engenharia Sanitária pela Universidade Federal de Minas Gerais atuou como Subsecretário de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais e como Coordenador do Programa Nacional de Vigilância das Arboviroses. Atualmente atua como Consultor Nacional da Organização Panamericana de Saúde na Unidade Técnica de Vigilância, Preparação e Resposta às Emergências em Saúde e Desastres.

ALESSANDRO LEONARDO ALVARES MAGALHÃES

Médico, formado pela Universidade Federal de Goiás, especialista em Saúde da Família e Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Federal de Goiás. Médico Regulador de Goiânia, atualmente licenciado, e médico auditor de Sistemas de Saúde da Secretaria Estadual de Saúde de Goiás cedido ao município de Aparecida de Goiânia, onde atualmente exerce a função de Secretário de Saúde, há 03 anos.

FERNANDO BOZZA

ELIANA APARECIDA MORI HONAIN

Enfermeira formada pela USP Ribeirão Preto. Docente do Curso de Medicina da UNIARA de Araraquara. Profissional de carreira do município de Araraquara há 35 anos. Secretária de Saúde do Município de Araraquara pela quarta vez.

ALESSANDRE DE JESUS BELTRÃO GUIMARÃES

Médico infectologista pela Universidade Federal do Pará, Especialista em Controle de Infecção Hospitalar pela Universidade Federal de São Paulo, Especialista em Ciência da Melhoria pelo Institute for Healthcare Improvement - IHI/EUA. Especialista em Excelência Operacional pelo Hospital Israelita Albert Einstein

ANA CRISTINA GALES

Professora Adjunta de Infectologia Escola Paulista de Medicina/UNIFESP Coordenadora do PPG em Infectologia UNIFESP Pequisadora 1A do CNPq Coordenadora do Comitê de Resistência Bacteriana da SBI Membro da CATREM - ANVISA

ALEXANDRE PREHN ZAVASCKI

Professor da Faculdade de Medicina da UFRGS Infectologista do Hospital de Clínicas de Porto Alegre Chefe do Serviço de Infectologia do Hospital Moinhos de Vento Pesquisador 1B do CNPq

GABRIEL TROVA CUBA

Doutor pelo Programa de Infectologia da Universidade Federal de São Paulo, Médico Infectologista com atuação no Hospital Nove de Julho/SP e Médico Assistente pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

CHRISTOVAM BARCELLOS

Christovam Barcellos, geógrafo, sanitarista e doutor em geociências. Atualmente pesquisador do Instituto de Comunicação e Informação em Saúde (ICICT) e professor da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), ambos da Fiocruz. Coordenador do Observatório de Clima e Saúde.

MARIA AMÉLIA LOPES DOS SANTOS

Associada titular da sociedade Brasileira se dermatologia Especialista em dermatologia e hansenologia Professora de dermatologia da Uepa Preceptora da residência de dermatologia uepa

CARLA ANDRÉA AVELAR PIRES

LAVÍNIA SCHULER-FACCINI

Profa. Lavínia Schuler Faccini, médica geneticista, professora titular do Departamento de Genética - UFRGS e do Serviço de Genética Médica do Hospital de Clinicas de Porto Alegre. Coordenadora do Sistema Nacional de Informação sobre Teratógenos. Mestre e Doutora em Genética e Biologia Molecular, pos-doutorado em Toxicologia Reprodutiva em Toronto, Canadá em em Genética de Populações na University College of London, Inglaterra. Ex-Presidente da Sociedade Brasileira de Genética Médica e da Rede Latino-Americana de Genética Humana

JULIUS CAESAR MENDES SOARES MONTEIRO

Médico, Infectologista, Mestre em Saúde na Amazônia pela UFPa e Doutorando em Doenças Tropicais pela mesma instituição. Docente do curso de graduação em Medicina do Centro Universitário Metropolitano da Amazônia (UNIFAMAZ). Médico Infectologista do Complexo Hospitalar Universitário EBSERH/UFPA e do Hospital Unimed Prime.

MIRLEIDE CORDEIRO DOS SANTOS

RITA CATARINA MEDEIROS DE SOUSA

Médica infectologista pela Universidade Federal do Para Mestrado e doutorado em virologia médica pela universidade Paris 7/institut Pasteur de Paris Professora associada IV de infectologia e virologia da Universidade Federal do Para Pesquisadora Colaboradora do Laboratorio de Vírus Respiratórios do Instituto Evandro Chagas

RICARDO DE PAULA VASCONCELOS

Médico Clínico Geral e Infectologista formado pela Faculdade de Medicina da USP, trabalha desde 2007 atendendo pessoas que vivem com HIV e com pesquisas clínicas no campo da prevenção do HIV e outras ISTs. Participou de estudos de PrEP, como o iPrEX e do Projeto PrEP Brasil, e hoje é coordenador clínico dos estudos HPTN 083, PURPOSE 2 (de PrEP de longa duração) e MOSAICO (da vacina preventiva contra o HIV) no Centro de Pesquisas Clínicas do HC-FMUSP. Concluiu seu doutorado sobre PrEP e ISTs na FMUSP e assina uma coluna semanal no UOL difundindo e democratizando o conhecimento científico atualizado sobre a temática da prevenção e tratamento do HIV e outras ISTs.

PATRICIA KARLA SANTOS RAMOS

Possui graduação em Biomedicina pela Universidade Federal do Pará (1995), mestrado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pará (2000), doutorado em Ciências realizado no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é Pesquisadora em Saúde Pública no Instituto Evandro Chagas - Seção de Parasitologia no Laboratório de Leishmanioses 'Prof. Dr. Ralph Lainson' atuando principalmente nos seguintes temas: leishmanioses, biologia celular e molecular de protozoários.

CÉLIA MARIA FERREIRA GONTIJO

ANA CAROLINA STOCCO DE LIMA

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de Taubaté (2004), título de mestre em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Programa de Fisiopatologia Experimental (2010) e título de doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Programa de Patologia (2016). Tem experiência em parasitologia, com ênfase na identificação de espécies de Leishmania por ferramentas moleculares, incluindo aplicação dessa ferramenta em pesquisa e diagnóstico. Apresenta ainda experiência na realização de estudos retrospectivos pela aplicação de técnicas moleculares em material de bancos amostrais, incluindo tecidos embebidos em parafina e lâminas histológicas. Atua como pesquisadora bolsista no Laboratório de Leishmanioses "Prof. Dr. Ralph Lainson" no Instituto Evandro Chagas como pesquisadora colaboradora no Laboratório de Patologia das Moléstias Infecciosas (LIM 50) da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

EDER DO AMARAL MONTEIRO

COORDENADOR ESTADUAL DO PRGRAMA DE DOENÇA DE CHAGAS. ESPECIALISTA EM SAUDE PUBLICA E GESTÃO DE PESSOAS. PROFESSOR DA ESCOLA TÉCNICA DO SUS-PA. BIÓLOGO E ENGENHEIRO DE PRODUÇÃO-ENFASE EM PLANEJAMENTO E GESTÃO.

BRUNA DANIELE LISBOA MOTA

Graduada pela Universidade do Estado do Pará no curso de Biologia. Mestre em Epidemiologia e Vigilância em Saúde pelo Instituto Evandro Chagas. É integrante do grupo de pesquisa intitulado "Vigilância da doença de Chagas: Estratégias de reconhecimento de infecções silenciosas alinhadas à Vigilância Entomológica".

BÁRBARA ARETHA CARNEIRO ALMEIDA

HEITOR EVANGELISTA

Tem formação e atuação multidisciplinar em Geociências. Atualmente é perito da AIEA/ONU (Agencia Internacional de Energia Atômica) e FAO para Mudanças Climáticas Globais. Físico pela Uerj (1986), Mestre em Geofísica Espacial pelo INPE (1990) e Doutor em Ciências (Biociências Nucleares) pela Uerj (1998). É Professor do Departamento de Biofísica e Biometria da Uerj; membro do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia do MCTIC (INCT Criosfera). Pesquisador do CNPq e membro do programa "Cientista do Nosso Estado" pela FAPERJ. É pesquisador voluntário no combate a Covid-19.

MARLUCIA DA SILVA GARRIDO

Possui Graduação em Enfermagem e em Direito pela Universidade Federal do Amazonas, especialização em Epidemiologia, especialização em Direito Civil e Processo Civil e doutorado em Doenças Tropicais e Infecciosas. Atualmente é Epidemiologista e coordenadora do Programa Estadual de Controle da Tuberculose do Amazonas, membro do Comitê Estadual de Tuberculose do Amazonas e docente do mestrado profissional Enfermagem no Contexto Amazônico da Universidade Federal do Amazonas. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Epidemiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Tuberculose, Vigilância Epidemiológica e Saúde Pública.

ROSSANA COIMBRA

Infectologista do Hospital Federal Servidores do Estado do Rio de Janeiro com mestrado e doutorado pela UFRJ e trabalhos realizados em controle de tuberculose, incluindo capacitações, supervisões e elaboração de recomendações.

MATSIE MPHAHLELE

Dr Matsie Mphahlele is a Senior Technical Advisor for the Aurum Institute providing guidance, monitoring, and technical assistance internally and to the TB Directorate at National Department of Health (NDoH). She has over 20 years of experience working in TB. From 2017 to 2020 she was the Infection Prevention & Control (IPC) Advisor for TB South Africa Project-University Research Co., LLC (URC), providing technical support and coordination of IPC implementation. She was instrumental in the implementation of the FAST Strategy in South Africa, primarily implemented in hospitals to strengthen TB services and reduce the spread of TB in congregate settings. In 2014-2016, she was the Implementation Science Director at JPS Africa responsible for readiness assessments for decentralization of MDR-TB services of various health facilities in South Africa. Prior to joining JPSA, she worked for the South African Medical Research Council (SAMRC) managing the laboratory, overseeing rapid XDR-TB surveys, conducting studies to test various interventions for infection control and trainings on TBIC and laboratory biosafety. She’s currently a Core Group member of the Stop TB Partnership’s End TB Transmission Initiative (ETTi) Working Group and serves as a co-chair of The Union IPC Working Group.

MARIA LUCIA ROSSETTI

Graduada em farmácia, mestre e doutora em Ciências Biológicas pela UFRGS. Fez pós-doutorado na Universidade de Firenze. Foi diretora e pesquisadora do Centro de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CDCT) da SES/RS. Atualmente atua na Universidade Luterana do Brasil. É colaboradora da pós-graduação da UFRGS e da clínica médica da UFRJ. Tem atuado na área de diagnóstico molecular de doenças.

LIDA JOUCA DE ASSIS FIGUEREDO

Bióloga e doutoranda em Ciências Aplicadas à Sáude do Adulto pela Universidade Federal de Minas Gerais, pesquisa com ênfase em epidemiologia molecular e análise genômica.

RICHARD STEINER SALVATO

Especialista em Saúde na Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul onde atualmente é responsável pela vigilância genômica no Estado. Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Luterana do Brasil (2017) e mestrado em Biologia Celular e Molecular pela mesma universidade (2019), e é doutorando em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul -UFRGS

PHILIP SUFFY

ERICA CHIMARA SILVA

Diretora Técnica e Pesquisadora do Núcleo de Tuberculose e Micobacterioses do Instituto Adolfo Lutz; Coordenadora da Área de Micobactérias da Rede-TB; Profa do Programa de Pós Graduação da Coordenadoria de Controle de Doenças da Secretaria da Saúde do Estado de SPaulo; Mestre em Ciências (USP); Doutora em Microbiologia e Imunologia (UNIFESP); MBA em Gestão de Inovação em Saúde (Instituto Butantan)

VALDES ROBERTO BOLLELA

Professor Associado da Faculdade de americana de Ribeirão Preto -Universidade de São Paulo FMRP-USP

MARIA CRISTINA S. LOURENÇO

GUILHERME DE SOUSA RIBEIRO

Possui Graduação em Medicina pela Universidade Federal da Bahia, Residência em Infectologia pela Universidade Federal de São Paulo, Mestrado em Epidemiologia pela Harvard School of Public Health e Doutorado em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa pela Fundação Oswaldo Cruz. É Pesquisador Associado em Saúde Pública do Instituto Gonçalo Moniz, Fundação Oswaldo Cruz (IGM-FIOCRUZ), onde também atua como Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa (nota 6 CAPES), tendo sido o coordenador deste programa entre 2016 e 2018. Na Universidade Federal da Bahia, é Professor Associado da Faculdade de Medicina, Professor Permanente da Pós-Graduação em Saúde Coletiva (nota 7 CAPES) e da Pós-Graduação em Saúde, Ambiente e Trabalho (nota 3 CAPES). É Bolsista de Produtividade em Pesquisa (PQ-1D) do CNPq e Editor Associado da revista científica PLoS Neglected Tropical Diseases. Tem experiência na área de epidemiologia clínica e aplicada à saúde coletiva. Desenvolve pesquisas sobre problemas de saúde associados à iniquidade social e à pobreza urbana. Suas principais linhas de investigação incluem a eco-epidemiologia, a clínica e o diagnóstico de doenças transmissíveis, particularmente sobre as arboviroses emergentes.

MARCOS KRIGUER

SILVANA SPÍNDOLA DE MIRANDA

Professora Titular da Faculdade de Medicina/UFMG. Coordenadora da área de diagnóstico da REDE-TB/Coordenadora do Ambulatório de TB e Laboratório de Micobactérias/HC/UFMG

ROBERTO DIAS DE OLIVEIRA

Graduado em Enfermagem pela UEMS em 2002, doutorado em Doenças Infecciosas e Parasitárias na UFMS em 2020. Professor Adjunto do Curso de Enfermagem UEMS. Atualmente ministra aulas na graduação de enfermagem e desenvolve pesquisas com tuberculose em população privada de liberdade, vacinas e medicamentos contra COVID-19.

DANIEL CRUZ CORDEIRO

Medico pela universidade estadual do Pará Psiquiatra pela irmandade de Santa Casa de São Paulo Especialista em dependencia química (unifesp) e sexualidade humana (UNISAL) Mestre em psiquiatria pela Universidade de Londres (kings College)

RODRIGO NOGUEIRA ANGERAMI

Graduação em Medicina, Residência Médica em Moléstias Infecciosas e Doutorado em Clínica Médica pela UNICAMP. Certificado de Área de Atuação em Medicina Tropical pela AMB/SBI. Coordenador do Núcleo de Vigilância Epidemiológica do Hospital de Clínicas da UNICAMP. Professor do Programa de Pós Graduação em Epidemiologia das Doenças Infecciosas da Faculdade de Ciências Médicas, UNICAMP. Moderador do ProMED-PORT, Program for Monitoring Infectious Diseases da International Society for Infectious Diseases. Médico assistente da Disciplina de Infectologia, Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP. Médico infectologista do Departamento de Vigilância em Saúde de Campinas. Assessor Técnico para Febre Maculosa Brasileira e Outras Riquetsioses da Secretaria de Vigilância em Saúde, Ministério da Saúde do Brasil. Coordenador do Departamento de Infectologia da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas. Ex-Coordenador do Comitê de Doenças Emergentes da Sociedade Brasileira de Infectologia. Membro do Editorial Board, Frontiers in Tropical Medicine - Vaccines for Tropical Diseases e Editorial Board, BMC Infectious Diseases.

DAVID BLOK

HAROLDO JOSÉ DE MATOS

Possui graduação em medicina pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1981), mestrado em Engenharia Biomédica pelo Instituto Alberto Luiz Coimbra de PósGraduação e Pesquisa de Engenharia (1992) e doutorado em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (2000). Atualmente é pesquisador adjunto do Instituto Evandro Chagas, Belém, PA, e Professor do Curso de Medicina do Centro Universitário do Pará (CESUPA), onde atua como Coordenador do módulo de Saúde Coletiva e Gestão do internato. Atua principalmente nos seguintes temas: estudos epidemiológicos, epidemiologia de doenças infecciosas, hanseníase, tuberculose, aids e epidemiologia genética, além de educação médica. Concluiu pós-doutorado em Saúde Pública na Universidade Erasmus (ErasmusMC) em Rotterdam, Holanda (2013).

VALÉRIA LIMA CARVALHO

CLAY ANDERSON NUNES CHAGAS

ossui graduação em Geografia Licenciatura e Bacharelado pela Universidade Federal do Pará (1998), mestrado em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido (2002) e doutorado em Desenvolvimento Socioambiental pela Universidade Federal do Pará (2010). Atualmente é Vice Reitor da Universidade do Estado do Pará, participa do Programa de Pós Graduação em Geografia e do Programa de Pós Graduação em Segurança Pública pela Universidade Federal do Pará como professor Permanente. Professor da Universidade do Estado do Pará atuando no curso de graduação em Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Geografia. Professor Colaborador no Instituto de Ensino em Segurança Pública e Defesa Social do Estado Pará e Professor Colaborador da Universidade de Cabo Verde no Programa de Pós Graduação em Segurança Pública. É associado ao Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Sócio da Associação Internacional de Criminologia de Língua Portuguesa. Membro do Instituto Histórico Geográfico do Pará. É consultor do Roster pré aprovado para a América Latina do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD/ONU) na categoria de Prevenção à Violência (2016-2018). Líder do Laboratório de Pesquisa e Análise em Geografia da Violência e do Crime. Tem experiência de Segurança Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: Gestão do Território, Criminalidade, Homicídio e Cartografia.

VERA REGINA DA CUNHA MENEZES PALÁCIO

IRNA CARLA DO ROSÁRIO SOUZA CARNEIRO

Professor Adjunto IV de Doenças Infecciosas e Parasitárias da UFPA e UEPA. Doutorado em Doenças Infecciosas e Parasitárias na UNIFESP- EPM. Coordenação da CCIH do Hospital HSM DIAGNÓSTICO. Professor do Programa de Pós Graduaçao do Núcleo de Medicina Tropical da UFPA Professor do Programa de Pos Graduaçao de Saúde e Gestão na Amazônia da Fundação Santa Casa do Para.

GISELLE MARIA RACHID VIANA

DANIELA FERNANDES RAMOS

Professora adjunta da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande (FURG), e do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde (FURG)., bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2, líder do Núcleo de Desenvolvimento de Novos Fármacos (NUDEFA), cuja linha de pesquisa principal é o desenvolvimento de novos antimicrobianos e adjuvantes. Formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG), mestre em Ciências da Saúde pela mesma universidade e doutora em Biotecnologia pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), tem experiência na área de Microbiologia, Biologia Molecular, Proteômica e Genômica, com ênfase no desenvolvimento de novos antimicrobianos, especialmente, para o tratamento da tuberculose e outras micobacterioses. Atualmente, participa como coordenadora da área de Pesquisa de Fármacos contra Tuberculose da REDE-TB.

EDILENE OLIVEIRA DA SILVA

Possui graduação em Bach. Biologia pela Universidade Federal do Pará (1989), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica/Protozoologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica/Protozoologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004) (Conceito 7 CAPES). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Pará. Coordena o Laboratório Multiusuário de Biologia Estrutural do Instituto de Ciências Biológicas da UFPA. E membro do comitê gestor da equipe de pesquisadores do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Biologia estrutural e Bioimagem-CNPq-MCT. Realizou aperfeiçoamento em Biologia Molecular e Bioquímica de Protozoários na Oregon Health Science University (EUA) e realizou Pós-Doutorado na divisão de Doenças Infecciosas da University of British Columbia (Canadá).Recebeu prêmio nacional de orientador Destaque do Ano 2010 na Iniciação Científica da área de Ciências da Vida outorgado pelo CNPq.Foi vice-presidente (Área biológica) da Sociedade Brasileira de Microscopia e Microanálise. Membro ordinário da Sociedade Brasileira de Protozoologia. Membro do núcleo permanente de três programas de Pós-graduação: Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários (nota 6 da CAPES), Rede de pesquisa em Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal (Rede Bionorte, nota 4 da CAPES) e Neurociências e Biologia Celular (nota 4 da CAPES). Editor científico da revista BMC Biomedical Research International. E revisor de vários periódicos Nacionais e Internacionais. Tem experiência na área de Protozoologia e Ultraestrutura Celular, com ênfase em Protozoologia Parasitária Humana e Animal, atuando principalmente nos seguintes temas: Protozoários parasitas, interação parasito-célula hospedeira, ação de bioprodutos em leishmania, desenvolvimento de bioprodutos contra leishmaniose e ultrastrutura celular. Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/7410116802190343

LUCIANA DO RÊGO LIMA QUEIROZ

HIRO GOTO

Possui graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) (1972), mestrado em Medicina pela FMUSP (1984), doutorado em Medicina pela FMUSP (1988), pós-doutorado no Departamento de Imunologia, do Instituto Karolinska, Estocolmo, Suécia (1990 - 1993), livre-docência pela FMUSP (2004). É professora da Universidade de São Paulo desde 1988, atualmente é Professora Associada do Departamento de Medicina Preventiva da FMUSP e atua no Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (IMT), FMUSP, USP onde exerceu o cargo de Diretora Técnica-Científica de 2006 a 2010. Foi presidente da Comissão de Pós-Graduação do IMT de 2017 a 2019. É bolsista de Produtividade de Pesquisa do CNPq 1C. Tem experiência na área de imunologia aplicada, com ênfase na imunopatologia e diagnóstico, atuando principalmente nos seguintes temas: leishmaniose visceral, leishmania, insulin-like growth factor e lipoproteínas. Participou da rede de diagnóstico de leishmaniose visceral da Organização Mundial da Saúde. Coordenou o projeto de cooperação Instituto de Medicina Tropical, USP e Universidade de Bergen, Noruega (CAPES-SIU) e participou como Pesquisador principal dos projetos de cooperação USP e Universidade de York, Reino Unido (Medical Research Council – GCRF. Atualmente, participa como pesquisadora principal do projeto Projeto Temático UK-FAPESP, Centro Reino-Unido:Brasil para o estudo da leishmaniose (JCPiL)", especificamente dentro do Subprojeto/Work Plan (WP) 1 intitulado “Patologia molecular da leishmaniose: rumo à terapia dirigida pelo hospedeiro nas leishmanioses” sob coordenação do Prof. Paul M. Kaye (Universidade de York) e Hiro Goto (USP).

VANIA LUCIA RIBEIRO DA MATTA

Graduada em Ciências Biológicas Modalidade Médica pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), mestre em Imunologia pela Universidade de São Paulo e doutora em Ciências (área de concentração: doenças infecciosas e parasitárias) pela Faculdade de Medicina da USP. Sua principal linha de pesquisa refere-se ao estudo das leishmanioses com ênfase nos aspectos imunopatológicos e diagnósticos da infecção. .

WILDO NAVEGANTES DE ARAUJO

Graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal da Bahia (1997), Residência em Zoonoses e Saúde Pública (1999) e mestrado em Medicina Veterinária (vigilância Sanitária) pela UNESP-Botucatu/SP (2001) e Doutorado em Biotecnologia em Saúde e Medicina em Saúde, com ênfase em Epidemiologia Molecular (2011) pelo CPqGM, Fiocruz, Bahia. Fez o Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do SUS, EPISUS (2003) - parceria do Ministério da Saúde do Brasil e o Centers for Disease Control and Prevention (CDC), Atlanta,GA - EUA. Fez aperfeiçoamento em Gerenciamento em Saúde Pública Internacional (MIPH) pelo CDC e Emory University, em Atlanta (2006). Foi supervisor técnico e coordenador assistente do EPISUS na Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (2004-2011). Desde 2012, é professor adjunto de Epidemiologia em seis cursos de graduação na Faculdade UnB Ceilândia, e orientador de mestrado e doutorado na área de epidemiologia no Programa Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Faculdade de Ciências da Saúde, também orientador e coordenador adjunto Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical da Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília. É Membro do Comitê Técnico Assessor à Tuberculose, Membro do Comitê Técnico Assessor em Emergências de Saúde Pública do Ministério da Saúde e membro suplente do Conselho Consultivo da Anvisa. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Epidemiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Docência em epidemiologia; Estudos epidemiológicos de Doenças Infecciosas; Investigação de surtos; Vigilância epidemiológica; Avaliação de sistemas de vigilância; Análises de dados e situação em saúde. Procura desenvolver estudos relacionados a doenças Infecciosas com ênfase em doenças negligenciadas ou aquelas que mais acometem populações vulneráveis.

PEDRO RODRIGUES CURI HALLAL

Possui graduação em Educação Física (2000), mestrado (2002) e doutorado (2005) em Epidemiologia pela Universidade Federal de Pelotas. Atuou como Reitor da UFPel entre 2017 e 2020. É docente associado da Universidade Federal de Pelotas.

ESTER SABINO

Professora Livre Docente do Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitarias da Faculdade de Medicina da USP

DANIELA BUOSI ROHLFS

Doutora em Saúde Coletiva, servidora do Ministério da Saúde há mais de 20 anos nas áreas de vigilância em Saúde, saúde Ambiental, saúde do Trabalhador e emergência em Saúde pública. Atualmente, Diretora de Saúde Ambiental do Trabalhador e Vigilância das Emergências em Saúde Pública.

PÂMELA CRISTINA GASPAR

Possui graduação em Farmácia - Habilitação em Bioquímica pela Universidade Federal de Santa Catarina (2011), graduação em Farmácia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010), mestrado em Farmácia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2014) e doutoranda em Saúde Coletiva na Universidade de Brasília (em andamento). Atualmente é consultora técnica da Organização Pan-Americana da Saúde e atua na pauta das Infecções Sexualmente Transmissíveis no Ministério da Saúde, no âmbito da formação de políticas pública a nível federal, construção de manuais técnicos de diagnóstico e publicações de protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas (PCDT), incluindo incorporação de novas tecnologias no Sistema Único de Saúde.

CLAUDIA MENDONÇA BEZERRA

Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Ceará (2001) com Especialização em Epidemiologia e Vigilância à Saúde (2005), Mestrado (2013) e Doutorado (2018) em Saúde Pública pela Universidade Federal do Ceará. Atua como gerente técnico responsável pela Vigilância e Controle da Doença de Chagas na Secretaria da Saúde do Estado do Ceará. Possui experiência na área de Saúde Coletiva com ênfase em Epidemiologia e Controle de Vetores, atuando principalmente nos seguintes temas: Ceará, Ecoepidemiologia da Doença de Chagas, Vigilância da Doença de Chagas, Controle vetorial, Triatoma brasiliensis e Triatomíneos. Articuladora do Grupo de Trabalho de Doença de Chagas da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará.

JOSAFÁ GONÇALVES BARRETO

Mestrado e doutorado em doenças tropicais pela Universidade Federal do Pará (UFPA), com estágio de doutorado sanduíche na Emory University em Atlanta, EUA. Professor Adjunto IV da UFPA desde 2005, Professor/Orientador Permanente do Programa de Pós-graduação em Doenças Tropicais do Núcleo de Medicina Tropical da UFPA (PPGDT/NMT/UFPA). Estuda a epidemiologia espacial, especialmente a da hanseníase, com foco na sua distribuição espacial e soroprevalência em municípios endêmicos do Brasil. Tem interesse em sistemas de Informações geográficas e geoprocessamento em saúde pública. Fundou, com apoio financeiro do CNPq, o Laboratório de Epidemiologia Espacial da UFPA (LabEE-UFPA) desde novembro de 2014.

RICARDO ISHAK

CARLOS ROBERTO BRITES ALVES

Formado em Medicina em 1982 pela FMB-UFBA. Residência em Infectologia no Hospital Emílio Ribas (SP). Doutorado pela UFBA em medicina e Saúde, em 1997. Professor da UFBA desde 1992, atualmente, Prof. Titular de Infectologia. Pesquisador Visitante da Harvard School of Public health em 1998. Adjunct faculty do Latin American medical Training Program, University of Miami, desde 2003. Coordenador do Laboratório de Pesquisa em Infectologia, UFBA. Editor do Brazilian Journal of Infectious Diseases, de 2009-2016. Revisor de mais de 35 revistas científicas internacionais. Autor de mais de 200 trabalhos científicos, em periódicos científicos internacionais.

JORGE CASSEB

Professor associado Faculdade de Medicina/Instituto de Medicina Tropical Universidade de São Paulo

DANIELLE FERREIRA DE MAGALHÃES SOARES

Médica Veterinária, doutora em Ciência Animal, docente na Escola de Veterinária da UFMG. Atua nas áreas de Saúde Pública e Medicina Veterinária do Coletivo. Pesquisadora de Políticas Públicas para Vigilância de Zoonoses (esporotricose zoonótica, leishmaniose visceral), Manejo Ético Populacional de Cães e Gatos, Acumulação de Animais e Teoria do Elo. Membro da Comissão de Saúde Única do CRMV-MG e do Grupo de Trabalho de Animais Domésticos do Ministério Público de Minas Gerais.

NELSON DA CRUZ GOUVEIA

Nelson Gouveia, Professor Titular e atual chefe do Depto de Medicina Preventiva da FMUSP, é medico epidemiologista com interesse nas relações entre saúde e ambiente, particularmente poluição atmosférica, mudanças climáticas e ambiente construído.

CLÁUDIO TADEU DANIEL-RIBEIRO

O Doutor Cláudio Tadeu Daniel-Ribeiro possui graduação é médico (1976), Doutor de Estado pela Universidade de Paris VI (Pierre et Marie Curie, 1983) e Pesquisador Titular, Chefe de laboratório de Malária e ex-Chefe do Departamento de Imunologia e ex-Diretor do Instituto Oswaldo Cruz da Fiocruz onde também coordena o Centro de Pesquisa, Diagnóstico e Treinamento em Malária (CPD-Mal), Laboratório de Referência junto à Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde para a malária na Extra-Amazônica (desde 2004). CTDR é Membro Titular das Academias Nacional de Medicina (2010) e Fluminense de Medicina (2002) de Medicina e Fluminense de Letras (2019) e Membro Correspondente da Academia Nacional de Medicina da França (2009), Ele é Diretor de Arquivo da ANM (2019-2021), Cientista do nosso Estado da Faperj (2009) e do CNPq (desde 1984), Ex-Presidente (2012-2016) da Federação Internacional de Medicina Tropical, e do Conselho Científico do XVIII Congresso Internacional de Medicina Tropical e Malária, que organizou com José Rodrigues Coura no Rio de Janeiro em 2012. Ele é Presidente do Comitê Assessor para o ensaio clínico de fase II do projeto "Development of a Vaccine Against Schistosomiasis based on the recombinant Sm14 a member of the Fatty Acid Binding Protein" (2016), Membro do "Conseil des Partenaires Internationaux" de la Fondation Académie de Médecine (Paris, 2018) e Membro dos Comitês Gestores do INCT/CNPq de Neuroimunomodulação e da Rede Faperj de Neuroinflamação. Ele foi nomeado Doutor Honoris causa da Universidade Nova de Lisboa (2016), recebeu a Medalha da Société Française de Pathologie Exotique (2016), foi sagrado Chevalier des Palmes Académiques pelo Ministro da Educação Nacional da França (2013) e venceu o VI Prêmio Sendas de Saúde (1997).

SUIANE NEGREIROS

Medica infectologista, com mestrado em Doenças Infecciosas pela Universidade do estado do Amazonas e doutorado em Saúde Pública pela Faculdade Saúde Pública/USP. Professora do curso de Enfermagem na Universidade Federal do Acre. Coordenadora do curso de medicina da Faculdade ITPAC Cruzeiro do Sul, Acre. Médica assistente na area de doenças infecciosas do Hospital Regional do Juruá em Cruzeiro do Sul, estado do Acre.

MARCELO URBANO FERREIRA

Médico e pesquisador, professor titular de Parasitologia do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo

EDMUNDO CARLOS GRISARD

Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (1991), possui Especialização (1996) e Doutorado em Parasitologia pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG (1999) e realizou Pós-Doutorado na University of East Anglia - UEA, Reino Unido (2008). Professor Titular do Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia da UFSC (1994-presente), Professor dos Programas de Pós-Graduação em Biotecnologia e Biociências (2000-presente) e em Medicina Veterinária Convencional e Integrativa (2020-presente) da UFSC. Professor do núcleo permanente do Programa de Pós-Graduação em Parasitologia da UFMG (2017-2019). Bolsista de Produtividade Científica do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq (2000-2020). Presidente da Sociedade Brasileira de Protozoologia - SBPz (2018-2020). Desenvolve pesquisa em parasitologia celular e molecular na área de protozoologia de parasitos e de genética molecular de microrganismos.

ADRIANA SOUSA TAPAJÓS

Enfermeira, com especialização e epidemiologia. Diretora do Departamento de Controle de Endemias da Secretaria de Saúde Pública do Pará.

KELEN DA COSTA BARBOSA

Enfermeira sanitarista, pós graduada em Saúde coletiva, Gestão de Redes de Atenção a Saúde e mestre em Gestão e Serviços em Saúde. Coordenadora Regional de Atenção Basica em Saúde do 6° CRS/SESPA e técnica na Coordenação municipal de assessoria técnica e de planejamento.

PATRÍCIA RODRIGUES SANINE

Fonoaudióloga com pós-graduação em Psicopedagogia e em Avaliação em Serviços de Saúde, mestrado e doutorado em Saúde Coletiva e pós-doutorado em Saúde Pública - Política, Gestão e Saúde. Docente e orientadora nos cursos de Mestrado Acadêmico e Doutorado em Saúde Coletiva e Mestrado Profissional em Saúde da Família PROF/SAÚDE (FMB/UNESP) e ponto focal na área de proteção social na CGDR/DCCI/SVS/Ministério da Saúde.

JOILDA SILVA NERY

Sou professora adjunta do Instituto de Saúde Coletiva/Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA), membro do corpo docente do Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia. Pós- doutora (2018) pela FIOCRUZ. Mestre (2011) e Doutora (2016) em Saúde Coletiva pelo ISC/UFBA e possui graduação em Biomedicina pela UESC

HELVO SLOMP JÚNIOR

Médico pela UFPR (1991) e Mestre em Farmacologia/Neurociência (2004) pela mesma instituição. Doutor em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) (2015). Estágio de Pós-Doutorado em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva na Universidade Federal Fluminense, integrado com UFRJ, Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz. Especialista em Homeopatia, Psiquiatria, Gestão da Clínica com ênfase nas Redes de Atenção à Saúde (IEP/Hospital Sírio Libanês) e em Formação Integrada Multiprofissional em Educação Permanente em Saúde (UFRGS). Professor Adjunto do Curso de Medicina da UFRJ / campus Macaé. Pesquisador da linha Micropolítica do Trabalho e do Cuidado em Saúde, na UFRJ. Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social da UFRJ, e docente colaborador do Mestrado Profissional em Saúde da Família da UFPR. Experiência profissional nas áreas de atenção e de gestão em saúde.

ALINE VIDAL

CLEMAX SAN'ANNA

Professor Titular do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Membro do Comitê Técnico-assessor a tuberculose. Ministério da Saúde. Brasil

CLAUDETE APARECIDA ARAÚJO CARDOSO

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais (1991-1996), residência médica em Pediatria e Infectologia Pediátrica pela Universidade Federal de Minas Gerais (1997-2000), mestrado em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de Minas Gerais (2001-2002), doutorado em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de Minas Gerais (2003-2006) e pós-doutorado pela Divisão de Doenças Infecciosas da Universidade da Califórnia, Berkeley (2013-2014). Possui título de Infectologia pediátrica pela Sociedade Brasileira de Pediatria. Atualmente é Professora Associado II de Pediatria do Departamento Materno Infantil da Universidade Federal Fluminense e orientadora de Mestrado, Doutorado e Pós-doutorado da Pós-graduação em Ciências Médicas da Universidade Federal Fluminense. Desde 2014 atua como membro do Colegiado da Pós-graduação em Ciências Médicas da Universidade Federal Fluminense. Orienta alunos de mestrado, doutorado e pós-doutorado da Escola de Saúde Pública da UC Berkeley, em parceria com o Prof. Lee Riley. É membro da International Union Against Tuberculosis and Lung Disease (The Union) desde outubro de 2016. Participa de Rede Brasileira de Pesquisas em Tuberculose - Rede TB - desde abril de 2017, fazendo parte da Coordenação da Área de Pediatria da REDE-TB desde setembro de 2018. É consultora do Ministério da Saúde na área de tuberculose pediátrica desde maio de 2019, participando como facilitadora do Curso de Manejo Clínico da Tuberculose em Pediatria. Foi bolsista Jovem Cientista do Nosso Estado - FAPERJ no período de 2015 a 2018. Bolsista Produtividade (Modalidade/Nível: PQ-2) - Chamada CNPq Nº 09/2018 - Bolsas de Produtividade em Pesquisa - PQ desde abril de 2019, com bolsa concedida no período de 2019 a 2021. Líder do Grupo de Pesquisa em Tuberculose Pediátrica (http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/458037). Participa como Membro Científico do Grupo de Trabalho de HIV da Sociedade de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro / SOPERJ desde 2016 (triênios 2016-2018 e 2019-2021). Participa da rede IMPRINT (Immunising pregnant women and infants network) desde setembro de 2019. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Infectologia Pediátrica, atuando principalmente no tema tuberculose.

ANNA CRISTINA CALÇADA CARVALHO

MÁRCIA CORTEZ BELLOTTI DE OLIVEIRA

Doutora em Clínica Médica na área de Saúde da Criança e do Adolescente pela UFRJ Professora de Pediatria da Escola de Medicina da Faculdade Souza Marques

SHEILA LUCENA

Pneumopediatra Hospital Municipal Raphael de Paula Souza Ambulatório de Referência em TB

RICHARD CHAISSON

Richard E. Chaisson, M.D., is Professor of Medicine, Epidemiology, and International Health and directs the Center for AIDS Research and the Center for Tuberculosis Research at the Johns Hopkins University School of Medicine and Bloomberg School of Public Health in Baltimore, MD, USA. His research interests focus on tuberculosis and HIV infection. He has worked in Brazil since 1995.

MARCELO CORDEIRO

LUIZ CARLOS JUNIOR ALCANTARA

Pesquisador Titular do IOC-FIOCRUZ, com pós-doutorado no NCI/NIH. Tem experiência Bioinformática viral, atuando na Vigilância genômica viral e desenvolvimento de ferramentas de bioinformática. É membro das redes RELDA e VIGENDA da OPAS/OMS, e coordena a vigilância genômica de SARS-CoV-2 pela Unidade Técnica de Vigilância, Preparação e Resposta à Emergências e Desastres da OPAS/OMS.

FELIPE GOMES NAVECA

Bacharel em Microbiologia e Imunologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999), Mestre em Ciências Biológicas (Microbiologia, UFRJ - 2002) e Doutor em Ciências (Microbiologia, UFRJ - 2006). Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Virologia, Biologia Molecular e Bioinformática. Atua principalmente nos seguintes temas: Epidemiologia Molecular, Genômica e Evolução de vírus emergentes, reemergentes e negligenciados; Desenvolvimento Diagnóstico e Imunogenética. É Pesquisador Titular da Fiocruz Amazonas e docente permanente de três Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu e Vice-diretor de Pesquisa e Inovação da Fiocruz Amazonas. Revisor de treze periódicos indexados de circulação internacional. Coordenador da Vigilância Genômica do SARS-CoV-2 no estado do Amazonas.

CARLOS DAVID ARAUJO BICHARA

Médico e Biomédico Especialista em Patologia Clínica/Medicina Laboratorial Especialista em Saúde Pública Mestre e Doutorando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários/UFPA

MARIA LUIZA BAZZO

Será apresentado um panorama de inovações no diagnóstico de sífilis.

DANIEL WAGNER DE CASTRO LIMA SANTOS

Médico Infectologista do Hospital Universitário Presidente Dutra da Universidade Federal do Maranhão. Mestre e Doutor pela Unifesp. Pesquisador do IDOR (Rede D'or)

RAFAELLA ALBUQUERQUE E SILVA

Medica veterinária pela UECE, especialista em epidemiologia pela UFG, mestre em sanidade animal pela UECE, doutora em biologia das doenças infecciosas e parasitárias pela UnB, doutoranda em epidemiologia pela UnB. Consultora técnica do Ministério da Saúde e professora do Uniceub.

MARGARETE DO SOCORRO MENDONÇA GOMES

Possui Graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Pará (1988) com Habilitação em Farmácia Industrial pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1990), Especialista em Planejamento e Avaliação de Políticas Públicas pela Faculdade SEAMA (2007) e Mestre em Ciências Biológicas - Área de concentração em Biologia dos Agentes Infecciosos e Parasitários pela Universidade Federal do Pará (2006). Doutora em Ciências Biológicas - Área de concentração Epidemiologia e Controle dos Agentes Infecciosos e Parasitários pela Universidade Federal do Pará (2014), MBA em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil (2016). Atualmente é servidora do Governo do Estado do Amapá, como farmacêutica e pesquisadora da Superintendência de Vigilância em Saúde SVS/AP, atuando como membro do Comitê Científico no âmbito do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COESP) para o enfretamento da COVID-19. Tem experiência em elaboração, formatação e gerenciamento de projetos públicos e captação de recursos financeiros, na área de saúde pública, epidemiologia das doenças transmissíveis, planejamento laboratorial, controle da qualidade de medicamentos, dosagem sérica e plasmática de fármacos, com ênfase em antimaláricos e avaliação terapêutica de eficácia de antimaláricos, bem como, projetos científicos com foco em saúde pública na fronteira franco-brasileira com atuação em pesquisas relacionadas ao Brasil e Guiana Francesa, no sentido de investigar os problemas sociais da saúde que envolvem a fronteira entre esses dois países. Professora credenciada ao banco de facilitadores da Escola de Administração Púbica do Amapá. Tutora e orientadora no Curso de Especialização em Epidemiologia de Campo (EPISUS/Fiocruz/MS) - Nível intermediário (2021).

MARTHA MUTIS

Médica pela Universidade Nacional da Colômbia, especialista em Epidemiologia pela Escola Nacional de Saúde Pública e Mestre e Doutora em Medicina Tropical pelo Instituto Oswaldo Cruz/Fiocruz. Tem trabalhado com malária desde o fim da sua graduação na interface campo-laboratório para o entendimento da dinâmica da transmissão e dos determinantes biológicos, ambientais e sociais dessa doença, especialmente entre populações vulnerabilizadas na região Amazônica. Foi Jovem Cientista do Nosso Estado pela Faperj em 2012 e 2015 e Coordenou o Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical entre 2014 e 2020. Atualmente é pesquisadora titular do Laboratório de Doenças Parasitárias do Instituto Oswaldo Cruz-Fiocruz e faz parte da Coordenação da Regional Sudeste da Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente da Fiocruz. Fez parte da equipe do projeto Malakit como pesquisadora principal no Brasil.

IRACINA MAURA DE JESUS

Iracina Maura de Jesus é médica e possui doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Mestrado em Neurociências e Biologia Celular pela Universidade Federal do Pará. É pesquisadora da Seção de Meio Ambiente do Instituto Evandro Chagas/SVS-MS e docente do Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia e Vigilância em Saúde-PPGEVS/IEC. Desenvolve estudos na área de saúde ambiental, com ênfase em epidemiologia, toxicologia e avaliação da exposição de grupos populacionais ao mercúrio e outros contaminantes ambientais.

ELIANE BRABO DE SOUSA

Possuo Licenciatura em Biologia com especialização em Gestão Ambiental, Mestrado em Biologia Ambiental e Doutorado em Saúde Coletiva. Atualmente é Pesquisadora em Saúde Pública do Instituto Evandro Chagas com experiência nas áreas da Educação Ambiental, Ecologia, Taxonomia e Sistemática do Fitoplâncton e Cianobactérias atuando na vigilância em Saúde Ambiental utilizando Bioindicadores Aquáticos, com ênfase nas cianobactérias.

ROSIVALDO DE ALCÂNTARA MENDES

BRUNO SANTANA CARNEIRO

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal do Pará(1999), mestrado em Geologia e Geoquímica pela Universidade Federal do Pará(2003) e doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Rio de Janeiro(2018). Atualmente é Pesquisador do Instituto Evandro Chagas. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geologia.

JULIANA CONCEIÇÃO DIAS GARCEZ

Enfermeira formada pela UEPA, especialista em saúde da família e medicina chinesa, mestre em enfermagem pela UEPA, doutoranda pelo Instituto Evandro Chagas/UEPA, Coordena o curso de Bacharelado em Enfermagem no Centro Universitário Metropolitano da Amazonia-UNIFAMAZ, e Diretora de estudos e pesquisa em Enfermagem na Associação Brasileira de Enfermagem-ABEN-PARÁ.

CANDIDA MARIA ABRAHÃO DE OLIVEIRA

Doutora em Virologia, pelo Programa de Pós-Graduação do Instituto Evandro Chagas, Mestre em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários pela Universidade Federal do Pará, Especialista em Saúde Pública pela Universidade do Estado do Pará e Graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela Fundação Educacional do Estado do Pará. Desenvolve atividades técnico-científicas de ensino e pesquisa no Instituto Evandro Chagas (IEC), Belém-PA, participação no Serviço de Epidemiologia. Implantação e coordenação do Setor Saúde do Trabalhador do Serviço de Gestão de Pessoas/IEC. Atuação como membro do Grupo de Trabalho para implantação do Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor no Pará e membro titular do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos do Instituto Evandro Chagas. Desenvolve atividades como instrutora no Curso Técnico de Laboratório do IEC, participa como convidada em programas de pós-graduação do IEC/UFPA. Atualmente faz parte da Equipe da Seção de Hepatologia do IEC.

LIZOMAR DE JESUS MAUÉS PEREIRA

Médica hepatologista. Docente da Universidade Federal do Pará, Universidade do Estado do Pará e Centro Universitário da Amazônia. Atuação docente -assistente no Ambulatório de Fígado da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará.

ALEX JUNIOR SOUZA DE SOUZA

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural da Amazônia (2009), Mestrado em Ciência Animal pela Universidade Federal do Pará (2011) e Doutorado em Ciências pelo programa de Patologia Experimental e Comparada pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (2017). No período de 2009 a 2019 atuou como pesquisador colaborador da Seção de Hepatologia, do Instituto Evandro Chagas. Participa do grupo "Hepatologia tropical", do diretório dos grupos de pesquisa no Brasil do CNPq e tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Patologia Veterinária e Biologia Molecular. No presente é pós-doutorando da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo e docente do curso de Medicina Veterinária da Universidade Paulista. Atua na linha de pesquisa em agentes hepatotrópicos virais, bacterianos e parasitários, de potenciais zoonóticos e/ou emergentes, de interesse na medicina humana e veterinária.

LUISA CARÍCIO MARTINS

MÁRCIA CRISTINA FREITAS DA SILVA

Biomédica. Mestre em Morfologia. Doutora em Neurociências e Biologia Celular. Docente da UFPA atuando na Faculdade de Medicina. Colabora no desenvolvimento de estudos sobre a vulnerabilidade de populações ao mercúrio e bioquímica oxidativa associada a doenças tropicais com ações voltadas para prevenção e prestação de serviços na área de assistência à saúde para comunidades ribeirinhas às margens dos rios Caetés, Tocantins, Tapajós e Xingu. Participa dos estudos de validação científica de propriedades reveladas por usuários da planta medicinais para avaliar os riscos associados com o seu uso e analisar os parâmetros toxicológicos associados a sua utilização. Atua também na investigação toxicológica por mercúrio em glândulas salivares e sistema nervoso central. Membro do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) do Núcleo de Medicina Tropical. Membro do Conselho Gestor do Programa Interdisciplinar Trópico em Movimento e Membro da Academia Paraense de Biomedicina.

GIVAGO DA SILVA SOUZA

Fisioterapeuta pela Universidade do Estado do Pará, Biológo e Doutor em Neurociências e Biologia Celular pela Universidade Federal do Pará. Professor associado do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Pará, Coordenador do Programa de Mestrado Profissional em Saúde na Amazônia da Universidade Federal do Pará, Presidente da Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology, Membro Afiliado da Academia Brasileira de Ciências (2016-2020). Com interesse em estudar neurofisiologia do sistema visual, controle motor e desenvolvimento de tecnologias para a área da saúde.

MARIA DA CONCEIÇÃO NASCIMENTO PINHEIRO

Médica. Residência Médica em Tisiopneumologia. Especialista em Medicina Antienvelhecimento. Mestre em Patologia humana , doutora em Neurociências e biologia celular. Docente titular da UFPA, lotada no Núcleo de Medicina Tropical da UFPA (NMT\UFPA). Docente permanente do Programa de Pós-graduação em Doenças Tropicais e do Curso de Mestrado "Saúde na Amazônia" do NMT\UFPA. Pesquisadora atuante nas linhas "Ecotoxicologia" e "agentes infecciosos e neoplasias". Coordenadora dos Laboratórios de Toxicologia Humana e Estresse Oxidativo do NMT. Atualmente , bolsista de produtividade PQ do CNPq com o projeto "“CORDÃO UMBILICAL, PLACENTA E CABELO MATERNO COMO BIOINDICADORES DE EXPOSIÇÃO AO MERCÚRIO E ANTROPOMETRIA DA CRIANÇA AO NASCER” ao qual estão vinculados quatro subprojetos de dissertação de mestrado e duas teses de doutorado. Membro do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) do NMT e ex-membro da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa do Conselho Nacional de Saúde- CONEP (1997-2001). Coordenou projetos financiados pelo CNPq, CAPES, JICA, PPSUS. Vários artigos científicos publicados em periódicos internacionais e nacionais.

MARIA HELENA NEVES LOBO SILVA FILHA

Não se aplica pois serei a moderadora mas segue caso necessário: Bióloga, doutorado na Universidade Pierre et Marie Curie, Paris, pesquisadora titular do departamento de Entomologia da FIOCRUZ-PE, desde 1997. Atua na área de controle de mosquitos vetores com inseticidas microbianos com ênfase no modo de ação de toxinas e manejo de resistência.

FERNANDO MONTEIRO

Pesquisador Titular do Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), possui bacharelado em Biologia Marinha pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992), além de mestrado (1996) e doutorado (2000) em Genética pela mesma Universidade. Fez doutorado sanduíche (1999) e pós-doutorado (2002) no Centers for Disease Control and Prevention (Atlanta-EUA), e um segundo pós-doutorado (2012) em Yale (EUA). Tem experiência na área de Genética, com ênfase em Sistemática Molecular e Genética de Populações de vetores da doença de Chagas. Chefia o laboratório de pesquisa em Epidemiologia e Sistemática Molecular.

LUCAS TIRLONI

Dr. Tirloni was born and raised in Brazil. He received his Ph.D. in cellular and molecular biology in 2015 from the Federal University of Rio Grande do Sul, Brazil. He received his postdoctoral training at Federal University of Rio Grande do Sul (2015-2016), Texas A&M University (2016-2018), and NIH (2018-2020). In 2020, Dr. Tirloni became a tenure-track investigator at the RML/NIH.

MARCUS H. F. SORGINE

PEDRO L OLIVEIRA

Professor titular do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis da UFRJ., tem seus estudos voltados para a caracterização de adaptações de insetos vetores a hematofagia. É coordenador do INCT de Entomologia Molecular.

RAQUEL S M GODOY

Graduada em Ciências Biológicas (Bacharelado) pela Universidade Federal de Viçosa (2013). Possui Mestrado (2015) e Doutorado (2019) em Biologia Celular e Estrutural pela Universidade Federal de Viçosa. Realizou estágio sanduíche (Doutorado) na Instituição Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health - EUA (2016-2017), no setor de Pesquisas em Malária (Laboratório de Microbiologia e Imunologia). Tem experiência nas áreas de Biologia Celular e Molecular, Biologia do Desenvolvimento, Histologia, Fisiologia Geral, Microbiologia e Entomologia. no Atualmente é pós-doc no Instituto René Rachou - Fiocruz-MG, onde desenvolve pesquisas avaliando respostas morfológicas, fisiológicas, imunológicas e moleculares de insetos vetores contra patógenos.

ALEJANDRO LUQUETTI OSTERMAYER

Dr.Alejandro Luquetti, médico formado em 1970, professor Associado da Universidade Federal de Goiás, atualmente professor Emérito. Mestrado e Doutorado em Medicina Tropical, atúa na área de doença de Chagas, com mais de 120 trabalhos publicados nessa área, com índice H de 32. Editor emérito da Revista de Patologia Tropical, Organizador do Chagasleish em 1992 em Uberaba, Vice-Presidente de XIV Congresso Brasileiro de Parasitologia em 1995, Secretário Geral do Medtrop em 1996 e Presidente da Comissão Cientifica do Congresso Brasileiro de Parasitologia em 2015. Ex-chefe do laboratório de pesquisa da doença de Chagas, Hospital das Clinicias e do Ambulatório de doença de Chagas.

ANDRÉA SILVESTRE DE SOUSA

Pesquisadora Titular do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI) - Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Professora de Cardiologia da UFRJ

BEN MARAIS

RODRIGO STABELI

Rodrigo Stabeli foi diretor de pesquisa e inovação do Instituto de Pesquisas em Patologias Tropicais de Rondônia - Ipepatro (2006-2009), diretor da Fundação Oswaldo Cruz - unidade de Rondônia (2009-2013), Vice-Presidente, titular da pasta Pesquisa e Laboratórios de Referência, VPPLR (2013-2017). Atualmente exerce o cargo de especialista/pesquisador titular em saúde pública e dirige a Plataforma de Pesquisa em Medicina Translacional - Fiocruz/SP, primeiro escritório técnico da Fiocruz no Estado de São Paulo; é professor Associado do Depto de Medicina da Universidade Federal de São Carlos (RTP/20) Stabeli é membro da Academia Brasileira de Ciências (2008); membro do CTNBIO (área de saúde humana) e integra o Centro de Operação de Emergência e Catástrofes em Saúde da OPAS/OMS.

CARLOS ORSI MARTINHO

Carlos Orsi é jornalista e escritor, editor-chefe da Revista Questão de Ciência e fundador do Instituto de mesmo nome. Foi editor de Ciência e Meio Ambiente do Portal Estadão, repórter especial e colunista da Revista Galileu e do Jornal da Unicamp. É autor de diversas obras de ficção científica e de divulgação da ciência, incluindo “Ciência no Cotidiano”, em parceria com Natalia Pasternak

MARIANA B. F. VARELLA

Cientistas social e jornalista de saúde. Editora-chefe do Portal Drauzio Varella. Pós-graduanda da Faculdade de Saúde Pública da USP

CLÁUDIO LISIAS MAFRA DE SIQUEIRA

Médico Veterinário - Universidade Federal de Viçosa (1988), Mestre em Parasitologia, Universidade Federal de Minas Gerais (1991) e Doutor em Ciências Biológicas (Bioquímica), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1998). Pós-doutoramento na University of Texas Medical Branch em Galveston, EUA (2001, 2004 e 2010). Atualmente, Professor Titular no Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular, UFV. Professor e orientador no programa de Pós-graduação em Bioquímica Aplicada, UFV, dentre outras. Atua nas áreas de Biossegurança, Doenças Parasitarias, Bioquímica/Biologia Molecular de Parasitos, Bioinformática e Epidemiologia Molecular. Colaborador do Center for Biodefense and Emerging Infectious Diseases, Galveston National Laboratory (UTMB - EUA). Colaborador/consultor MS, MAPA, MD, MCTI, MRE, PF, ABIN, dentre outras agências governamentais. Consultor FAPESP, EMBRAPA, UFG, UFPE, UFPA, CNPq, CAPES e FAPEMIG, dentre outras. Certificado em Gerenciamento de Biorisco pela Federação Internacional das Associações de Biossegurança (IFBA). Consultor da International Genetic Engeneering Machine Foundation (iGEM). Bolsista Produtividade Pesquisa CNPq. Membro da Comissão Permanente de Gestão de Riscos Biológicos e Biossegurança dos Laboratórios da Rede Nacional de Laboratórios Agropecuários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Parecerista ad-hoc da LAgence Nationale de la Recherche (ANR), França. Presidente da Sociedade Brasileira de Biossegurança e Bioproteção (SB3). Consultor ABNT e FINEP. Membro GTs NB-4 e Política Nacional de Biossegurança e Bioproteção (GSI/PR).

ANA FREITAS RIBEIRO

Médica sanitarista, coordenadora do Serviço de Epidemiologia - Instituto de Infectologia Emílio Ribas, mestrado e doutorado em saúde Pública - FSP-USP. Professora Faculdades de Medicina USCS e UNINOVE.

NANCY BELLEI

Infectologista e virologista clinica Pos doutorado em influenza (finalizado em 2004) Professora UNIFESP Coordenadora da pos graduação em Viroses Respiratórias da UNIFESP Consultora MS/OPAS/OMS Influenza e COVID-19 Membro da International Society of Influenza and Other Respiratory Viruses

MILTON OZÓRIO MORAES

CLEONICE AGUIAR

ALEXANDRE LINHARES

Médico virologista (atualmente aposentado) que atuou Diretor do Instituto Evandro Chagas, Secretaria de Vigilância em Saúde, Ministério da Saúde (MS), de1981 a 1987, e como chefe da Seção de Virologia (1991 a 2019). Responsável pela primeira detecção do rotavírus no Brasil em 1977 e Investigador Principal dos estudos de fases II, III e IV com a vacina para rotavírus no Brasil, que culminaram com a sua incorporação ao Programa Nacional de Imunizações do MS em 2006. Recentemente atuou na condição de Investigador Principal de estudo epidemiológico sobre a doença por norovírus em Belém, Pará, como parcela de um esforço global para determinar o impacto desse agravo e estabelecer as bases para futuros ensaios clínicos com uma candidata a vacina para esse eneropatógeno. Presentemente atua como membro do "Rotavirus Organization of Technical Allies (ROTA Council)".

ANA RUTH ARAÚJO

Médica Hepatologista. Mestre em saúde pública pela Escola Nacional de Saúde Pública/FIOCRUZ, Doutora em Doenças Tropicais e Infecciosas pela Fundação de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado e Universidade Estadual do Amazonas; pós-doutora em hepatologia pela Fondazione Italiana Fegato (FIF); Professora de Gastro-hepatologia da Universidade Federal do Amazonas e atualmente Consultora Técnica do Programa de Hepatites Virais do Ministério da Saúde.

LUCIANO MOREIRA

MELISSA PALMIERI

Pediatra com aperfeiçoamento em infectologia pediátrica pela Irmandade da Santa Casa de São Paulo. Especialista em Vigilância em Saúde pelo Ministério da Saúde. Especialista em Administração Hospitalar e Serviços de Saúde pela FGV/SP. Médica da Vigilância Epidemiológica na Coordenação de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo. Diretora da SBIm Regional São Paulo. Membro da Câmara Temática de Imunizações do CREMESP.

MARCO AURÉLIO PALAZZI SAFADI

Professor Adjunto e Diretor do Departamento de Pediatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de SP; Presidente do Departamento de Infectologia da Sociedade Brasileira de Pediatria Presidente do Departamento de Imunizações da Sociedade de Pediatria de SP. Membro da Comissão Permanente em Imunizações da Secretaria de Saúde de SP Membro do SAGE Working Group on Meningococcal vaccines OMS

JOSÉ BENTO PEREIRA LIMA

AGNÉS FLEURY

Agnès Fleury is a neurologist (graduate of the University of Paris VI, France) and researcher (Ph.D. in biology / sciences / health) working at the Instituto de Investigaciones Biomédicas (IIBO, UNAM) and at the Instituto Nacional de Neurología y Neurocirugía ( INNN) in Mexico City. She is French but has lived in Mexico for over 20 years. She has been investigating neurocysticercosis for at least 15 years, and is the head of the neurocysticercosis clinic at INNN. She was the coordinator of the Latin American Network on Cysticercosis (2011-2015) and she participates in several committees of the World Health Organization and the Pan American Health Organization concerning the diagnosis, treatment and prevention of neurocysticercosis. She is interested in most aspects of the disease, including its epidemiological and clinical features, as its diagnosis, treatment and prevention. She has published over 100 articles (mostly on neurocysticercosis), 11 book chapters, and is frequently invited to review articles for publication in international journals and to serve on neurocysticercosis project review panels. She has trained and still trains many pre- and post-graduate students.

ANTONIO CARLOS ROSÁRIO VALLINOTO

MARLUCE MATOS DE MORAES

Possui graduação em Enfermagem Obstetrícia pela Escola de Enfermagem Magalhães Barata (1984), especialização em Saúde pública, mestra em Biologia das Doenças infecciosas e Parasitárias. Doutora em Virologia. Com experiência na área de saúde pública e obstetrícia, docência para técnicos de enfermagem. Atuou no atendimento epidemiológico de gestantes no diagnóstico pré-natal de TORCH até o ano de 2012, Coordenação do plano de eliminação do sarampo e controle da rubéola e síndrome da rubéola congênita no estado do Pará nos anos de 1999 e 2000. Servidora Pública Federal desde 1986, atualmente lotada no Instituto de Pesquisa Evandro Chagas/ Secretaria de Vigilância em Saúde, participando de projetos ambientais na pesquisa de mercúrio nos municípios de Manuel Urbano e Sena Madureira no Estado do Acre- Brasil Participação em outros projetos como Interações de Vigilância ambiental em Saúde na área industrial e portuária dos municípios de Abaetetuba e Barcarena- Pará/Brasil. Coordenou o projeto Intitulado " Inquérito soroepidemiologico do Sarampo e da Rubéola nos municípios de Belém e Ananindeua, Pará, Brasil, 2016 a 2018". Responsável pelo Setor de estilização da SEAMB/IEC. Linha de pesquisa: Doenças exantemáticas, principalmente no monitoramento do sarampo e rubéola.

VÂNIA SARMENTO

Graduação em Biomedicina pela Universidade Federal do Pará, mestrado em virologia pelo programa de pós-graduação em virologia do instituto Evandro chagas, ocupa cago de tecnologista em pesquisa na seção de Hepatologia do Instituto Evandro Chagas, atuando principalmente na pesquisa e vigilância das hepatites virais na região Amazônica. Membro da Academia Paraense de Biomedicina.

EMMERSON CARLOS FRANCO DE FARIAS

Coordenador do serviço de pediatria do HRABS Supervisor da residência médica em medicina intensiva pediátrica da FSCMPA Médico diarista da UTIP Dr Almir Gabriel da FSCMPA Doutorando em Pediatria e ciências aplicadas a Pediatria UNIFESP

MARIA ALICE V. DE MELO SANTOS

Bióloga formada pela Universidade Federal de Pernambuco, com Mestrado em Biologia Animal na mesma Universidade e Doutorado em Saúde Pública pelo Instituto Aggeu Magalhães/Fundação Oswaldo Cruz-Pernambuco. Tem atuado como pesquisadora no Departamento de Entomologia/Instituto Aggeu Magalhães IAM/Fiocruz-PE, desde 2002. Tem experiência na área de entomologia médica com ênfase em bioecologia de culicídeos (mosquitos); diagnóstico e manejo da resistência a inseticidas químicos e biológicos; avaliação de produtos experimentais ou comerciais químicos ou biológicos (bacterianos); avaliação de tecnologias, métodos e instrumentos para controle e vigilância de Aedes aegypti, Aedes albopictus e Culex quinquefasciatus e avaliação da competência e capacidade vetorial destas espécies de mosquitos aos arbovírus e vermes filariais. É docente do Programa de Pós-Graduação em Biociências e Biotecnologia em Saúde da Fiocruz-PE desde 2012, é a Coordenadora do Serviço de Referência em Controle de Culicídeos Vetores (SRCCV/IAM) desde 2015 e atua como membro do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos do IAM desde 2005.

JAIR FERNANDES VIRGÍNIO

Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal da Paraíba/Centro de Saúde e Tecnologia Rural (1986). É Especialista em Agronegócio, pela Universidade do Vale do Acaraú. Mestre em Entomologia pela Universidade do Estado da Bahia. Doutor em Radioentomologia Centro de Energia Nuclear na Agricultura-CENA/USP. Exerceu a função de Secretário Executivo de Agricultura do Estado de Pernambuco e de Gerente Gerente Geral da Agência de Defesa Agropecuária de Pernambuco-ADAGRO. Membro do Comitê de Direção Internacional do Grupo de Trabalho em Moscas-das-frutas do Hemisfério Ocidental. Atualmente é Diretor Presidente da Biofábrica Moscamed Brasil. Trabalha com a Técnica do Inseto Estéril, no controle de moscas-das-frutas e Aedes aegypti, e tem experiência com Manejo Integrado de Pragas, Defesa Agropecuária, Gestão e Planejamento.

ADEMIR MARTINS

SÉRGIO CIMERMAN

MEDICO DO INSTITUTO DE INFECTOLOGIA EMILIO RIBAS; COORDENADOR CIENTÍFICO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE INFECTOLOGIA; EX-PRESIDENTE DA SBI

ALEXANDRE NAIME BARBOSA

Prof. Dr. Alexandre Naime Barbosa MD, PhD Chefe do Departamento de Infectologia da UNESP, responsável pelos ambulatórios e enfermarias COVID do HC UNESP. Consultor para COVID-19 da Sociedade Brasileira de Infectologia e da Associação Médica Brasileira.

ANDRÉ KALIL

Dr. Kalil is a physician and Professor of Medicine in the Infectious Diseases Section, Department of Internal Medicine at the University of Nebraska Medical Center in Omaha, Nebraska. Dr. Kalil received his M.D. from the Federal University of Pelotas in Brazil and joined the University of Nebraska Medical Center faculty in 2003. He did his Internship and Internal Medicine Residency at the Univer

HO YEH LI

Doutora em Infectologia para Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; Coordenadora da UTI-Infectologia do Hospital das Clínicas - FMUSP; Consultora Nacional do Departamento de Vigilância, Preparação e Resposta a Emergências e Desastres da Organização Panamericana de Saúde - Brasil

ANTONIO SILVA LIMA NETO

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (UFC,1993), Residência em Medicina Preventiva e Social na Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP-Fiocruz,1996), Mestrado em Epidemiologia Ambiental e Políticas pela London School of Hygiene and Tropical Medicine da Universidade de Londres (University of London - 2000), Doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual do Ceará (PPGSC -UFC/Uece/Unifor, 2017) e Pós-Doutorado na Harvard T.H. Chan School of Public Health. É Gerente da Célula de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza e Professor Assistente do Curso de Medicina da Universidade de Fortaleza. Tem experiência profissional e acadêmica no campo da Vigilância em Saúde, Epidemiologia das Doenças Infecciosas e da Violência. Atualmente, concentra seus interesses de pesquisa no campo da Epidemiologia e Controle da COVID-19 e das Arboviroses.

SULLY DE SOUZA SAMPAIO

Possui graduação em Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Amazonas (2000). É bolsista do ILMD. Possui vínculo com o Laboratório de Situação de Saúde e Gestão do Cuidado às Populações Indígenas e outros grupos vulneráveis - L SAGESPI/ Instituto Leônidas e Maria Deane/ Fiocruz Amazônia. Tem experiência na área de Antropologia, atuando principalmente nos temas: controle social, saúde indígena, representações sociais, educação em saúde, formação profissional de agentes comunitários indígenas de saúde, movimentos etno-políticos, pesquisa ação e elaboração de materiais didáticos etnicamente adaptados à realidade indígena rionegrina. Participou da Coordenação do Curso Técnico de Formação Profissional de Agentes Comunitários Indígenas de Saúde do Alto Rio Negro/ Amazonas. Participou da coordenação de cursos de atualização no âmbito do Projeto QualificaSUS, oferecido nos 62 municípios do Amazonas para Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate à Endemias.

LOURDES MARIA GARCEZ DOS SANTOS

Biomédica, Doutora em Ciências: Biologia da Relação Patógeno-Hospedeiro, pela Universidade de São Paulo Pesquisadora Responsável pelo Laboratório de Epidemiologia das Leishmanioses do Instituto Evandro Chagas (IEC) Chefe da Seção de Parasitologia do IEC Diretora Substituta do IEC Professora de "Parasitologia" no Curso de Biomedicina da Universidade do Estado do Pará Professora de "Bioética e Inovação em saúde" em Programas de Pós-Graduação stricto sensu de "Epidemiologia e Vigilância em Saúde" (IEC) e "Biologia Parasitária na Amazônia" (UEPA e IEC).

ANABEL SINCHI

Dra. Anabel Sinchi e-mail: asinchi@anlis.gob.ar / sinchianabel@gmail.com Médica graduada en la Universidad Nacional de Rosario (UNR). Especialista en Medicina General. Maestría en Salud Pública en el Instituto de Salud Juan Lazarte, UNR y en Prevención y Control de Zoonosis en la Universidad Nacional del Noroeste de Buenos Aires. Jefa de la División Educación para la Salud y Ética médica del Instituto Nacional Enfermedades Virales Humanas “Dr. Julio I. Maiztegui”, centro nacional e internacional de referencia y centro colaborador de OMS/OPS en Fiebres Hemorrágicas Virales y Arbovirus. Coordina actividades del Programa Nacional de Control de la Fiebre Hemorrágica Argentina (FHA). Conduce la vigilancia epidemiológica de la fiebre hemorrágica argentina y actividades de la etapa preanalítica del diagnóstico y la vigilancia de Hantavirus, Dengue, Fiebre Amarilla, Zika, Chikungunya entre otros. Coordina actividades de los Bancos de Plasma Inmune para el tratamiento de la FHA. Participa en la planificación, diseño e implementación de estrategias de educación para la salud y vacunación con Candid #1 como parte de la prevención de la FHA. Asesora al sistema de salud en las patologías de incumbencia del INEVH. Ha sido asesora temporera para OMS/OPS y ha participado en reuniones internacionales de expertos sobre fiebres hemorrágicas virales y arbovirus.

LUIZ TADEU MORAES FIGUEIREDO

VIVIANE OLIVEIRA

pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz- Centro de Pesquisas Goncalo Moniz, professora associada da Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia. Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal da Bahia (1999) e especialização em Otorrinolaringologia na Santa Casa de Misericóridia da Bahia. Concluiu mestrado (2005) e doutorado (2009) em Patologia pela Universidade Federal da Bahia/ Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz - FIOCRUZ .Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em imunopatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: imunopatogênese e diagnóstico de doenças transmitidas por vetores (leishmaniose e arbovirose)e doenças virais.

HELDER NAKAYA

Helder Nakaya é pesquisador sênior do Hospital Israelita Albert Einstein e membro do Comitê Científico da Sociedade Brasileira de Imunologia. Trabalhou como docente da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP de 2013 a 2021, e ainda é professor adjunto da Emory University, Atlanta, nos Estados Unidos. É pesquisador 1C do CNPq, membro afiliado da Academia Brasileira de Ciências, consultor da CEPI (Coalition for Epidemic Preparedness Innovations) e membro do Scientific Advisory Board do consórcio europeu da vacina do Ebola, International Institute for Applied Systems Analysis (IIASA) da diretoria da CAPES e do Instituto Todos pela Saúde.

JOSÉ DAVID URBAEZ BRITO

Médico infectologista da SES DF Mestre em Doenças Infecciosas pela FM-UnB Mestre em Doenças Parasitárias Tropicais pela Universidade de Valencia

ELTON CARLOS DE ALMEIDA

Colaborador Programa Nacional de Hepatites Virais (PNHV) do Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis (DCCI), da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde. Pós-doutorado pelo Departamento de Enfermagem Geral e Especializada da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - EERP/USP.

SIRLENE CAMINADA

Coordenadora do Programa Estadual de Hepatites Virais de São Paulo

GLÁUCIO MOSIMANN JÚNIOR

Médico infectologista,

FERNANDA FERNANDES

Docente Colaboradora da Divisão de Gastroenterologia do Departamento da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo e Supervisora Clínica do Programa de Transplantes Muldisciplinares Adulto e Pediátrico do HCFMRP USP. Pós-doutorado na Yale University, Mestrado e Doutorado em Clínica Médica pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP.

ALEXANDRE SERAFIM

Possui graduação em Medicina pela Universidade de Brasília (1993), residência em Pediatria (1995) e em Terapia Intensiva Pediátrica (1996) pela Universidade de Campinas - Unicamp. Médico da Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica do Hospital Materno-Infantil de Brasília. Supervisor do Programa de Residência Médica em Terapia Intensiva Pediátrica do HMIB. Coordenador da UTI Pediátrica do Hospital Brasília - DASA - Rede de Saúde Integrada.

EROS ANTÔNIO DE ALMEIDA

Presidente da Rede de Atenção e Estudos em Coinfecção T. cruzi/HIV e outras condições de imunossupressão; Professor Livre Docente da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campina/SP; Médico especialista em Clínica Médica e Cardiologia.

FERNANDA DE SOUZA NOGUEIRA SARDINHA MENDES

Médica formada pela Universidade Federal Fluminense; Residência em Clínica Médica pelo Hospital Central da Aeronáutica; Residência em Cardiologia pelo Hospital Universitário Clementino Fraga filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro; Pós graduada em Medicina do Exercício e do Esporte pela Universidade Estácio de Sá; Mestre em cardiologia pela UFRJ e Doutora em doenças infecciosas pela Fiocruz. Atualmente pesquisadora em doença de Chagas e Vice Presidente da Rede de Atenção e Estudos em Coinfecção T.cruzi/HIV e outras condições de imunossupressão.

MAURO FELIPPE FELIX MEDIANO

Chefe do Laboratório em Pesquisa Clínica em Doença de Chagas/FIOCRUZ Doutorado em Ciências pela UERJ Pós Doutorado em Epidemiologia Cardiovascular pela Johns Hopkins University